Playboy Brasil enfrenta a teocracia católica — Morte Súbita inc.
Morte Súbita
Escondendo a revista debaixo do altar

Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Blog Playboy Brasil enfrenta a teocracia católica

Playboy Brasil enfrenta a teocracia católica


Escondendo a revista debaixo do altar

A pedido de organizações católicas e do Rev. Lodi, bispo de Goiás, o juiz Osvaldo Freixinho, determinou  no Rio de Janeiro que todas as revistas Playboy de agosto fossem recolhidas por conterem fotos de Carol Castro, semi-nua segurando um rosário. A decisão também proíbe a revista de usar elementos religiosos em suas futuras matérias.

Um porta voz, da arquidiocese de São Paulo, Juarez de Castro, afirmou ainda que a decisão do juiz procede pois para ele, a imagem é um flagrante desrespeito "não apenas aos católicos, mas a todas as pessoas de fé."

O ativista secular Ed Brayton, levanta um ponto importante e critica a decisão do juiz. Segundo ele qualquer sociedade que permite sacerdotes decidam o que pode ou não ser publicado flerta com o antigo fantasma da teocracia e pode começar a dar adeus a liberdade civil e de expressão.

Algumas pessoas podem achar imorais e vulgares diversas passagens da Bíblia. Deveríamos bani-la? Nós do Morte Súbita inc acreditamos que não. Seria muito mais coerente e civilizado se os cristãos simplesmente seguissem os preceitos de sua própria religião e deixassem de folhear revistas eróticas. Ninguém se sentiria ofendido.


Ações do documento