Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Envie seu texto
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Alta Magia Magia Cerimonial História da Magia Trechos Selecionados

Trechos Selecionados


História da Magia

O MAL
O mal é o soluço eterno da humanidade que se contorce e chora, é a risada atroz do mau oprimindo o justo, são as profundezas infernais que se abrem dentro de nós e que em todas as almas cava, por um instante, o gênio da perversidade. O mal moral existe: reina em certos espíritos, encarna-se em certos homens; estes são os demônios. E para aqueles que duvidam da existência do diabo respondemos: tudo o que tem um nome existe; a palavra pode ser proferida em vão, mas em si mesma ela não poderia ser vã e tem sempre um sentido. O Verbo nunca é vazio.

O mal existe; é impossível duvidar disso. Há seres que ciente e voluntariamente fazem o mal. O espírito que anima estes seres e que os excita a fazer o mal é desencaminhado, desviado do bom caminho, lançado como um obstáculo ao bem; é precisamente o que significa a palavra grega diabolos, que traduzimos pela palavra diabo. O mal é falta de integridade no ser.
O mal moral é a mentira em ação como a mentira é o crime das palavras. A injustiça é a essência da mentira; toda mentira é uma injustiça. ...A injustiça é a morte do ser moral, como a mentira é o veneno da inteligência. Jesus disse: "O diabo é mentiroso como seu pai". Quem é o pai do diabo? É o homem; aquele que lhe dá uma existência pessoal, vivendo segundo suas inspirações; o homem que se faz diabo é o pai do mau espírito encarnado." p 28 - 29
 
LUZ ASTRAL

A luz astral é um agente misto, um agente natural e divino, corporal e espiritual, um mediador plástico universal, um receptáculo comum das vibrações do movimento e das imagens da forma, um fluido e uma força que se pode denominar imaginação da natureza. ...A luz astral magnetiza, aquece, atrai, repele, vivifica, destrói, coagula, separa, quebra, reúne todas as coisas sob a impulsão das vontades poderosas. Deusa criou no primeiro dia quando disse: fiat lux! p 31
 
Quando o cérebro se congestiona ou se sobrecarrega de luz astral, produz-se um fenômeno particular. Os olhos, em vez de verem "para fora", vêem para dentro; faz-se noite no exterior, no mundo real (mayavico), e a claridade fantástica irradia-se, somente no "mundo dos sonhos". Então, a alma percebe imagens que são o reflexo de suas impressões e de seus pensamentos. ...Eis aí a fonte de todas as aparições, de todas as visões extraordinárias e de todos os fenômenos intuitivos que são peculiares tanto ao êxtase quanto à loucura. ...Saber empregar esta força e nunca se deixar invadir e sobrepujar por ela, pisar na cabeça da serpente — eis o que nos ensina a Magia da Luz. p 32-33
 
A luz astral á a alma viva da terra, alma material e fatal, ...Esta luz que cerca e penetra todos os corpos pode anular a gravidade e produzir fenômenos giratórios ou de levitação. ...Os mediuns, em geral, são seres doentes em que se faz o vácuo e que atraem então a luz astral como os abismos atraem as águas... Os mediuns são criaturas fenomenais em quem a morte luta visivelmente contra a vida. Da mesma forma se deve julgar os fascinadores, os lançadores de sorte, as pessoas que têm mau-olhado e os feiticeiros. São vampiros, quer voluntários, quer involuntários; eles atraem a vida que lhes falta e perturbam, assim, o equilíbrio da luz. Se o fazem voluntariamente são malfeitores que é preciso punir; se o fazem involuntariamente, são doentes perigosos, de cujo contato deve ser cuidadosamente evitado pelas pessoas delicadas e, sobretudo, nervosas. p 140
 
MAGOS E ANIMAIS

Não está de acordo com as leis da Natureza poder o homem ser devorado pelos animais selvagens. Deus o armou de poder para lhes resistir; ele pode fasciná-los com o olhar, refreá-los com a voz, detê-los com um sinal; e vemos, de fato, que os animais ferozes temem o olhar fixo do homem e parecem estremecer à sua voz. As projeções da luz astral os paralisa e os abate de medo. ...Os animais atacam somente os que o temem ou aqueles que os agridem. Um homem intrépido e desarmado pode fazer recuar um tigre com o magnetismo do olhar. p 64
 
MAGIA NEGRA

Pode-se definir a Magia Negra como a arte de produzir nos outros a loucura artificial. É também a ciência dos envenenamentos. Mas o que nem todo mundo sabe ...é que se pode matar por congestão ou por subtração súbita da luz astral quando alguém faz ... do seu próprio aparelho nervoso uma espécie de pilha galvânica viva, capaz de condensar e projetar com força essa luz que embriaga e que fulmina.
p 72
 
LILITH & NAEMA

Há nos infernos, dizem os cabalistas, duas rainhas de estriges: uma é Lilith, a mãe dos abortos, e a outra é Naema, a beleza fatal e assassina. Quando um homem é infiel à esposa que lhe destinava o céu, quando ele se entrega aos caprichos de uma paixão estéril, Deus lhe toma sua esposa legítima para entregá-lo aos abraços de Naema. Esta rainha das estriges sabe apresentar-se com todos os encantos da virgindade e do amor: ela desvia o coração dos pais e os obriga ao abandono de seus deveres e de seus filhos; ela impele os homens casados à viuvez e força a um casamento sacrílego os homens consagrados a Deus. Quando ela usurpa o título de esposa, é fácil reconhecê-la: no dia de seu casamento é calva, porque senfdo a cabeleira da mulher o véu do pudor, neste dia lhe é interdita; visto como depois do casamento ela afeta o desespero e o desgosto da existência, prega o suicídio e abandona, enfim, com violência o que lhe assiste, deixando-o marcado com uma estrela infernal entre os dois olhos. Naema pode vir a ser mãe; mas não educa nunca seus filhos; ela os dá a devorar a Lilith, sua funesta irmã. p 328
 
IGUALDADE


Dar aos homens naturalmente desiguais uma liberdade absoluta é organizar a guerra social... p 327
 
PECADO


"Não se deve dar o nome de majestade levianamente; majestade vem de mago porque os magos, sendo pontífices e reis, foram as primeiras majestades. Pecar mortalmente é ofender a Deus em sua majestade, isto é, ferí-lo como Pai lançando a morte nas fontes da vida. A fonte do Pai é luz e vida, a fonte do Filho é sangue e água, a fonte do Espírito Santo é fogo e ouro. Peca-se contra o Pai pela mentira, contra o Filho, pelo ódio e contra o Espírito Santo, pela devassidão, que é obra de morte e destruição". LEVI apud LAVATER - p 340
 
CÉU & INFERNO


Negar o inferno é negar o céu... O inferno é a razão equilibrante do céu porque a harmonia resulta da analogia dos contrários. Quod superius, sicut quod inferius: a superioridade existe em razão da inferioridade; é a profundidade que determina a altura e se encherdes os vales fareis desaparecer as montanhas; assim, se ofuscardes as sombras, aniquilareis a luz que só é visível pelo contraste graduado da sombra e da claridade e produzireis a obscuridade universal por um imenso deslumbramento... p 350


Quer publicar seu texto no Morte Súbita inc? Envie para nós.