Semana do Vampiro — Morte Súbita inc.
Morte Súbita
If you want blood. You've got it!

Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Blog Semana do Vampiro

Semana do Vampiro


If you want blood. You've got it!

Eram 11 horas da noite do dia 31 de outubro. Um rapaz de 24 anos então, chamado William Dakin, o zelador do cemitério de Tottenham, em Londres, fechou os portões de ferro como de costume e foi cuidar de seus afazeres noturnos. Foi apenas no dia seguinte de manhã que descobriu que a madrugada na necrópole não havia sido tão calma quanto ele imaginou.

Era noite de Halloween, e o povo da região sabia que as pessoas costumavam ficar um pouco "birutas" na noite do dia-das-bruxas, mas ninguém esperava que chegassem a tal ponto. A brincadeira logo se revelou algo mais sério do que os trotes de costume. Três caixões haviam sido violados, o de uma criança e outro de um adulto, o terceiro teve seu ocupante retirado e uma estaca de ferro em forma de cruz cravada em seu peito. No pátio setas e círculos foram desenhados com flores murchas, indicando que a intenção era muito mais do que um vandalismo sem sentido. Os violadores de túmulos partiram tão silenciosamente quanto haviam chegado. No dia seguinte os noticiários, jornais e moradores teciam suas próprias teorias; o reverendo Lionel Phillips chegou a declarar que "tudo foi cuidadosamente preparado de acordo com algum ritual demoníaco" e um ocultista londrino, dedicado à magia branca, opinou que "parece óbvio que eles fizeram ali um ato de necromancia. E parece que tinham os mais sérios propósitos de seguir os rituais completa e absolutamente. Mas com certeza estavam apavorados e com pressa, pois mal atravessaram o cadáver com a estaca. Eles podiam estar muito sérios, realmente; mas, não restam dúvidas de que eram também amadores".

Hoje em dia quando falamos de vampiros temos que saber diferenciar a literatura da realidade. Escritores, por décadas, foram capazes de moldar a imagem do vampiro na cultura popular. Bram Stoker com seu Drácula aristocrata, Anne Rice com seus vampiros vitorianos e melancólicos e até recentemente Stephenie Meyer que em sua saga crepúsculo nos mostra seus vampiros vegetarianos que para os puristas de vampiros não tem nada, mas que conseguem arrastar atrás de si uma legião de novos fãs que provavelmente, de hoje em diante, verão vampiros como pessoas pálidas com super poderes. De Vlad Tepes à Erzsébet Báthory, de Bela Lugosi a Brad Pitt. Os Garotos Perdidos (Lost Boys) se tornando ebstêmios e comportados como a família de Edward Cullen. Das criaturas civilizadas que passam desapercebidas por nós até as bestas como Loogaros e as Baobhan Sith, os vampiros são criaturas que em muitas regiões são temidas até os dias de hoje, tão reais quanto você ou eu.

A Morte Súbita Inc, em homenagem a esses bebedores de sangue, criou a semana do Vampiro, onde disponibilizaremos textos para mostrar que nem todos eles gostam de evitar o sexo e brilham debaixo do sol, para iniciantes e pesquisadores de longo tempo se preparem para nadar no sangue dos inocentes:

Ponto de Início:

nossa sessão de vampirismo

De praticantes religiosos que alimentam Deuses Não Mortos e pessoas que buscam trazer o vampiro que existe dentre de cada um de nós a criaturas místicas e lendas que contam suas histórias, sem deixar de lado aqueles que gostavam de trocar a Coca-Cola por um bom copo de sangue.

Leitura Recomendada:

- Vampiros para Iniciantes
- Vampiros no Brasil
- Vampirismo Uma Doença de Alma
- Vampiros ao Redor do Mundo
- O Curioso Caso do Dr. Trousseau e outros vampiros
- Em Busca do Vampiro Indiano
- Doenças Confundidas com Casos de Vampirismo

Para os praticantes de Magia:

- Manual Prático do Vampirismo
- A Doutrina dos Sonhos
- As Palavras de Abramelin
- O Ritual de Evocação e Invocação de um Vampiro

Para os Estudiosos:

- Crimes Vampíricos
- Alhos e Vampiros
- A Gênese Vampírica e o Mito de Caim e Abel
- A História Cultural dos Vampiros

Para os que querem se tornar um vampiro:

- Projeto Sukkubi: Uma visão Realista do Vampirismo
- Todo mundo é vampiro?
- Vampiros Psíquicos
- O licor da imortalidade
- O Beijo de Fogo
- A Missa de Sangue
- A Deificação Vampírica

Quanto aos visitantes do cemitério londrino, eles eram caçadores de vampiros, se isso lhe causa surpresa, pare para pensar. Por que deveria? Não é porque vampiros costumam aparecer em literatura juvenil e em filmes com efeitos especiais que não sejam reais, e se são reais e se alimentam dos vivos, alguém vai, em algum momento e em algum lugar, traçar uma linha de onde essas criaturas não poderão passar. Talvez sejam eles os repsonsáveis por evitar centenas de mortes misteriosas todos os meses, afinal, nas palavras dos irmãos Frog, Edgar e Alan, em Lost Boys:

"Um aviso. Não é agradável ver vampiro morrer. Dois não morrem iguais. Uns gritam e urram, outros vão em silêncio, uns implodem, outros explodem mas todos tentarão levar você junto"

 


Ações do documento