Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Satanismo Livros Satânicos Guia de Leitura da Bíblia Satânica O Ritual Satânico

O Ritual Satânico


Citação-chave:

Baphomet representa os Poderes das Trevas combinados com a fertilidade procriadora da cabra. Em sua forma pura o pentagrama e mostrado circundando a figura de um homem nos cinco pontos da estrela - três pontos em cima e dois pontos embaixo - simbolizando a natureza espiritual do homem. No satanismo o pentagrama também e usado, mas desde que o satanismo representa os instintos carnais do homem, ou o oposto da sua natureza espiritual, o pentagrama e invertido para acomodar perfeitamente  a cabeça da cabra - seus chifres, representando dualidade, impelidos para a frente em desafio; os outros três pontos invertidos, ou a trindade negada. As figuras hebraicas em torno do circulo do símbolo, no exterior, que suporta os ensinamentos mágicos da Cabala, esclarece perfeitamente Leviatan, a serpente do abismo das águas, e identificado com Satã. Estas figuras correspondem aos cinco pontos da estrela invertida. O símbolo de Baphomet e colocado na parede acima do altar.

Considerações:

O último segmento do livro de Belial contêm instruções detalhadas sobre como executar e conduzir um ritual, seja individual ou coletivamente. Qualquer tentativa nossa de resumí-lo resultaria em perdas. De tal forma que utilizaremos esse espaço para discutir, porque afinal o satanismo precisa de rituais.

A primeira coisa a se lembrar é que LaVey não criou uma escola filosofica ou um partido político. Ele criou uma religião. E mais de uma vez ele deixou isso claro em sua obra. Não é a toa que nosso livro máximo é a Bíblia Satânica e não o Manifesto Satanista ou algo assim. Isso acontece porque a religião preenche uma lacuna que nenhuma outra forma de conhecimento pode preencher. Ela não é baseada apenas em seco racionalismo, mas satisfaz também necessidades emocionais naturais ao ser humano.

A grande denuncia do satanismo é que por milênios a religião foi usada para manipular as massas e controlar as pessoas. E a grande proposta do satanismo não é jogar o bebê fora com a água suja do banho, mas jogar a água fora e salvar o bebê. Ao invéz de renunciar a religião e suas ferramentas, o satanismo reinvindica seu domínio sobre elas, e usará ele mesmo e em seu próprio beneício os mesmos recursos que antes eram controlados por sacerdotes.

Satanismo possui componentes de rituais esclarecidos e dogmas controlados no contexto ritual justamente porque sua proposta é ir além do simples humanismo. Um ritual satânico é uma bolha de espaço e tempo onde a credulidade é usada para que seus participantes lidem e controlem suas próprias emoções e desejos. É um laboratório emocional para exercícios mentais, relaxamento e realização de fantasias.

Quantas mais barreiras quebrarmos, mais claramente poderemos ver. Assim, se você é o tipo de satanista que acha que os rituais satãnicos são embaraçosos, essa é uma barreira com a qual você poderia viver sem. É um processo de alquimia negra interior, é uma afirmação material de sua ideologia e basicamente é  também uma forma de diversão. 

Nesta porção do livro LaVey inclui ainda descrições do que considerou artefatos mínimos para a realização de uma operação mágica:

  • Roupas cerimoniais
  • Altar
  • Símbolo da Baphomet
  • Velas
  • Sino
  • Elixir
  • Espada
  • Falo
  • Gongo
  • Pergaminho

Quer publicar seu texto no Morte Súbita inc? Envie para nós.