Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Envie seu texto
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Demonologia Livros de Demonologia O Dragão Vermelho

O Dragão Vermelho


A Arte de Comandar os espíritos celestes aerios terrestres infernais

Red Dragon

Dragão Vermelho, também conhecido como O Grande Grimório, é um dos mais tradicionais livros de magia negra datado como sendo de 1522, mas cuja história documental pode ser traçada apenas até o século 18. É também considerado por muitos como uma tradução incrementada do texto do livro de conjurações do papa Honorius que foi escrito no século 13. 

Acredita-se que o Grimório do Dragão Negro seja um dos Grimórios mais raros e procurados pelos estudantes do Oculto, e que possivelmente ele tenha sido escrito em 1522, ou ainda no Séc. XIII pelo próprio Papa Honório. O desejo obsessivo de possuir o inatingível  enriquecem a tradição deste Grimoire. O Dragão Negro ou citando seu título "Le Veritable Dragon Noir: Les forças infernales Soumises a l'homme" (As forças infernais submissas ao homem) é um grimoire francês na linhagem das edições da Bleue Bibliotheque. Um produto da atmosfera diabólica inebriante, este texto abrilhanta ainda mais o Dragão Vermelho, O Grande Grimoire e o Grimorium Verum, sendo recomendado seu estudo para aqueles que trabalham com tais Grimórios.

Um trabalho verdadeiramente infernal, que contém ambos: trabalhos espirituais e um sistema operacional claro, também é um compêndio de feitiços eminentemente práticas e feitiços contrários. Além disso, os selos e os textos originais foram mantidos o mais fielmente a versão original em Francês Arcaico.

Este livro é  um dos primeiros engrimanços com uma primeira data de impressão sugerido como 1523 ou 1522, no entanto sua data foi possivelmente adulterada com a posterior impressão deste material. Supostamente o livro foi apresentado pelo Papa Leão III para Carlos Magno, sendo esse Papa responsável por suas vitórias e poder mundano.

Outros Grimórios como o Enrichideon é repetidamente citado no Dragão Negro, assim como tal, pode ser considerado um cúmplice, portanto, eles estão unidos e ligados em chaves cruzadas. O Dragão Negro e o Enchiridion estabelecem um sistema altamente cristão de ladainha, encantos, feitiços e magia, guardando o operador contra venenos, perigos de incêndio e tempestades. No entanto, pudemos notar ao traduzí-lo que  muitas dessas práticas mágicas tem antecedentes herdeiros mágicos pagãos, um ponto muitas vezes esquecido pelos magos modernos. A tecnologia sagrada uma vez combinada com o Dragão Negro sugere que este livro é para ser usado em um mundo perigoso e que ainda pode vir a valer seu peso em ouro. Este livro possui aquelas citações características dos Grande Grimórios que nos incitam a estudá-lo com mais profundidade. Reproduzimos abaixo um trecho de apresentação do Grimório para sua apreciação:

"Este livro é a ciência do bem e do mal. Que você saiba leitor jovem ou velho, rico ou pobre, feliz ou infeliz, se o seu coração está atormentado pela avareza, jogue-o (o livro) ao fogo, senão ele será para você a fonte de todos os males, a causa de sua ruína total. Se, ao contrário, você possuir a fé, a esperança e a caridade, então guarde-o como mais precioso tesouro do universo. Assim eu lhe advirto, você é livre em suas ações, apenas não se esqueça que uma conta severa lhe será enviada, pelo uso que você terá feito dos tesouros que coloco a sua disposição. Quanto a mim, servo de Deus, eu declino de toda a responsabilidade, não escrevi este livro, senão para o bem da humanidade."

O Dragão Vermelho publicado pela primeira vez no Egito, no Cairo por um livreiro que utilizava o nome de Alibek ejá nesta versão o tomo continha instruções para a invocação de Lúcifer ou Lucifuge Rofocale, com o propósito de realizar um pacto com o diabo. O livro é chamado de "Le Veritable Dragon Rouge" no Haiti onde é reverenciado entre os praticantes do Voodoo.

 Confira aqui a tradução completa deste famoso grimório:

 Índice

I. Preludio e capítulo primeiro.

 

II. Capítulo segundo. A oração e a oferenda

 

III. Capítulo terceiro, sobre o Látego Fulminante

 

IV. Capítulo quarto sobre a oração e oferenda do grande Círculo Cabalístico

 

V. Capítulo quinto com as invocações ao Imperador Lúcifer

 

VI. A Grande Invocação

 


Quer publicar seu texto no Morte Súbita inc? Envie para nós.