Capelão defende discriminação de gays por tatuagens — Morte Súbita inc.
Morte Súbita
As melhores piadas desde 1996

Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Blog Capelão defende discriminação de gays por tatuagens

Capelão defende discriminação de gays por tatuagens


As melhores piadas desde 1996

O Rev Peter Mullen, capelão em serviço em Londres ganhou destaque mês passado após defender abertamente que os homossexuais sejam identificados por meio de tatuagens visiveis. Notório homofóbico, defende que os gays sejam compulsoriamente tatuados com avisos no estilo dos anuncios anti-tabagistas dos pacotes de cigarros.

Em seu blog ele escreveu: 'Tornemos obrigatório tatuem em suas costas o slogan "SODOMIA PODE TRAZER GRAVES RISCOS A SUA SAÚDE" e seus queixos com o slogan "FELLATIO MATA". Mais do que isso, as parádas do orgulho gay devem ser banidas pois são palco de corrupção passiva, comparável ao que sofrem os fumantes passivos. Os jovens testemunham a excrecência e são corrombidos por eles.'

Mr Mullen, é reitor da St Michael's Cornhill e St Sepulchre without Newgate em Londres e escreve regularmente uma coluna religiosa em um jornal local, entre outras declarações constam a de que as aulas de educação sexual deveriam ser aproveitadas para categorizar a sodomia como uma prática nefasta.

Surpreendido com a repercursao de suas declarações, Mullen insistiu que tudo não passou de uma piada e que não tem nada contra os homossexuais. ótimo senso de humor. Será que ele conhece aquela do capelão enrustido?


Ações do documento