Ingleses querem Bíblia de volta à aula de ciências — Morte Súbita inc.
Morte Súbita
Matando aula desde 1996

Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Envie seu texto
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Blog Ingleses querem Bíblia de volta à aula de ciências

Ingleses querem Bíblia de volta à aula de ciências


Matando aula desde 1996

Mais da metade da população inglesa, acredita que as crianças deveriam aprender o criacionismo - crença de que deus criou o mundo - nas aulas de ciência. É o que revela pesquisa divulgada pela Dailymail.co.uk. Cerca de 54% dos entrevistados gostariam que os professores discutissem "visões alternativas" sobre a origem da vida e dos seres humanos. A pesquisa foi encomendada pelo Conselho Britânico de educação, depois de uma crescente pressão dos grupos religiosos.

apenas 21% dos mais de mil britânicos entrevistados defenderam que o darwinismo deveria ser ensinado nas escolas públicas. A parcela da população que quer a Bíblia na sala de aula é maior da Inglaterra do que em qualquer outro país onde a pesquisa foi feita, incluindo nações tradicionalmente católicas como Argentina e México.

Sobre o assunto, Lewis Wolpert, professor emérito de bilogia da Universidade de Londres e vice-presidente da Associação humanista disse:

"Estou assustado. Isso mostra quão ignorante é o grande público. A teria do design inteligente e do criacionismo não possuem qualquer conexão com ciência e são conceitos puramente religiosos. Não existe qualquer evidência para eles. Eles deveriam se manter distantes das aulas de ciência.

Steve Jones, professor de genética da mesma universidade completou:

'Isso mostra o perigo de se permitir religiosos nas escolas, eles sequestram lições e fingem ter coisas relevantes a ensinar a ciência, que por definição, não têm. Essa parcela de entrevistados é enorme, mas sem dúvida alguma ainda existe uma minoria substancial que não pensa assim.'




Ações do documento