Robert Pattinson, Brad Pitt, Edward Cullen e Louis de Pont de Lac: Vampiros que não querem ser Vampiros — Morte Súbita inc.
Morte Súbita
Sangue fresco desde 1996

Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Blog Robert Pattinson, Brad Pitt, Edward Cullen e Louis de Pont de Lac: Vampiros que não querem ser Vampiros

Robert Pattinson, Brad Pitt, Edward Cullen e Louis de Pont de Lac: Vampiros que não querem ser Vampiros


Sangue fresco desde 1996

Stephenie Meyer e seus três primeiros livros, "Crepúsculo", "Lua Nova" e "Eclipse", venderam quase 10 milhões de cópias somente nos EUA e agora os fãs conferem o insosso filme que seria bem mais divertido caso trouxesse Vanessa Hudgens ou Demi Lovato como Bella no lugar da chatérrima Kristen Stewart e Zac Efron no lugar de Robert Pattinson. Poderíamos ao menos criar algo novo como um High School Musical 3 dedicado a educar vampiros a não beber sangue humano.

Estudantes mais sérios de vampirismo podem ficar emburrados pelo fato de estarmos tratando do assunto: "Crepúsculo", "Lua Nova" e "Eclipse", mas é preciso estar atento a qualquer oportunidade que a mídia imbecil nos oferece. Se para apresentarmos um novo mundo ao jovens, quase sempre sofrendo de uma lavagem cerebral pelo mundo Disney Channel, porque não usar a pseudo-literatura e pseudo-cinema deles e se apropriar de seus nomes: Camp Rock, High School Musical, HSM 3, Zac Efron, Vanessa Hudgens, Jonas Brothers, Ashley Tysdale e tantos outros para atrair a molecada para nossos Playgrounds?

Quantos não vieram até nós justamente por fascinarem-se com os personagens vampiros de Anne Rice, que como todos nós sabemos: Lestat e Louis não passam nem perto da figura real de um vampiro. Sim são belos, sim são eternamente jovens, mas bondade, justiça e fraternidade não passam nem perto de suas almas eternas e seus corpos indestrutíveis. Mas foram as figurinhas tolas de Anne Rice que representaram o motor de propulsão para uma verdadeira febre vampiresca. E qual a razão de não nos apropriarmos das personagens deles, quando eles fazem uso ao bel-prazer de nossos símbolos?

Se for mesmo verdade que as principais estrelas da Disney estudam ocupar os postos hoje ocupados por Kristen Stewart, na pele da tolinha Isabella Swan e o reclamão Robert Pattinson como Edward Cullen. É uma cartada sensacional para grupos que buscam ampliar seu arsenal juvenil e prepará-lo para assumir postos e responsabilidades que virão. Então que venham os ídolos dos nossos filhos, sobrinhos e netos, e que enfim Vanessa Hudgens e Zac Efron façam mais do que fazem em High School Musical, trocar beijinhos açucarados a mel, e por enquanto sem sangue.

Para aqueles que não suportam os livros de Stephenie Meyer, podem ficar tranquilos: ela já afirmou aos quatro ventos que não pretende mais falar sobre vampiros, o mesmo que disse Anne Rice quando decobriu que tinha um câncer maligno, a mórmon Meyer e a ultra-católica Rice ganharam fortunas em cima dos vampiros, agora os temem. É bem típico.


Ações do documento