Parapsicologia na União Soviética

Podere Psíquicos na URSS


cмерть одного человека трагизм, смерть миллионов статистика.
- Иосиф Сталин

Uma morte é uma tragédia. Um milhão de mortes é estatística.
- Joseph Stalin

Em 1968 duas pesquisadoras americanas foram selecionadas para percorreram a Rússia, Bulgária e a Checoslováquia e estudar os programas de intensa pesquisa parapsicológica que estavam sendo realizados nestes e em outros países soviéticos. Sheila Ostrander e Lynn Schroeder contam em seu dossiê, “Experiências Psíquicas além da Cortina de Ferro” o que descobriram e falam de Telepatia, Hipnotismo, Psico

somática, Precognição, Psicocinese, Auras de animais e plantas, Acupuntura, Levitação, Rabdomância etc., e o que ingenuamente denominamos “PES” (percepção extra-sensorial).

Tudo pesquisado com financiamento do governo de países ditos materialistas dialéticos, ateus confessos, por isso mesmo isentos de quaisquer preconceitos religiosos e cujo único objetivo era a utilização prática de poderes que todos nós possuímos, e que a ciência ocidental trata com desprezo como lenda.


Índice

  1. Expe
    iências Psíquicas além da Cortina de Ferro

  2. De Rasputin a Wolf Messing

  3. Telecinésia de Mikhailova

  4. Fotografia Kirlian e Bioeletrográfico

  5. Eletrografias ou efluviografias de Narcovitz

  6. Mediunidade e ESP na  URSS

  7. Testes controlados do PSI

  8. Geradores psicotrônicos

  9. O engenho de Roberto Pavlita

  10. Energia bioplasmática

Ainda não encontrou as respostas? Continue procurando: