Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Alta Magia Alquimia A unidade da matéria e do universo

A unidade da matéria e do universo


O mundo é como um grande organismo (macrocosmo), enquanto que o homem é um pequeno mundo  (microcosmo), esta é  uma das interpretações da frase: "O que está  em cima é  como o que está  em  baixo". O próprio laboratório do alquimista é  um microcosmo onde ele tenta reproduzir de maneira  mais acelerada um processo semelhante ao da criação do mundo.
Toda matéria (por matéria fica entendido tudo que existe no universo, até mesmo a energia pode estar  revestida pela matéria) é  constituída de uma mesma unidade comum a todas as substâncias. A partir  desta "semente" pode-se produzir infinitas combinações e infinitas substâncias. O símbolo alquímico  do ouroboros, que é  a figura de uma serpente mordendo a própria calda formando um círculo,  representa estas constantes transformações em que nada desaparece nem é criado, tudo é transformado  como o princípio da conservação de energia, ou primeira lei da termodinâmica, postulado muito tempo  depois.
Portanto, esta unidade da matéria é única e a mesma para todas as coisas, podendo combinar-se  produzindo uma variedade infinita de substâncias e energias. Matéria e energia provém de uma mesma  entidade. Einstein unificou a interconversão entre matéria e energia, na equação E=m.c2 (E = energia  liberada; m = matéria transformada e c = velocidade da luz).

Os alquimistas procuram reduzir a matéria à unidade comum, que não são os átomos, para assim  poderem reestruturá-la, tornando possível a transmutação. Esta unidade da matéria constitui tudo que  existe, desde os átomos que se combinam para formar as moléculas e estas irão formar outras  substâncias mais complexas, os organismos até  os planetas que formam os sistemas e galáxias.  Portanto, todas as coisas possuem a mesma unidade fundamental, este é  o postulado fundamental da  alquimia "Omnia in unum" (Tudo em Um).

O caos primordial que deu origem ao universo é  comparado no reino mineral à matéria-prima, que é  uma massa em estado de desordem que dará origem à pedra filosofal.

Deus - o mundo celeste e o terreno

Tudo o que existe material ou espiritual constitui uma única unidade. O divino é expresso como sendo  "o círculo cujo centro está  em toda parte e a circunferência em parte alguma". Portanto, todas as  coisas surgiram do mesmo Criador, o mundo terreno é constituído pelos mesmos componentes que o  mundo celeste.

Um dos grandes problemas de compreensão dos fundamentos da alquimia consiste na interpretação do  espírito que só pode ser compreendido remontando a uma memória muito antiga, da época em que  todos os seres do mundo celeste e do mundo terreno se comunicavam e o espírito circulava livremente  entre todos os seres.

Muitos alquimistas foram grandes profetas como Nostradamos, Paracelso, dentre outros e todos eles  acreditavam que em breve, no fim de mais um ciclo terrestre, haveria uma grande catástrofe que seria  um novo começo para a humanidade. Restaria uma consciência coletiva, a mesma que deu origem a  alquimia em outros ciclos.



Quer publicar seu texto no Morte Súbita inc? Envie para nós.