A Bíblia proibida para menores de Robert Crumb — Morte Súbita inc.
Morte Súbita
Expulsos do paraíso desde 1996

Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Blog A Bíblia proibida para menores de Robert Crumb

A Bíblia proibida para menores de Robert Crumb


Expulsos do paraíso desde 1996

Talvez o maior argumento anti-cristão seja a própria bíblia. Não pelos absurdos que propõe, nem pela duvidosa origem e forma como foi escrita. Quanto a isso existem diversos artigos capazes de nos dar boas razões para trocar ela de lugar da estante deixando-a do lado de obras como Alice no País das Maravilhas e Viagens de Gulliver. O fato  é que capítulo á capítulo a Bíblia trás cenas de violência e depravação que seriam rotineiramente banidas de qualquer igreja evangélica.

Acontece é que a maioria dos seguidores da bíblia simplesmente não plastificam em suas imaginações cenas como esta onde duas filhas combinam de abusar sexualmente do próprio pai:

"Nosso pai já é velho e não há homem no país para ter relações conosco segundo o costume de toda a terra. Vem, demos de beber vinho a nosso pai e deitemo-nos com ele, e preservemos descendência a nosso pai." — Gên. 19.31, 32.

Mas se as pessoas não tem coragem de encarar o que esta escrito, Robert Crumb teve. O gênio dos quadrinhos que ficou célebre com “Fritz, The Cat” fez sua versão ilustrada de Gênesis, o primeiro livro da bíblia. O texto da King James Bible não foi alterado e as cenas são simples representações do que é narrado. Ainda assim, o resultado foram páginas e páginas de pornografia, guerras e comportamento eticamente questionável.

Crumb teve o cuidado de colocar no seu livro um aviso "Recomendada a supervisão de um adulto para crianças". Uma aviso pertinente que deveria ser colocado na capa de cada bíblia disponível por ai. Isso é claro, se os cristãos se incomodassem de realmente lê-las. Não há ainda previsões para lançamento em língua portuguesa.


Ações do documento