China confisca mais de 300 Bíblias de cristãos — Morte Súbita inc.
Morte Súbita
Lendo escondido desde 1996

Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Blog China confisca mais de 300 Bíblias de cristãos

China confisca mais de 300 Bíblias de cristãos


Lendo escondido desde 1996

Um grupo cristão norte americanos é enviado de volta para casa depois de ter suas 300 bíblias confiscadas pelas autoridade chinesas. Os membros da organização Vision Beyond Borders que haviam chegado a cidade de Kunming pouco antes dos jogos olímpicos inicialmente recusou-se a deixar o país até ter suas 315 bíblias de volta.

O Partido Comunista Chinês é ateu e a lei Chinesa proibe qualquer tipo de proselitismo barrando a entrada no país de qualquer produto que faça apologia religiosa e que não seja de uso exclusivamente pessoal, mas especificamente 3 cópias dos livros sagrados para cada pessoa.

Em notícia relacionada ao fato o San Francisco Chronicle informou que as Bíblias confiscadas eram todas escritas em chinês e seriam destinadas a evangelização. Os livros serão enviados de volta a América após o retorno dos cristãos ao seu país de origem.

O atual governo chinês parece ter se esforçar para bater todos os recordes de quebra de direitos civis. Um lembrete para os críticos dos estados teocráticos de que ateísmo sem liberdade também não é nenhum sinônimo de bem estar social. O Partido Comunista é hoje capaz de bloquear o acesso a internet de milhões de usuários e de controlar absolutamente toda a imprensa da nação. Isso faz da atual prosperidade comercial do país algo como uma bicicleta de última geração dada de presente de consolação à uma criança que acabou de ficar tetraplégica.


Ações do documento