Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Envie seu texto
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Bruxaria Textos Pagãos A Magia Psicodélica de Carlos Castañeda O Fuminho – Psilocybe

O Fuminho – Psilocybe

A segunda planta (ou Aliado) dotada de princípio ativo psicotrópico às qual Castaneda foi apresentado, por Don Juan, é um cogumelo chamado de Psilocybe. Este é consumido fumando-o em uma mistura que inclui outros quatro ingredientes que, segundo o antropólogo, servem apenas para dar sabor ao produto.

O Psilocybe e seus complementos são coletados diretamente na natureza, não demandam cultivo. O ciclo de colheita e preparo do Fumo é anual, significa que o usuário reúne os ingredientes uma vez por ano e prepara uma quantidade da mistura que será usada no ano seguinte.

Obviamente, em sua primeira experiência com o Fumo Castaneda consumiu a mistura fornecida por Don Juan.

O xamã  utiliza um cachimbo artesanal, feito de madeira, para fumar e atribu

grande importância ritual a esse objeto, tratando-o quase como uma entidade dotada de sentimentos que deve ser resguardada de qualquer dano e até dos olhares de qualquer outra pessoa que não seja seu proprietário ou aprendiz do proprietário.

O cachimbo e a mistura devem ser tratados com um cuidado íntimo. ...Inclinou-se para mim e mostrou-me um cachimbo que tirou de uma capa de lona verde. Devia ter seus 25 centímetros de comprimento. A haste era de madeira avermelhada; era simples, sem nenhum enfeite. O fornilho também parecia ser feito de madeira, mas era meio volumoso, comparado com a haste fina.

– O que aconteceria se você perdesse ou quebrasse o cachimbo?

Ele sacudiu a cabeça, muito devagar, e olhou-me.

– Eu morreria! (CASTANEDA, 1968 – p 37)

Evidentemente, muitos dos seguidores de Castaneda, desprezando essas e outras exigências, fumaram o Psilocybe misturando-o simplesmente com uma quantidade de fumo comum, tabaco mesmo, no máximo, temperando o cogumelo com fumos aromatizados para cachimbo mas preparando a mistura para o consumo enrolando um cigarro, usando papel para cigarros (a chamada seda), fazendo com isso o que pode ser considerado um baseado turbinado.

(O mesmo método de simplificação é usado para fumar o verdadeiro haxixe nas metrópoles europeias, como Lisboa e Madri, por exemplo, onde os estoques são provenientes, em geral, do Marrocos.

O haxixe, tendo uma consistência pastosa dura que sem aditivos queima, derrete-se rapidamente tornando impossível seu consumi por inalação, é vendido em tabletes ou aglomerados informes ou bolas. Nesse estado, é pulverizado sendo submetido ao calor indireto, ou seja, colocado sobre um cinzeiro fino de metal ou mesmo uma camada tripla de papel de alumínio.

Assim desidratado, o haxixe, transforma-se em pó ao ser pressionado e friccionado com os dedos e, misturado ao fumo contido em cigarros industrializados comuns. A mistura é enrolada em uma “seda”. Ou seja, naquelas metrópoles, o haxixe é consumido sem utilização de narguilé).

No contexto do modismo em torno do uso de plantas psicotrópicas, os procedimentos rituais frequentemente ou, na maioria dos casos, foram simplesmente deixados de lado, como no relato do antropólogo, Dr. Jay G. Fikes, da Yeditepe University, Istambul (Turquia) que declarou, em entrevista para o documentário da BBC  Carlos Castaneda, 2006:

Decidi ir até o México e tentar achar alguém que pudesse me dar os cogumelos sagrados sobre os quais Castaneda escreveu. Então fui até Oaxaca e encontrei um vilarejo indígena. Encontrei uma senhora que me vendeu os cogumelos. E tive a sensação de estar voando até o céu. (BBC, 2006)

 

O CARÁTER OU ESPÍRITO DAS PLANTAS DE PODER

Como já foi mencionado nesse estudo-reportagem, Don Juan atribuía características antropológicas às Plantas de Poder. Afirmava que cada uma delas possuía um caráter, uma personalidade diferente.

Muitos estudiosos de Castaneda referem-se a essa idéia como a concepção primitiva, indígena, de que as plantas, bem como as montanhas, as águas e outros elementos da natureza, cada qual tem seu próprio "espírito".

No caso da Datura (erva do diabo) e do Psilocybe, essas características, o caráter de seus "espíritos" são radicalmente opostos. Segundo as anotações de Castaneda:

O aliado contido na Darura inoxia é do gênero feminino: possessivo (ciumento), violento, imprevisível, tem um efeito nocivo sobre o caráter de seus seguidores e os dons que confere aos seus usuários estão relacionados à força física e ao poder de agir sobre a realidade, especialmente sobre a vida, a morte e a ente das outras pessoas (pronto, as feministas podem descer a lenha em Don Juan).

O Fuminho, ao contrário, é masculino, desapaixonado, gentil, previsível, tem um efeito benéfico sobre o caráter de seus seguidores, proporciona êxtase. (CASTANEDA, 1968 – p 133)

 

Os Ingredientes da Mistura do Fumo

- Folhas e flores tenras, frescas, das pontas dos galhos de uma árvore que Castaneda não identifica (mais uma falha em seu desempenho como cientista da antropologia) que devem ser colhidos no Dia de Finados (no Brasil, 02 de novembro).

No caso específico desse ingrediente, Castaneda fornece uma pista que permite ao menos presumir a espécie de planta da qual está falando: A fumaça também parecia mentol e o interior de minha boca, de repente, ficou frio. Foi uma sensação refrescante. ...percebi que todo meu corpo estava dormente, mentolado. (CASTANEDA, 1968 – p 70)

Mentha citrata, a Yerba buena

Diante dessa informação é possível supor que esses ingredientes, flores e folhas da mistura são provenientes da Mentha citrata ou menta bergamota, planta perene do gênero Mentha – planta  híbrida da menta verde (Mentha spicata ou hortelã-pimenta)) e da menta aquática (Mentha aquatica)  – espécie mais comum na América Central, ali chamada popularmente de Yerba buena, cujas folhas e flores, como medicamento, são usadas, geralmente via oral, na forma de chá ou no preparo de cremes, gel ou unguentos, de uso tópico (para aplicação e massagem de pele e músculos).

Funciona como expectorante das vias respiratórias (inclusive quando imersas em água fervente, folhas e flores em natura ou processadas, de modo que seus vapores podem ser inalados) –  analgésico de dores musculares, no alívio de certos tipos de cefaleia (dor de cabeça. Tem propriedades analgésicas, antissépticas, antiespasmódicas, vasodilatadoras, produz sudorese e age como purgante e redutor de gases intestinais.

- Outros três tipos de flores que o pesquisador também não identifica.

- Cogumelos Psilocybe mexicana.

Psilocybe mexicana, detalhe. Este cogumelo é conhecido pelos povos nativos da América Central há mais de 2 mil anos. No contexto da cultura asteca seu nome é teonanacatl, que significa como Deus-cogumelo ou, ainda, Carne dos Deuses.

 

Processamento dos Ingredientes do Fumo

Todas as folhas e flores devem ser submetidas à uma primeira secagem à sombra antes de serem guardadas, separadamente, em potes de barro, lacrados. Assim armazenadas ressecarão e mofarão, no escuro, durante o período de um ano. A função das folhas e das flores era adocicar a mistura do fumo. (CASTANEDA, 1968 – p 41)

Os cogumelos, frescos, devem ser colocados em uma cabaça pescoço fino que, em seguida, será lacrada. Para isso é necessário cortá-los em pedaços, estraçalha-los mesmo que passem pela abertura. Portanto, não há meio de conferir se os cogumelos colhidos são os certos depois que são guardados.

Don Juan enfatiza esse ponto porque os Psilocybe mexicana crescem junto a uma variedade de outros cogumelos e, para o leigo, é fácil confundir as espécies. Esse é um erro que pode ser fatal. Diz o xamã: Conheço homens que caíram mortos por terem usado um mau fumo. (CASTANEDA, 1968 – p 42)

O tempo de armazenagem dos cogumelos também é de um ano. Ao fim desse tempo, todos os ingredientes estarão prontos para o processamento final.

Quando os recipientes são abertos, todos os ingredientes, exceto os cogumelos são, separadamente, moídos. Os cogumelos não precisam ser moídos porque seu estado de ressecamento é tal que, ao serem meramente amassados com um pilão ou colher, ou mesmo com as mãos, reduzem-se imediatamente a um pó fino.

Proporções dos Ingredientes na mistura: Quatro partes de cogumelos são acrescentadas a uma parte de todos os outros ingredientes juntos (CASTANEDA, 1968 – p 42). Por exemplo, 10 gramas de todas as folhas e flores secas e moídas são misturadas com 40 gramas de pó de cogumelos.

Essa mistura deve ser guardada em um saquinho de couro liso com fecho eficiente, por amarração, por exemplo, mas se você quiser usar velcro ou zíper, ou um saquinho de plástico com fecho de contato dentro do saquinho de couro, tudo bem.

O saquinho de Don Juan ficava pendurado por um cordão no pescoço dele, mas isso, provavelmente, não será conveniente para o leitor, enton – pode guardar “o bagulho” na gaveta de meias.

O sagrado cachimbo, o leitor vai ter de providenciar sozinho. Este articulista poderia sugerir um artesanato com madeira, bambu etc. Mas, sendo realistas, compre um cachimbo de madeira com haste reta. Esqueça o estilo Sherlock Holmes.

O objeto deve ter seu próprio estojo que você pode fazer ocupando-se com uma graciosa atividade artesanal ou sendo prático e comprando uma caixinha de madeira ou uma embalagem de couro do tipo capa de óculos, isso, é claro, se seu cachimbo comprado não vier com um estojo apropriado ou ouro que certamente estará à venda na tabacaria.

Precauções

Mas, se você é um esculhambado que vai fazer um baseado com o fuminho, nunca é demais providenciar uma piteira, a chamada marica de madeira. As maricas de durepox são ou as descartáveis caixinhas de chicletes Adams furadas são extremamente deselegantes... eu acho... Use esse acessório tendo em vista a eliminação de evidências do seu... ahn... hábito.

 Fumar um baseado de qualquer coisa usando as mãos deixará rapidamente as pontas de seus dedos amareladas e você terá de lixar a pele, com uma lixa de unhas, com os dedos úmidos para não chamar a atenção dos mais observadores, especialmente, os homens da lei, ou seja, para não dar bandeira mesmo.

 Se fumar com frequência seus dentes também ficarão amarelados. No caso de precisar branquear os dentes rapidamente, felizmente! Já existe solução. Siga o conselho de Gisele Bundchen: use Whitestrips 3DWhite/Oral B e escove a “mobília” com o creme dental correspon...dente!... que contém microesferas de esfoliação.

 Whitestrips 3DWhite/Oral B custa 70 pilas, mas funciona em 30 minutos e não danifica sua dentição, o que poderia ocorrer se você mantivesse seus dentes envoltos em algodão com água oxigenada 10 volumes pelo mesmo período.

 

(Sim, água oxigenada 10 volumes também faz isso, mas o uso contínuo pode danificar o esmalte dos dentes e você tem de ficar atento para não engolir... E antes que eu esqueça, providencie um colírio, Lerin ou Moura Brasil. A finalidade? Poupe-me, é óbvia! Carambolas, estes são alguns dos truques de um Guerreiro e saiba – leitor (a), você não vai encontrar esses segredos em primeira mão em nenhum outro lugar a não ser aqui, neste website. Mama mia! Eu poderia escrever um tratado sobre essas coisas).

Ligia Cabus

Quer publicar seu texto no Morte Súbita inc? Envie para nós.

loading...