Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Alta Magia Magia Cerimonial História da Magia Lendas do Reino de Carlos Magno

Lendas do Reino de Carlos Magno


História da Magia

Carlos Magno é o verdadeiro príncipe dos encantamentos e das fadas. ...Com ele começou a era da cavalaria. ...Carlos Magno, dando um trono ao papado e recebendo dele o império do mundo, é o mais grandioso de todos os personagens da história européia. ...[Segundo a lenda] este rei possuía o Enchiridion, presente do autor, o pontíficie Leão III, livro que contém as mais belas preces cristãs e os mais ocultos caracteres da Cabala. ...O soberano proprietário deste livro, dele sabendo dignamente servir-se, devia ser o senhor do mundo.

Os Franco-Juízes

A espada e o punhal mágico figurados no Enquiridion parece ter sido o símbolo secreto do tribunal dos franco-juízes. ...Os franco-juízes foram uma sociedade secreta oposta ...às sociedades secretas anárquicas e revolucionárias. ...Era uma polícia secreta com direito de vida e morte. [Foram instituídos para reprimir insurreições políticas de comunidades que se recusavam a abndonar seus antigos líderes, crenças e tradições] ...Todos os cultos vencidos, o paganismo romano, a idolatria germânica, o rancor judaico, ligavam-se contra o Cristianismo vitorioso. Realizavam-se assembléias noturnas ...O sabá, em uma palavra, celebrava-se ainda em todas as florestas e nos desertos das províncias ainda selvagens. ...Carlos Magno resolveu combatê-los com suas próprias armas.

Neste mesmo tempo as tiranias feudais conspiravam com os sectários contra a autoridade legítima: as feiticeiras eram as prostitutas dos castelos; os bandidos, iniciados no Sabá, partilhavam com os senhores o fruto das rapinas... Carlos Magno enviou à Vestfália, onde o mal era maior, agentes dedicados encarregados de uma missão secreta. Estes agentes ...instituíram o tribunal dos franco-juízes. A Santa Vema tomou proporções gigantescas.

O povo falava das aparições de homens mascarados, citações apareciam fixadas nas portas de poderosos senhores, chefes de bandidos eram encontrados mortos com o terrível punhal cruciforme no peito e em uma faixa, presa no punhal, o resumo do julgamento da Santa Vema. ...[Estas "Santa Vema" chegaram a ser] ...assembléias formidáveis, algumas tão numerosas que pareciam um exército de exterminadores. Uma noite, o imperador Segismundo presidiu uma Santa Vema e mais de mil franco-juízes tinham assento a seu lado. Em 1400, havia cem mil franco-juízes na Alemanha.

Imprimiu-se no Reichstheaer de Müller, o código da corte Vêmica, encontrado nos antigos arquivos da Vestfália. Eis o título deste velho documento

"Código e estatutos do Santo Tribunal secreto dos franco-condes e francos-juízes de Vestfália, que foram estabelecidos no ano de 722 pelo imperador Carlos Magno, corrigidos em 1404 pelo rei Roberto que fez as alterações e adições que exigia a administração da justiça nos tribunais dos iluminados."

Pode-se ver nos Capitulários com que penas deviam ser punidos os feiticeiros, os adivinhos, os encantadores, os evocadores do diabo, os envenenadores. Estas mesmas leis proíbem de perturbar o ar, de excitar tempestades, fabricar caracteres e talismãs, tirar sortes, fazer malefícios praticando feitiçaria contra rebanhos. Os feiticeiros, astrólogos, adivinhos, necromantes, matemáticos ocultistas, são declarados execráveis e sentenciados às mesmas penas dos assassinos. Comprender-se-á esta severidade se nos lembramos do dissemos sobre os ritos horríveis da Magia Negra de seus sacrifícios infanticidas; grande devia ser o perigo para que a repressão se manifestasse de forma tão implacável.


Heróis e Romance de Cavalaria

Outra instituição que se liga às mesmas fontes da Santa Vema é a Cavalaria Errante [ou Cavalaria Andante]. Estes cavaleiros eram como franco-juízes que recorriam a Deus e à lança contra as injustiças dos castelões e contra todas as maldades dos necromantes. [Nos romances] ...era preciso ter exposto sua vida pelo fraco e oprimido, ter libertado cativos e punido profanadores de coisas santas para ser digno deser chamado "cavaleiro". Somente então, belas e pálidas senhoras usando vestidos brasonados, com suas mãos delicadas, madonas com seus livros de orações presos à cintura, tiram o véu bordado a ouro e prata e o dão como cinto ao cavaleiro ajoelhado diante delas...
 


Quer publicar seu texto no Morte Súbita inc? Envie para nós.