Mulheres de padres contestam celibato — Morte Súbita inc.
Morte Súbita
Debaixo da batina desde 1996

Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Blog Mulheres de padres contestam celibato

Mulheres de padres contestam celibato


Debaixo da batina desde 1996

As pessoas fazem loucura por seus empregos, mas dificilmente um funcionário faria a loucura de se vestir de saia e deixar de fazer sexo pela empresa. A não ser, é claro, que o seu ganha pão seja a Igreja Católica. A saia não tem como disfarçar, mas o celibato é uma questão da sua palavra contra a delas. Mais precisamente, da sua palavra contra a de Stefania Salomone, italiana de Roma que enviou uma carta aberta ao Papa falando de seu amor e relacionamento com um padre, segundo nos conta notícia do globalpost.com¹

De possível alvo de se tornarem mulas-sem-cabeça as mulheres de padres estão se tornando ativistas pela liberdade sexual. Stefania está liderando um grupo de mulheres que resolveram se posicionar contra o celibato por motivos estritamente pessoais: elas amam um dos servos de Deus. Em sua carta ela denuncia o celibato como uma "violência silenciosa" e descreve sua vida na compania de um sacerdote convidando Benedito XVI, a considerar se apenas vivendo plenamente o matrimônio o clero poderia viver plenamente o sacerdócio.

“Para se tornarem verdadeiras testemunhas da necessidade do amor, eles precisam incorporar essa experiência por completo, da maneira que a natureza demanda."

Uma destas mulheres, Antonella Carisio vive com o padre brasileiro Edecir Calegari, desde o seu primeiro beijo com ele em 2006. "Eu escrevi uma carta para ele naquela noite dizendo que aquilo foi um erro e que deveríamos esquecer. Quando nos encontramos de novo para esclarecer as coisas, ele me beijou de novo. Assim nosso relacionamento começou."

O curioso é que por não ser aceito pelo vaticano os padres acabam se relacionando sem nem sequer passarem pela cerimônia do casamento. No braço de ferro entre a boca cerrada do Vaticano e os grandes lábios do deus interior, estes padres preferem cair de boca.

¹ http://www.globalpost.com/dispatch/italy/100526/catholic-priests-celibacy


Ações do documento