Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Espíritos & Fantasmas Livros sobre Fantasmas Torne-se um Caça-Fantasmas por diversão e lucro Perguntas Frequentes sobre Fantasmas

Perguntas Frequentes sobre Fantasmas


Manual dos Caça Fantasmas


Além do que já foi exposto existem preocupações em relação a fantasmas que podem deixar o futuro caçador apreensivo antes mesmo de terminar de cogitar se seguir nesta atividade é uma boa idéia. Tenha em mente que toda e qualquer atividade possui riscos e que acidentes podem acontecer em qualquer lugar a qualquer momento, por isso tem esse nome. Agora, de fato, ao se lidar com fantasmas estamos lidando com algo do qual ainda não temos todo o conhecimento possível e alguns aspectos de sua natureza podem nos assustar, vamos listar alguns deles agora dando a informação que temos hoje disponível a respeito para tentar elucidar
algumas dessas dúvidas:

Fantasmas possuem pessoas?


Uma das questões que mais assustam novatos é a possessão. Mesmo com demônios não temos hoje ainda um conhecimento de como a possessão funciona ou mesmo como ela ocorre. No caso de demônios alguns especialistas afirmam que o demônio não tem acesso direto à mente ou à alma da pessoa, a possessão começa mais como uma perseguição ou um tormento e gradualmente o espírito toma posse do corpo da pessoa, exibindo uma personalidade completamente diferente daquela do indivíduo, mas antes disso acontecer, por influência do espírito, a personalidade da pessoa sofre mudanças até que gradualmente o espírito
se instala.

No caso de fantasmas pode acontecer o mesmo?

Certas religiões como as de origem afro e o espiritismo mostram que pessoas podem ser possuídas por fantasmas de pessoas mortas, mas nagrande maioria dos casos apenas quando o sacerdote, o pai ou mãe de santo ou o médium desejam. Eles realizam rituais que fazem com que sua mente/alma se abra para o espírito para que ele tome conta. Em alguns casos a pessoa possuída permanece no controle de suas faculdades, em outros o fantasma toma conta completamente, mas mesmo assim com limitações, como por exemplo conseguir falar, ver e escutar através do médium, mas não sair andando. Existem casos de pessoas possuídas por
fantasmas que são capazes de sair andando, exibir uma força além da força que teria normalmente além de outras características que não vem ao caso aqui, o que importa é afirmar que de fato elas são possuídas.

Também não é certo dizer que apenas pessoas treinadas ou com a mediunidade desenvolvida são suscetíveis à possessão, em alguns casos os possuídos são pessoas "normais" que nunca fizeram parte de um culto ou de uma sessão espírita. Neste caso também não existe um protocolo padrão de comportamento, em alguns casos o espírito causa confusão e angústia, em outros ele se mostra um ser que tem a intenção de ajudar.

Com isso em mente, você deve se preocupar com a possibilidade de ser possuído?

Bem, esta é sempre uma possibilidade, mas caso você nunca tenha tido uma experiência dessas a chance de que vá acontecer é tão pequena que talvez você nem deva se preocupar com isso. Outro ponto importante é que uma pessoa nunca fica possuída de uma hora para outra sem perceber o que está acontecendo, geralmente elas sentem tonturas, um estado de confusão mental, falta de controle do corpo, sentem que vão desmaiar. Percebem pensamentos estranhos na cabeça ou se sentem sobre uma influência que parece crescer.

Caso tenha a oportunidade, procure médiuns espíritas ou pais de santo e converse com eles, buscando saber quais os sintomas que alguém experiencia quando está prestes a ser possuído. Lembre-se também que  existe uma grande diferença entre ser possuído por uma entidade e pelo espírito de alguém morto. Essas conversas podem ajudar a eliminar algumas dúvidas e apreensões que esta questão trazem.

Mas em casos comuns de manifestações fantasmagóricas, dificilmente existe alguma forma de possessão envolvida, vale lembrar que durante a entrevista com os moradores ou a pesquisa sobre os fenômenos relacionados ao lugar você pode tentar descobrir se aquele fantasma, ou fantasmas, tem algum histórico de conseguir controlar as pessoas. Em todo o caso saiba que dificilmente um fantasma irá possuir ou tomar o controle sobre o corpo de um caçador que esteja no local, caso ele tivesse essa capacidade ou essa facilidade provavelmente não haveria ninguém para contar a história.

Fantasmas causam danos físicos?

Existem alguns casos de fantasmas especialmente violentos que conseguem machucar pessoas. São casos raros também, mas existem. Alguns casos de manifestações fantasmagóricas envolvem membros da família, ou moradores, sendo atacados pelo fantasma que lhes deixa hematomas, ou os empurram por escadas ou tentam de fato ferir as pessoas. Além disso, se um fantasma tem a capacidade de erguer uma folha no ar ou de derrubar um vaso, ele com certeza pode fazer o vaso cair na sua cabeça ou fechar uma porta nos seus dedos.

Geralmente a força física de uma manifestação é fraca. Ela consegue puxar cabelos, fechar portas, abrir gavetas mas muito, muito raramente erguer algo pesado como uma pessoa, ou conseguir dar um murro que quebre um nariz. É muito mais fácil para uma entidade empurrar alguém escada a baixo se a pessoa já estiver fora de si e correndo sem controle pelo local, por isso é sempre importante manter a calma e evitar a perda de controle. Caso se encontre em um lugar e objetos comecem a se mover e gavetas a abrir e a fechar, tenha em mente que se o fantasma quisesse e pudesse te machucar, já teria partido para cima.

Outro ponto importante a se tocar é quando você perceber que está lidando com uma impressão. Geralmente neste caso, por mais violenta que seja a cena que você está presenciando, lembre-se que ela é como um filme, se você não se meter no caminho dos acontecimentos e como se estivesse assistindo a um filme.

No caso específico de impressões muito intensas, algumas pessoas presentes podem acabar tomando parte do filme, se comportam como se possuídas, mesmo assim vale a afirmação anterior, ninguém perde o próprio controle do corpo de um momento para o outro, caso perceba que as coisas estão fugindo do controle saia do local e se recomponha. Caso perceba que alguém do seu grupo está começando a se comportar de maneira estranha, retire a pessoa do local e então converse com ela até que recupere plenamente o auto controle. Faça perguntas que exijam respostas rápidas e precisas, pergunte que dia é hoje, qual o seu nome
completo, pergunte se sabe onde está, se ela te reconhece. Perguntar se a pessoa se sente bem ou o que aconteceu apenas vai mantê-la falando, mas não a obriga a pensar e colocar os pensamentos em ordem, deixe isso para depois.

Tendo isto em mente, você deve se preocupar em ser atacado por fantasmas?

Sim, da mesma forma que você deve se preocupar em ser atacado por um estranho na rua. Não é comum de se acontecer, mas caso ocorra, mantenha a calma, saia do lugar o mais rápido possível sem entrar em pânico e tente ordenar seus pensamentos

Fantasmas lêem mentes?

Até hoje não existem muitas evidências de que pessoas possam ler mentes, o mesmo é válido para fantasmas. Quando começar a caçar vai ver que grande parte das experiências não é tão intensa quanto os filmes e livros gostam de mostrar. Fantasmas não tentam te enganar ou te seduzir ou tentam fazer você se matar para que tenham companhia. Muitas vezes são apenas pessoas confusas só que sem o corpo.

Claro que, da mesma forma que conversando com um desconhecido por alguns minutos você pode perceber seu estado de espírito pela maneira que se comporta, ou em outras vezes a pessoa é tão obvia que você sabe o que ela pensa, um fantasma pode perceber isso também, seja percebem a sua aura, o seu campo de energia ou o que for, e ele pode reagir a isto. É como se você fosse a uma entrevista de empregos e percebesse que o entrevistador não estivesse te levando a sério ou estivesse mais interessado em seu decote, você pode continuar se portando com educação ou pode simplesmente mandá-lo ir catar coquinhos e sair.
Outro exemplo é de alguém que percebe que está diante de alguém que está sentindo medo, a pessoa então, seja um assaltante, um lutador ou um encrenqueiro, vai agir de acordo e pode atacar o assustado. Assim caso parece que o fantasma está  lendo sua mente, tente ver como você está se comportando e use de calma.

Fantasmas podem danificar objetos, veículos, etc...?

Sim, apesar de não ser algo freqüente, ou talvez seja e só não tenhamos como avaliar se algum dano foi causado por um fantasma. Tenha em mente: se um fantasma consegue ligar e desligar um forno microondas ele provavelmente pode fazer o mesmo com a bateria do seu carro ou com o marca passos de alguém, e como saberíamos que o carro simplesmente não morreu ou que a pessoa simplesmente não enfartou?

Assim, saiba que fantasmas tem a capacidade física de sabotar ou quebrar objetos, inclusive os objetos que você está usando para caçá-los. Fique atento a isso, e, caso você use marca passos, lembre-se de sua situação e considere se não é melhor buscar uma atividade menos estressante para o coração, mesmo que ela não envolva espíritos psicopatas.

Fantasmas enlouquecem pessoas?

Esta é uma questão delicada. A mente humana é um objeto magnífico e complexo. Algumas pessoas tem uma tolerância maior para stress, outras não. Algumas pessoas enlouquecem quando levam um fora da namorada, outras vão para a guerra, testemunham horrores que nem imaginamos, toma parte de ações que a grande maioria nunca seria sequer capaz de imaginar e voltam para casa são e salvos e continuam tocando a vida normalmente.  Algumas vezes lidar com fantasmas pode ser extremamente estressante, e esse stress pode fazer alguém quebrar e literalmente pirar, seja pelo convívio com a assombração seja por algum tipo de controle que esta exerça sobre a pessoa.

A resposta para esta pergunta, então, não está nas capacidades que um fantasma possa ter, e sim na capacidade que uma pessoa tem de lidar
com o stress, seja ele moderado ou extremo, seja por alguns instantes ou por longos períodos.

Este capítulo não é uma tentativa de desencorajar pessoas, ou de querer insinuar que esta atividade tem um glamour porque flerta com  perigos que nenhuma outra possui. É apenas uma forma honesta de expor algumas situações que podem acabar prejudicando o caçador. Mas mesmo com esses alertas, saiba que 99% dos casos que você venha a presenciar serão seguros, os fantasmas estarão assombrando lugares, não pessoas, e mesmo que calhe deles gostarem de assustar as pessoas isso acontecerá de uma forma não muito traumática.


Quer publicar seu texto no Morte Súbita inc? Envie para nós.