Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Miscelânia Textos Diversos 23 Razões para Agradecer (de joelhos) aos Católicos O Método Científico

O Método Científico


23 Razões para Agradecer (de joelhos) aos Católicos

"A Matemática possui uma força maravilhosa capaz de nos fazer compreender muitos mistérios de nossa fé."
- (SÃO JERÔNIMO)

Francis BaconA fé e a ciência são como água e azeite, não se mesclam e onde existe uma não pode haver a outra; para quem só conhece a Igreja através dos seus críticos, esta é uma verdade absoluta, mais ainda, uma questão de bom senso. Por isso pode ser uma surpresa mas como veremos o Método Científico é um dos filhos diretos do catolicismo.

Enquanto a primeira imagem que nos vem é a do julgamento de Galileu poucos lembram que ele mesmo sempre foi católico, solicitou a extrema-unção em seu leito de morte e teve uma filha que se tornou freira. Galileu nasceu em um contexto cultural católico, e não foi uma aberração, mas fruto da sociedade em que viveu. Galileu foi sustentado e patrocinado pela igreja, assim como foram muitos cientistas e exploradores durante a história, como Jean-Baptiste Lamarck, Blaise Pascal, Marco Polo, Nicolau Copérnico, Gregor Mendel, Giambattista Riccioli, Nicholas Steno e Roger Bacon e muitos outros.

A alergia a qualquer coisa ligada à igreja que parece contaminar muitas pessoas hoje faz com que exista uma crença de que esses cientistas se fizessem passar por religiosos para fugir do destino da fogueira da inquisição. O que acontece na verdade é que o maior medo das pessoas era mais de uma crítica negativa do que o risco de perder a vida. Quando não havia revistas, a lista dos 10 mais vendidos ou o twitter, a crítica dos grandes figurões era o que decidia se o trabalho de alguém seria respeitado ou não, e curiosamente esses figurões, na época, também eram católicos, e não apenas padres católicos, mas pessoas católicas. Se um trabalho ofendesse a visão pessoal de um desses figurões o autor seria atacado por todos os simpatizantes dele também. A igreja dificilmente se manifestou diretamente contra alguém, isso é o mesmo que acreditar que o supremo tribunal intervém em qualquer processo de pequena causa aberto em cartórios. Com a Igreja as coisas eram bem diferentes.

Não apenas a Igreja patrocinou e fez nascer muitos cientístas, como ela fez nascer TODOS os cientístas. O método científico em si, tem origem nas propostas de Renê Descartes em "O Discurso sobre o Método" e posteriormente ampliado por Francis Bacon em "Novo Organon" ambos cônegos da igreja Católica. A visão que temos hoje da física, foi desenvolvida por Newton que afirmou "A gravidade explica o movimento dos planetas, mas não pode explicar o que colocou os planetas em movimento. Deus, que governa a todas as coisas, é quem sabe tudo que existe e tudo o que pode ser feito". A igreja criou um método que superou o simples uso da lógica aristotélica e os jesuítas o espalhou pelo mundo no século XVII fazendo nascer cientistas em lugares como a arábia, a china e a índia. Ao contrário do que se pensa hoje, o iluminismo não surgiu para combater as idéias ultrapassadas da igreja, muito pelo contrário: a Igreja criou o Iluminismo para difundir suas novas idéias. Assim, qualquer flor ou fruto que tenhas nascido da árvore do método científico, tem em ultima análise sua raiz aos pés da cruz.


Quer publicar seu texto no Morte Súbita inc? Envie para nós.