Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Jesus Freak Cristandades Os Santos Mais Estranhos de Todos os Tempos São Cristovão

São Cristovão


São CristovonEste santo tinha cabeça de cachorro e dois metros de altura. Ele vivia na terra dos violentos homens-cães que latiam rosnavam e comiam carne humana. Reprobus era seu nome e estava decidido a servir o rei mais poderoso que pudesse encontrar. Assim foi mudando de rei em rei, sempre que achava um mais forte. Um dia viu que o imperador fazia o sinal da cruz quando alguém falava do diabo. Reprobus entendeu que o capeta devia ser mais poderoso que ele e assim decidiu encontrá-lo.

Em sua busca encontrou um bando de ladrões cujo líder era chamava de Diabo. Mas quando viu que ele tinha aversão a cruz aprendeu que existia ainda mais poderoso. Encontrou então um eremita que lhe contou sobre Cristo, o Rei dos Reis. Reprobus aprendeu que a melhor forma de servir o Rei do Universo era servir ao seu próximo e valendo de sua altura e força passou a fazer isso ajudando viajantes a atravessar um grande rio local. 

Um dia um menino pediu sua ajuda no rio. Ele concordou, mas assim que entrou nas águas o peso da criança se tornou cada vez maior até tornar-se o maior peso de sua vida. Orou e perseverou e assim teve sucesso. Quando chegou do outro lado o menino revelou sua verdadeira identidade: "Você carregou Aquele fez todas as coisas e com Ele todo o peso do mundo. Eu sou Cristo seu Rei para quem tem trabalhado e servido."  Antes de desaparecer no ar, Jesus também aproveitou para mudar o nome de Reprobus para Cristovão, "aquele que carregou Cristo".Depois disso São Cristovão converteu multidões e teve uma vida digna das irmãs Wachowski com curas milagrosas e flechas parando no ar e dando meia volta quando atiradas contra ele. 

Especialistas garantem que a lendária cabeça de cachorro de São Cristovão surgiu por um erro de tradução do latim, "Cananevs" (Cananeu) para "Caninevs" (Canino). De fato, nenhuma das imagens atuais de São Cristovão traz mais essa peculiaridade. Mas existe outra explicação menos provável e mais interessante para não termos hoje imagens com cabeça de cachorro nas igrejas. Segundo um poema do bispo alemão do século X, Walter Speyer, depois que o gigante canino ajudou o menino Jesus a atravessar o rio ele foi miraculosamente agraciado com um belo e permanente rosto humano.

 


Quer publicar seu texto no Morte Súbita inc? Envie para nós.