Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Envie seu texto
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Bruxaria Textos Pagãos O Chamado do Deus Cornudo

O Chamado do Deus Cornudo


por Janet Thompson

Ouça as palavras do Deus Cornudo, o Guardião de tudo o que é selvagem e livre, Guardião dos Portais da Morte, cujo chamado todos respondem.

Eu sou o fogo no âmago do teu coração… O anseio da tua alma. Eu sou o Caçador do Conhecimento e o Peregrino da Sagrada Busca. Eu, Aquele que se levanta na sombra da luz, sou Aquele a quem tu chamas Morte. Eu, o Consorte e Companheiro Daquela a quem nós adoramos, Eu te chamo.

Dêem ouvidos quando eu chamo, meu amados, venham à mim e aprendam os segredos da morte e da paz. Eu sou o milho na época da colheita e o fruto da árvore. Eu sou Aquele que te conduz ao teu lar. Açoite e Chama, Lâmina e Sangue, estes são para ti as minhas dádivas.

Chama-me no selvagem da floresta e no desolado do topo da montanha e busca-me no Fulgor Sombrio. Eu, Aquele que tem sido chamado de Pan, Herne, Osíris e Hades, falo a ti nesta busca. Venha, dance e cante; venha, viva e sorria. Pois eis que esta é a minha adoração.

Vós sois meus filhos e Eu sou o vosso Pai. Nas céleres asas da noite, Eu sou Aquele que o deita aos pés da Mãe, para que tu renasças e retornes mais uma vez. Tu, que pensas em me buscar saiba que Eu sou o vento indomável, a fúria da tempestade e da paixão da sua Alma. Busca-me com orgulho e humildade, mas de preferência com amor e veemência. Pois este é meu caminho e Eu não amo o fraco e o pusilânime. Ouça o meu chamado nas longas noites Inverno e nós permaneceremos juntos guardando a Sua Terra enquanto Ela dorme.



Quer publicar seu texto no Morte Súbita inc? Envie para nós.