Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Envie seu texto
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Magia do Caos Livros Caóticos Caos Instantâneo Princípios da Magia do Caos

Princípios da Magia do Caos


Ainda que destoe de alguns sistemas mágicos normalmente fundam-se ao redor de um modelo ou mapa do universo espiritual/físico, como a Árvore de Vida, o Livro da Lei ou as Runas Nórdicas, A Magia do Caos é baseada em um alguns ' Princípios" ou "Caroços que geralmente estão por trás de sua aproximação com a mágicka (eles não são porém axiomas universais, assim se sinta livre para trocá-los se desejar).

1. A falta de Dogmatismo.

Magos do caos se esforçam para evitar entrar em dogmatismo (a menos que expressar dogmatismo seja parte de um sistema de convicção temporário no qual eles entraram). " Discordianos gostam de usar ' Catmas' " Nós Discordianos as vezes discordamos sobre isto "! Assim os Magos do Caos sentem-se impelidos em mudar as suas mentes, contradizerem a sim próprios com estilo propondo argumentos que são alternativamente plausíveis e improváveis.

De uma forma ou de outra sempre se esta em errado em um ponto de vista. (Nada é Verdadeiro). Por outro lado, os caoistas utilizam se de todas as ferramentas e das melhores armas de cada realidade que encontram pelo caminho. (Tudo é Permitido)

2. Experiência pessoal é suprema.

Em outras palavra, não acredite em nada do que você ler - NEM MESMO ISTO - , ou seja confirme por você próprio. A palavra chave é praticar, sem isto caro Pinochio, nunca será um menino de verdade. Alguns emitirão um fluxo de verborréia em lugar de admitir que não sabem a resposta, considerando que um verdadeiro adepto diria; "EU NÃO TENHO MÍNIMA IDÉIA" ou " NÃO SEI. VAMOS TENTAR?". Bem cedo os magos do Caos descobriram a surpreendente verdade de que uma vez que você despoje seus dogmas, convicções pessoais, atitudes e anedotas qualquer técnica particular de mágicka prática, pode ser feita, e conquistada.

3. Descondicionamento.

O paradigma do Caos propõe que as tarefas primárias do mago em potencial é se descondicionar de suas convicções, atitudes e ficções sobre si mesmo , sociedade, e mundo. Nosso ego é uma ficção escrita em parte pelo mundo e parte por nós mesmos. E os ditos rituais de iluminação que antes eram vistos como escadas de Jô que levariam ao céu ou há uma possível evolução espiritual, são agoras vistos como meios de se passear na montanha russa pós-moderna de paradigmas.

Usando exercícios de descondicionamento, nós poderíamos começar a alargar as fendas em nossa realidade consensual que esperançosamente, nos permitira tornarmos menos presos as nossas convicções e autoficções, e assim teriamos o poder mais do que divino de "descartar Realidades". Só tem o poder de criar mundos, aqueles que destruíram sua morada inicial, mas não seja só um posseiro de ilusões, seja um errante.

4. Aproximações diversas. 

Como mencioneio acima, a mágicka ' tradicional' se inicia pela escolha de um sistema em particular e adesão a ele. A perspectiva do Caos, encoraja uma aproximação do adepto em seu desenvolvimento, e os magos do Caos são livres para escolher qualquer sistema mágico disponível, temas da literatura, televisão, religiões, cultos, parapsicologia, etc. Mudança constante e caminhos infinitos, é o que o Caoista quer.

5. Gnosis. 

Uma das chaves para habilidade mágica é a habilidade de se entrar em Estados Alterados de Consciência à vontade. Nós tendemos a traçar uma linha distinta entre ' consciência' e ' estados alterados" onde de fato nós movemos entre estados diferentes de consciência - como devaneios, 'piloto-automatico' (onde nós vemos executar ações sem cognição) e graus variados de atenção, a todo o tempo. Porém, até onde a mágicka está preocupada, a entrada em intensos estados alterados pode ser dividida em dois fatores de Sonho e Gnosis. Sonho, como você sabe é quando você vai dormir, Gnosis por outro lado é quando você acorda da realidade.


Quer publicar seu texto no Morte Súbita inc? Envie para nós.