Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Envie seu texto
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Magia Sexual Livros Sexuais O Livro das Almofadas

O Livro das Almofadas


Su Nui Ching

Su NuiQin Shihuang foi um famoso imperador chinês e até hoje uma das figuras mais lendárias do extremo oriente. Foi patrono de grandes artistas e promulgador de grandes inovações na cultura chinesa, como a reforma na agricultura, nas leis de casamento, no cultivo da seda e mesmo na construção da grandiosa Muralha da China. Mas entre tantas realizações, talvez seu legado mais popular entre os chineses, e quem sabe, grande responsável pelos problema da superpopulação do país seja uma obra relativamente desconhecida dos ocidentais, "O Livro das Almofadas", cujo nome original é 'Su Nui Ching'.

O Livro das Almofadas, também chamado de "O Livro da Cama" ou "O Tao do Amor" é o irmão chinês do antigo clássico hindu conhecido como Kama Sutra. Foi escrito durante o reinado de Qin Shihuang como um manual imperial do prazer sexual. O Imperador Amarelo, como era chamado tinha entre sua numerosa corte, quatro conselheiros sexuais sendo, duas mulheres mais velhas, uma jovem e um homem da mesma idade. Estes conselheiros eram responsáveis diretos pelos encontros luxuriosos de sua majestade.

Com estes conselheiros o imperador experimentava toda sorte de gozo sexual e aprendia diversas técnicas e jogos eróticos. Existem registros por exemplo de que em uma só noite o imperador transou com 72 súditos diferentes, de ambos os sexos. Os mitos, obviamente são aumentados para favorecer a fama do rei, mas guardam mesmo sob os exageros, a mensagem de o quão insaciável ele pode ter sido. Tudo o que pode ser imaginado Qin Shihuang experimentou sob a orientação perfeccionista de seus quatro conselheiros.

Conta a tradição que os diálogos deles dos tutores com Qin Shihuang foram transcritos por escribas da corte e compilados em uma série de perguntas e respostas. O título 'Su Nui Ching', quer dizer literalmente, o Livro de Su Nui, que era o nome da conselheiras mais nova de Qin Shihuang que ao que tudo indica também foi sua preferida.


O Conteúdo do Livro das Almofadas, (Su Nui Ching)


Existem poucas traduções para outras línguas do texto original chinês. Apesar de disputas acadêmicas sobre a validade ou não de alguns capítulos a estrutura da obra segue, de modo geral a seguinte ordem:

  • Princípios gerais de Sexo, Prazer e Saúde
  • Técnicas de cortejo e provocações
  • Sinais femininos de excitação
  • Critérios de uma boa ereção
  • Nove princípios eróticos de Su
  • Oito métodos especiais de Su de valor terapéutico
  • Os métodos perfeitos do sexo oral
  • Sete doenças relacionadas a práticas sexuais
  • Delícias e  riscos do sexo anal
  • Benefícios da conservação do sêmen
  • A diferenças de idade e otimização da freqüência
  • Os Ambientes prediletos de Su
  • Sobre a maneira de ter um bebê saudável
  • Características de uma mulher fértil
  • Receitas contra impotência e problemas vaginais

Sexo, Prazer e Saúde no Livro das Almofadas

Por conta dos temas que aborda, o Livro das almofadas tornou-se não só o manual do sexo, mas também um verdadeiro guia médico para muitas gerações de chineses. Este é um ponto importante, pois em toda a obra a ligação sexo = saúde é mais do que enfatizada. Uma pessoa saudável se torna sexualmente ativa da mesma forma uma pessoa sexualmente ativa se torna saudável.

Num dos capítulos por exemplo, O Imperador Amarelo questiona como poderia ter um "membro maior". A responta de sua doce conselheira é que apesar de um pênis grande ser um sonho masculino muito comum, existem o pênis pequeno, o pênis grande e o "pênis grande demais". O tamanho doorgão masculino como tudo na vida tem sua medida certa. Qualquer coisa além de oito polegadas, continua o Su Nui é excesso desnecessário e pode ser mais uma maldição do que um dom. Em muitos casos a mulher achará doloroso e em casos graves pode tornar-se um verdadeiro risco para a saúde.


É importante também ressaltar um enorme contraste do Su Nui Ching com outro grande clássico erótico; o Kama Sutra. O Sutra indiano é essencialmente um livro religioso com implicações espirituais para os praticantes do hinduísmo, já o Livro das Almofadas é francamente um manual hedonista do sexo e da saudê. Não se trata de atingir a iluminação, mas sim da busca simples pela saúde e pelo prazer sexual como fins em si mesmos. Trata-se de uma obra muito mais liberal do que seu primo famoso indiano. E acreditem ou não, muito mais livre de tabus até do que os padrões ocidentais de hoje.


Alguns trechos do Su Nui Ching


Como era de se esperar o livro das almofadas trás também uma série de jogos eróticos, técnicas e descrições de posições amorosas. O restante deste documento tratará propriamente de algumas destas técnicas, lembrando que em chinês, a palavra súdita e súdito (繁體中文版) são idênticas e não variam em gênero.

"A súdita está bem quieta, de olhos fechados, fingindo dormir. O Imperador despe-a lentamente, mas o corpo dela permanece flácido e sem vida. Como os beijos e as carícias não parecem ter efeito, ele, então, começa a acariciar os seios dela e a pérola no Degrau de Jade. Ela fica cada vez mais excitada, até que salta de encontro ao Utensílio de Ferro do Imperador e este golpeia apaixonadamente o Portão de Jade."

"O Imperador venda a súdita e então venda seus proprios olhos também. Ela se esconde entre as almofadas e ele a procura dentro do quarto. Quando Ela é capturada o coito acontece com ela ainda com os olhos vendados."

"O Imperador e sua súdita sentam-se com as pernas sobre a cama. Ela senta-se sobre os pés do Imperador com as pernas esticadas sobre as dele, e os pés sobre seu estômago. Quando o desejo aumenta, lançam-se simultaneamente para a frente. As pernas dela se separam e o Talo de Jade penetra no Portão de Jade."

"O Imperador se deita de costas e ela senta-se sobre a barriga dele, de costas para ele, e começa a acariciar o Talo de Jade. Quando ele está totalmente ereto, ela usa ambas as mãos para conduzi-lo até dentro da Vala Dourada."

"Aqui a súdita deita-se de costas com o Imperador por cima. Ele abre as pernas dela o máximo possível, até que elas lembrem um pássaro com as asas abertas. Ele então, encosta no Vale Escarlate e realiza o encaixe."

"O Imperador ajoelha-se na cama, sentando-se sobre uma almofada colocada sob suas coxas. A súdita senta-se sobre os joelhos dele e inclina-se para trás até que sua cabeça toque a cama e seu corpo fique arqueado como um arco-íris. O Imperador então segura-a pelos quadris, golpeando para cima com a Ferramenta de Ferro e acariciando a Pérola no Degrau de Jade, enquanto a ela permanece curvada para trás."


Quer publicar seu texto no Morte Súbita inc? Envie para nós.