Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Envie seu texto
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Psico Textos de Psicologia Bizarra Seu Cérebro é Deus Ética

Ética


Timothy Leary

Uma das principais funções das religiões pré-científicas era a definição dos papéis sócio-doméstico-sexuais e legislação dos códigos morais que guiavam interações aprovadas entre os vários papéis. Tu não deves invejar a mulher do próximo e outros bens materiais. Tu não deves invejar o carro do vizinho. Aceitação da manada, conformidade social são necessidades de sobrevivência nas civilizações controladas por princípios religiosos ortodoxos. O Deus #4 é o moralista. O Quarto Deus está aceitando a responsabilidade e movendo-se além da docilidade da multidão. A Quarta Habilidade de Deus é a fabricação de sua nova moral — mais livre, mais inteligente e mais evoluída geneticamente. A domesticação da consciência pelo estado monolítico é um estágio inevitável na evolução tanto individual quanto das espécies. Apesar de grande parte da humanidade desprezar quem dita suas regras, é impossível mudar a estrutura cultural e moral de uma sociedade.

O retorno recente do fundamentalismo no Iran e outros paises Mulçumanos indica como a geografia determina o comportamento social.

 

“LIBERTE-SE“ (Drop Out)

 

Ao longo de milênios, as religiões Orientais ensinaram que o “drop out” dos papéis convencionais era necessário para o crescimento pessoal, mas esse desprendimento da moralidade tem sido difícil em estados ocidentais altamente organizados. O “establishment“ recente de redes de comunicação, particularmente filmes, televisão, rádios e internet, se apresentaram para os humanos com estilos de vida e código morais alternativos. O trabalhador de Budapest aprende quais modos culturais são aceitáveis em outras terras. Isso leva à migração. E migração tipicamente leva a mudanças nos papéis sociais e religiosos. Deus, o moralista, é uma divindade observadora atenta e invejosa. Padres e comissários da moral tipicamente fazem todo o possível para manter a conformidade cultural e prevenir a migração. Mais de 2/3 das Nações Unidas demandam vistos de saída para prevenir os cidadãos de buscar outro estilo de vida.

 

PROCURE DENTRO DE SI

 

A revolução psicodélica do final do século XX encorajou milhões de pessoas a se procurarem dentro de si para encontrar as coordenadas de navegação para a viagem da vida. Era para ser esperado que uma “ligação” (turn on) em massa levasse a um fenômeno de libertação (drop-out). O pânico típico de uma “bad-trip” de LSD aconteceu quando o sujeito descobriu a natureza estampada de borracha artificial da realidade e do papel social; realizou que a identidade de alguém é um frágil papel em um histórico e delicado show. Essa liberdade está errada! Deixe-me voltar para o meu cubículo seguro no cortiço urbano! Se eu não sou o meu papel social, quem eu sou? O que os meus vizinhos e os moralistas vão pensar? Se eu violar os tabus definindo minha identidade cultural, vou ofender Deus. A solução, é claro, é aceitar a responsabilidade. Cada pessoa que deseja se mover além da docilidade do cortiço deve se tornar Deus, o Moralista, assim como os velhos Hindus disseram. 


Quer publicar seu texto no Morte Súbita inc? Envie para nós.

Conteúdo relacionado