Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Envie seu texto
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Jesus Freak Cristandades Os Santos Mais Estranhos de Todos os Tempos Santo Antão

Santo Antão


Santo AntãoSanto Antão não se contentava com a luta espiritual diária, ele fez da fé uma arte marcial. No século IV foi um dos primeiros cenobitas, termo que antes de Clive Barker, era o título dos padres do deserto que se isolavam para testar a resistência a dor e a dúvida. Oração constante, jejuns extremos e autoflagelação eram rotina. Muitos cenobitas nunca voltavam para casa e foi justamente por essas dificuldades individuais que os mosteiros surgiram no século seguinte como uma solução comunitária.
 
Santo Antão dormia dentro de tumbas abandonadas para vencer a repulsa dos mortos e o medo da morte. Sua indiferença as tentações irritou tanto o Diabo que diz a lenda um dia ele não viu outra opção senão partir para a violência. Um dia o sono sepulcral do santo foi interrompido por um grupo de demônios que lhe deram uma surra tão grande que de manhã ele não conseguia ficar de pé.
 
Mas o santo voltou para o 2º round e desafiou os demônios a aparecerem novamente. Eles apareceram. Vieram a noite como leões, crocodilos e escorpiões. Santo Antão os ridicularizou. Disse que eram fracos pois atacavam em grupo. Disse que eram burros pois apareciam como animais irracionais. E disse ainda que só poderiam lhe causar mal se Deus achasse justo. Após o discurso uma luz intensa iluminou o ambiente e espantou os seres infernais. Era Deus. Santo Antão perguntou: "Deus, porque não veio antes?" A resposta foi digna do Sr. Miyagui: "Eu queria ver você lutar."

Quer publicar seu texto no Morte Súbita inc? Envie para nós.