Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Magia do Caos Livros Caóticos Caos Instantâneo A Convicção da Semana

A Convicção da Semana


Um aspecto da Magia do Caos que parece transtornar algumas pessoas ‚ e que o Mágico do Caos (ou Caoista, se você gosta) têm um carinho ocasional em trabalhar com imagens selecionadas de fontes não-históricas, como invocar o Cthulhu e outros seres da mitologia de H.P Lovecraft, traçando o Rock Horror Show sobre a árvore de Vida, voando pelo plano astral em um caça X-WING, e efetuando comunicações com deuses que não existiam cinco minutos atrás.

Assim você poderia ver por que os conservadores deste tipo de coisa como uma base para trabalho mágico sério elevam uma ou duas sobrancelhas quando ouve falar de nós. Não ‚ afinal de contas, Lovecraft não é pura ficção? O que dizer então das ' tradições' - ou será que você não pode fazer mágicka com algo que não possua nenhuma relação com à história ou a mitologia?

No passado, foram feitas tais críticas em cima dos magos que trabalham com ' entidades ficcionais'. Nesta seção, eu espero discutir o caso contra estas objeções.

O primeiro ponto para se fazer mágicka é um sistema de convicção dentro do qual trabalhar. O sistema de convicção ‚ o simbólico & lingüístico é o meio pelo qual o mágico aprende interpretar as experiências dele e pode variar de qualquer coisa entre a Qabalah e Xamanismo que parecem tão populares hoje em dia. Não importa qual sistema de convicção você usa, tão pouco como o encontrou. Leia isso novamente, é importante.

doctor.gifEventualmente a maioria dos magos parecem desenvolver os seus próprios sistemas mágicos que trabalham bem para eles mas ‚ falha um pouco quando outros vão usar, um bom exemplo é o Alfabeto do Desejo de Austin Osman ‚ o ideal seria que cada um possuísse seu próprio alfabeto..

Uma chave para o sucesso mágico ‚ veracidade em sua convicção. Se você quer experimentar algo, e pode propor uma explicação plausível sobre como/porque deveria trabalhar, então provavelmente funciona. A Pseudociencia ou a Qabbalistica (ou ambos) - não importa como eles lhe fornecem a razão ( pára-choques) e uma força de sua convicção na qual trabalhar. Uma vez eu consegui uma explicação plausível de como poderia trabalhar teoricamente, então claro que, eu estou muito mais confiante em fazer, e transmitir freqüentemente esta confiança aos outros. Se eu estou 110% certo de que meus rituais funcionam 'então é ainda mais provável que eu esteja certo '. Você pode experimentar isto usando a técnica de troca de convicção - (Robert Anton Wilson chama isto de Metaprogramação), um exemplo bom que são os chakras. A visão popular de chakras ‚ que nós temos são sete. Certo, assim medite em seu chakras, martele o simbolizo em sua cabeça e !presto! você começará tendo 7 Chakras . Agora troque a usando a 5º Sephiroth do Pilar do Meio (Qabalah) como os centros psíquicos em seu corpo, e seguramente , você adquirirá resultados de acordo. Adquira a idéia!

Qualquer sistema de convicção pode ser usado como uma base para mágicka, tão longo como você consiga investir convicção nisto. Olhando meus experimentos mágicos passados , eu vejo que a que é importante para mim era a convicção forte que o sistema que eu estava usando era antigo, baseado em formulas tradicionais, etc. Um sistema de convicção pode ser visto como uma matriz de informação na qual nós podemos verter energia emocional - nós fazemos muitos, quando nos tornamos mais do que telespectadores passivos em um jogo, filme, ou programa de TELEVISÃO que por um momento, se torna real para nós, e invoca emoções apropriadas. Muito do que nós vemos na tela prateada são imagens míticas poderosas & situações, heróicas para gostos modernos que são uma sugestão para começarmos a falar de "Star Trek".

Mais pessoas estão familiarizadas com o universo de Jornadas nas Estrelas do que com quaisquer das religiões de mistério. É uma aposta bastante segura que mais pessoas saibam quem é Sr. Spock, do que quem sabem que é Lugh. O universo de Star Trek tem um conteúdo alto de fantasia , e aparentemente poucos apontam ele como nosso ' mundo de todo dia'. Star Trek é um das primeiras, para não dizer a primeira mitologia moderna, reflexões míticas de nossa psicologia. Os personagens encarnam qualidades específicas - Spock é lógico, Sulu é um freqüentemente retratado como uma figura marcial, Scotty é um ' construtor' mestre, e Kirk é um árbitro em busca de resolução ao conflitos. Como nós "entramos " no universo de Star Trek, nós achamos maior profundidade e sutileza.

Nós achamos que o universo tem suas próprias regras sujeito às quais os caráter são interiormente consistente. Cada episódio, nós podemos achar que como sendo determinadas perspicácias no mundo Pessoal de um caráter ( personagem) chave. Como nosso mundo cotidiano, o universo de Star Trek tem um limite além do desconhecido- o futuro, o espaço inexplorado, as conseqüências de nossas ações. Assim nós assistimos a TELEVISÃO, e entramos como um observador do desdobramento de um evento Mítico. Nós podemos aumentar esta sensação de participação por um jogo de RPG onde um grupo por convicção nos permite gerar, durante algumas horas pelo menos, a semelhança do universo de Star Trek, no conforto de seu quarto. É relativamente fácil de gerar o mundo de Star Trek, devido à quantidade de livros e vídeos que estão disponíveis para apoiar aquele universo.

A prova final de tudo isto foi quando meus colegas iriam passar por um exame de programação de computador, e era o objetivo tentar pensar em uma forma-deus apropriada para invocar suas mentes em programar. Mercúrio? Hermes? E então eles perceberam - a figura mítica mais poderosa que eles possuíam para se tratar de computadores era o Sr. Spock! Assim ele procederam em invocar Sr. Spock, aprendendo tudo sobre ele anteriormente. Vendo isto Spock certamente diria "Eu nunca entenderei os humanos ", mas é assim que funciona e eles tiraram dez no exame!

E assim, também por detrás do mitos de Cthulhu. O próprio Lovecraft era da opinião de que o medo, particularmente o medo do desconhecido, era a emoção mais forte imposta pelos Grandes Antigos. A razão pela qual eu gosto de trabalhar ocasionalmente com aqueles Mitos é que os Grandes Antigos são totalmente 'outside' da maioria das mitologias humanas, refletindo as sombras dos Gigantes em Mitos escandinavos, dos - Titãs olímpicos em Mitos gregos, e outros grupos do universo - Também sendo uma opção caótica em resposta aos comuns deuses do universo ordenado. Também, para mim a natureza dos Grandes Antigos como seres sombrios que só podem ser olhados brevemente e parcialmente é atraente - eles não podem ser assimilados e podem ser saltados em qualquer sistema ortodoxo de mágicka e eu obtenho muita diversão em trabalhar em aproximações satisfatórias com eles. Os Grandes Antigos têm uma mesma ' natureza primal' que para mim provê o pára-choque emocional para a exploração mágica.

Tendo dito tudo aquilo, e nenhuma dúvida deixada " uurgh", digo as pessoas misteriosas, dos sistemas arcaicos que gostam de fazer círculos com sal , eu também poderia mencionar que eu tive alguns resultados interessantes em trabalhar com um sistema de Mítico baseado no Livro "Senhor dos Anéis"'. A coisa interessante sobre metaprogramação é que você pode adotar uma convicção durante um tempo relativamente pequeno, e então derruba isto novamente.


Quando praticando magia ritual eu geralmente tenho a impressão , de que tudo que você pensa sobre deuses são arquétipos ou reflexões de pedaços de nossas psiques ou tudo que, se comporta como se fossem reais. Assim em um ritual de Cthulhu , nada ajudará a construir a tensão necessária sem a firme convicção adotada no sistema. Ignore e Cuthulu e ele te ignorará! Claro que, fora do ritual eu não me preocupo em acreditar em Cthulhu ou que uma pata enlodada possa aparecer em minha janela ... Nnão! Não! ... eu estava brincando senhor Cthulhu, desculpe-me!


Relacionado a esta aproximação é a idéia que ' Suspensão de Qualquer Crença' pode ser útil. Para fazer isto, leia um livro que exponha uma idéia que você simplesmente abomine (todo mágico tem o seu favorito) e tente ver a mensagem de escritores sem sua voz interna lançando pedras nas páginas. Um dos mais difíceis ' de se superar é a idéia inicial de que "Nada disto funciona ". Apesar de horas de conversa e leitura dos tomos de Crowley, reclamações ainda podem ser ouvidas por um anão resmungão, e só pode ser dispersado realmente por experiência - um ato que lhe mostra que aquele TRABALHO MAGICKO funciona. Passando por isto você está livre.

Assim minha conclusão é que aquela intensidade de convicção é a chave que permite sistemas mágicos trabalharem, se eles estão relacionados a tradições históricas (que são, enfrentemos, muito freqüentemente rescritas de qualquer maneira), tradições esotéricas (que evoluíram pelos séculos) ou baseado em ficção ou shown bussines. É sua habilidade ser emotivamente móvel ou os usar como veículos para a expressão de seu testamento. Se funciona com você - faça!


Quer publicar seu texto no Morte Súbita inc? Envie para nós.