Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Envie seu texto
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Psico Textos de Psicologia Bizarra A Experiência Psicodélica Instruções do Primeiro Bardo

Instruções do Primeiro Bardo


A Experiência Psicodélica

Oh (nome do viajante), chegou o momento de procurar novos níveis de realidade. Teu ego e o jogo (nome) estão a ponto de cessar. Tu estás prestes a ser posto(a) face a face com a Serena Luz. Estás prestes a experienciá-la em sua realidade. No estado livre-de-ego, onde todas as coisas são como o vazio e limpo céu, E o intelecto nu e imaculado é como um vácuo transcendente; Neste momento, conhece-te e suporta o estado.

 

Oh (nome do viajante), Aquela que é dita a ego-morte aproxima-se de ti. Lembra-te: Esta é a hora da morte e do renascimento; Tira vantagem desta morte temporária para obteres o estado de perfeito Esclarecimento. Concentra-te na unidade de todos os seres vivos. Agarra-te à Serena Luz. Usa-a para alcançares entendimento e amor.

 

Se não puderes manter o gozo da iluminação e se estás deslizando de volta ao contato com o mundo exterior, Lembra-te: As alucinações que experimentas agora, As visões e insights, Te ensinarão muito sobre tu mesmo(a) e sobre o mundo. O véu da percepção rotineira será tirado da frente dos teus olhos. Lembra-te da unidade de todas as coisas vivas. Lembra-te do gozo da Serena Luz. Deixa-a guiá-lo(a) através das visões desta experiência. Deixa-a guiá-lo(a) através de tua nova vida a vir. Se te confundires, puxa à memória a lembrança de teus amigos e da força da pessoa que tu mais admiras.

 

Oh (nome), Tenta alcançar e manter a experiência da Serena Luz. Lembra-te: A luz é a energia vital. A infinita chama da vida. Um turbilhão ondulante e mutante de cor pode engolfar tua visão. Esta é a transformação incessante da energia. O processo vital. Não o temas. Rende-te a ele. Junta-se a ele. Ele é parte de ti. Lembra-te também: Além da eletricidade fluida incansável da vida está a realidade final – O Vazio. Tua própria consciência, não sendo formada por nada que possua forma ou cor, é naturalmente vazia. A Realidade Final. A Toda Boa. A Toda Pacífica. A Luz. A Irradiação. O movimento é o fogo da vida do qual tudo vem. Junta-te a ele. Ele é parte de ti. Além da luz da vida está o silêncio pacífico do vazio. A tranqüila felicidade além de todas as transformações. O sorriso do Buda. O Vazio não é nulidade. O Vazio é o começo e o fim de si mesmo. Desobstruído, brilhando, estremecendo, cheio de felicidade. A consciência de Diamante. O Todo-Bom Buda. Tua própria consciência, não sendo formada por nada, Nenhum pensamento, nenhuma visão, nenhuma cor, é vazia. O intelecto brilhando e cheio de felicidade e silêncio – Este é o estado do perfeito esclarecimento. Tua própria consciência, brilhando, vazia e inseparável do grande corpo de irradiação, não tem nascimento, nem morte. É a luz imutável que os tibetanos chamam de Buddha Amitabbha, A consciência do início sem forma. Saber disto é o bastante. Reconhece o vazio de tua própria consciência para chegares à Budidade. Mantém este reconhecimento e manterás o estado da mente divina do Buda.

 



Quer publicar seu texto no Morte Súbita inc? Envie para nós.