Salve o Planeta, Mate-se — Morte Súbita inc.
Morte Súbita
Dando razão a Thomas Malthus desde 1996

Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Blog Salve o Planeta, Mate-se

Salve o Planeta, Mate-se


Dando razão a Thomas Malthus desde 1996

Conforme havíamos profetizado o nosso querido padre voador, Adelir Carli foi agraciado com o Darwin Awards 2008, o prêmio internacional para as pessoas que melhoram o banco genético da humanidade, removendo-se dele por mortes estúpidas. O prêmio duplo foi concedido porque antes de se perder no céu, ele já havia escolhido o celibato como modo de vida.

O desastre ecológico, a crise de alimentos e o congestionamentos quilométricos fizeram algumas pessoas pensar se não seria mesmo melhor suprimir a raça humana inteira do ecossistema terrestre. Não necessariamente por um genocídio sanguinário, mas pela gradual e voluntária extinção de nossa espécie.

Os defensores da idéia dizem que se simplesmente deixarmos de procriar a raça humana dará um inestimável presente para o Planeta Terra e a biosfera poderá retornar aos poucos à boa saúde. Segundo eles a transição para um universo sem humanos pode ser tranqüila e a a eutanásia coletiva se tornará agradável não apenas porque teremos a consciência de estarmos fazendo uma boa ação para todas as plantas e animais, mas porque os principais problemas de hoje diminuirão na mesma proporção em que nossa população se torna menos densa.

Se você concorda ao menos em parte com as afirmações acima não deixe de conhecer as propostas do "Movimento de Extinção Humana Voluntária" e a sua irmã mais radical, a Church of Euthanasia. Talvez eles estejam certos, talvez sejamos mesmos parasitas do planeta e a coisa mais altruísta que podemos fazer e dizer adeus, ou no mínimo fazer menos copias de nós mesmos.


Ações do documento