Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Alta Magia Magia Cerimonial Curso de Magia O que caracteriza os paramentos da magia evocativa cermonial

O que caracteriza os paramentos da magia evocativa cermonial


Curso de Magia

O Mago que dispõe de todos os paramentos para a Magia Cerimonial deverá ser bastante reservado em tudo que diz respeito aos mesmos.

Isto equivale a dizer que pouco deverá ele comentar sobre seus instrumentos, com quem quer que seja.

Somente o Mago deverá tocar seus instrumentos, já que basta um olhar profano para dessacralizar um instrumento mágico já consagrado.

Aliás, após a consagração, só deverão, esses instrumentos, serem tocados - ou vistos - pelo seu dono; este só deverá manuseá-los quando estiver pronto para executar seu trabalho mágico.

Instrumento algum deverá, após consagrado, ser usado para qualquer função que não a prática da Magia Cerimonial.

Qualquer uso fora do programado significa destruir seus poderes mágicos.

O Mago somente deverá manusear seus implementos quando estiver limpo, de corpo e alma; isto é, quando todas influências externas já tiverem sido lavadas (no sentido real e figurativo), poderá o Mago usar seus instrumentos mágicos.

Somente após ter tomado seu banho, estando então vestido com roupas de baixo limpas e reservadas ao trabalho ritual (se possível tudo em sêda, e na cor adequada ao ritual), é que poderá pegar suas ferramentas.

Apesar que meias, cuecas e calcinhas em sêda não são obrigatórias para o trabalho ritual, recomando-as. Ou se usa o melhor, ou não se usa nada.

Tudo isso demonstra, da parte do Mago, uma atitude de respeito com relação aos seus implementos mágicos.

E quanto maior for seu respeito por esses instrumentos, maior será o poder acumulado nos mesmos.

Pois é muito importante que o Mago tenha, por seus instrumentos, o maior respeito e carinho.

Na realidade, cada um dos implementos em questão deverá ser tratado como verdadeira relíquia religiosa.

Pelo fato de que cada instrumento simboliza as mais divinas leis, cada instrumento é realmente uma relíquia do poder cósmico.

Daí se conclúi que o Mago só deverá tocar seus implementos cerimoniais quando estiver totalmente pronto para levar adiante sua operação mágica.

Somente nas mãos de um Mago que conheça plenamente o simbolismo universal e esteja consciente do dito nas linhas acima é que os instrumentos da Magia Evocativa darão os resultados desejados.

E os paramentos da Magia Ritual deverão ser consagrados, isto é, dedicados às suas funções específicas, com o que se tornarão efetivos, mesmo que séculos se passem desde sua última aplicação.

Vamos, agora, descrever os implementos da Magia Evocativa.


Quer publicar seu texto no Morte Súbita inc? Envie para nós.