Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Miscelânia Textos Diversos Sobre o Caminho da Mão Esquerda

Sobre o Caminho da Mão Esquerda


Fenix Konstant

Pense por si mesmo!Trilhar o Caminho da Mão Esquerda é reconhecer e aceitar a sede de poder inerente a todo ser humano, ao invés de reprimí-la e por vergonha escondê-la no porão.

É querer tomar as rédeas do próprio destino.

É não se conformar com o papel de vassalo que foi-lhe dado, rasgar o roteiro e decepar a mão que o escreveu. E com o próprio sangue, suor e lágrimas, escrever e mudar a história.

É ser ativo ao invés de passivo, interferindo no Universo, e ao mesmo encontrar o equilíbrio de Baphomet.

É reconhecer que o homem é a única causa de todos os efeitos, ao invés de depositar a responsabilidade na mão de Deus ou do Diabo.

É preferir a morte do que a escravidão.

É perceber a sua superioridade e não alardeá-la, pois um Deus reconhece outro e as ovelhas curvam-se perante os deuses sem que estes precisem proferir uma palavra sequer.

É como um predador saber usar o silêncio e os cantos sombrios a seu favor, pois os iluminados caminham nas trevas. O tolo revolta-se contra a ignorância alheia, o sábio dela tira proveito.

É arrancar a venda que cobre seus olhos sem medo do que você pode ver.

É preferir uma verdade amarga do que uma doce mentira.

É trabalhar e lutar em prol da realização de seus desejos, ao invés de esperar que outros os realizem para você.

É preferir um minuto de êxtase do que uma eternidade enfadonha.

É tentar extrair o máximo da vida sem medo de represálias.

É sempre avaliar as possíveis consequências de seus atos mas nunca se deixar levar pela opinião alheia.

É procurar agradar primeiro a você e não aos outros.

É atender primeiro às suas expectativas e não as dos outros.

É ignorar o que os outros podem pensar de você assim como estes ignoram a própria ignorância.

É procurar conhecer a si e o Universo que o rodeia.

É abrir a porta proibida sem se importar com possíveis punições, pois esse é o preço a se pagar pelo conhecimento desde o Éden.

É estar disposto a pagar esse preço.

É não confundir coragem com estupidez, mas nem prudência com covardia.

No Caminho da Mão Esquerda não há guias nem atalhos. É uma estrada árida e deserta que vai serpenteando rumo ao infinito. Num caminho percorrido com guias não há mérito. Num caminho sem placas de sinalização, é fácil desviar-se de seu destino. Mas o próprio Caminho da Mão Esquerda por si só já é um desvio, e como dito antes, nele você faz seu destino.

É melhor reinar no Inferno do que servir no Paraíso.


Quer publicar seu texto no Morte Súbita inc? Envie para nós.