Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Satanismo Livros Satânicos Diabolicon A Declaração de Azazel

A Declaração de Azazel


Michael Aquino. Trad Morbitvs Vividvs

Voltai-vos agora para mim, pois eu sou Azazel, Primeiro Arauto das hotes infernais, e de Lúcifer, Senhor da Luz, Arquidemônio do Inferno, que é exaltado como Satanás, o grande inimigo de Deus. Pois eu falarei de sua própria inspiração e do peso do que recebeste.

Saiba, então, que, quando todo o céu foi abalado com a catástrofe da Segunda Guerra Seráfico, apenas o grande esforço do Arcanjo Masleh pode parar  o ataque do caos que ameaçava engolir tudo. Mas, quando o reino de Deus estava novamente seguro, não havia mais alegria no Céu, pois terrível foi o preço da guerra. quando Masleh levantou seu olhar, seu rosto ficou escuro, pois o grande conflito dizimou um grande número. Legiões de criaturas do Céu pereceram na batalha, e um terço abandonou o Céu para atender ao chamado de Lúcifer. E todo o Céu foi abafado pela dor, a força deste desastre foi grande e o reino de paz foi esmagado.

Finalmente Masleh convocou os arcanjos fiéis, e eles eram Miguel, Gabriel, Rafael e Uriel. E disse-lhes, vencemos Lúcifer, e o Céu esta purificado. Nós mesmos ainda que em menor número e trágica situação não temos a majestade de Deus diminuida por isso. Eis que eu, que triunfou sobre o grande inimigo me torno agora o Messias, o escolhido de Deus. E eles respoderam e ele, tu és Em verdade o Filho de Deus, porque em ti está a Vontade de Deus tornada pessoa.

Em seguida, disse Michael: Messias, Lúcifer foi vencido, mas ele não é passado. Pois ele se aventurou nas trevas exteriores, ainda que exista à parte de Deus. E com o poder de sua Chama Negra ele criado um inferno, onde todas as Vontades existem igualmente, e ele se proclamou Satanás, pois ele nunca deixará de declara sua contestação a lei de Deus.

Messias pensou, e ele respondeu, eu não quero que essa paz que conquistamos a preço tão caro seja perdida para a guerra novamente, pois o próprio conceito de guerra Seráfico é uma aversão a Deus. 

Que a minha palavra seja levada a Satanás Eu, o Messias, permito a existência do Inferno, e as bênçãos de Deus nunca entrarão em seus portões. E tu, Satanás, eu o admoesto a nunca retornar ao Céu pois eu novamente lhe jogaria para fora. Mas, se tu te atreveste a tentar a Vontade de Deus e Messias, saiba que na Terra vou ordenar a nova raça de Deus, que será  de meu projeto perfeito e imaculado para tua falha Infernal. Pois tu és o autor de ruína e morte para a nossa ordem Angélica, e nem céu nem inferno serão agora serão eternos salvo através do homem.

Nisso Gabriel, que estava Proclamando o Céu, trouxe esta mensagem para mim, e eu trouxe-a através do grande vazio até Satanás, que disse que o Messias estava propondo trégua entre nós,  pois percebeu que nem o inferno nem o céu poderão exercer a vitória final contra o caos. Mas ele acha intolerável este impasse, e agora quer que esta nova raça dos homens, preservem sem defeito o esquema de Deus. Assim, ele faria os homem conseguirem o que os anjos não conseguiram e limpar todo o livre pensamento do Universo para sempre.

E Satanás se virou para mim e disse: Diga ao Messias que a Terra não será santuário para ele manter inviolável a sua obliteração doentia do Eu. Pois eu dou ao homem uma mente, e de sua própria vontade, ele reconhecerá e rejeitará a morte em vida que Deus lhe oferece. Na verdade, ele deve dominar o Universo, mas ele deve fazê-lo em seu próprio nome e não por Deus.

Em seguida, Messias chamou o Arcanjo Rafael e o mandou para a Terra com um grande exército para proteger o homem contra a vinda de Satanás. E o homem era, então, como um animal simples, pois ele não conhecia os pensamento e sorria com a idiotice de sua inocência. Impulsionado apenas pelo instinto e necessidades físicas e respondia com indiferença as causas e razões.

No inferno foi chamado um grande conselho, e todos se reuniram para ouvir sobre o homem e sua Terra, e sobre seu modo de vida. Eu falei do homem que eu tinha visto, e disse: Esta criatura é agora guardado por Rafael, e pela sua proteção não se pode intervir, pois causaria a destruição da Terra em si. Mas Satanás disse, não será pela força que minha luz chegará ao homem, pois força bruta não é o modo do Inferno. Eu mesmo vou visitar o homem, e os anjos de Rafael não me impedirão. Eles só podem perceber o que Deus permite que eles vejam, e o espírito satânico é de uma essência que é estranha a Deus. Anjos já não seremos eu os chamo Demônios, para o Inferno ensinará ao homem a sua genialidade futura.

E diante de nós Satanás perdeu sua forma e tornou-se novamente na essência de Lúcifer, e vimos um brilho que infundiu todo o inferno e enviou grandes relâmpados de luz prismática no vazio que nos cercava. E o brilho disse, eu sou Lúcifer revelado, sou a Chama Eterna. Eu vou agora para a Terra, para que o homem não seja mais confundido em sua ignorância. E então o brilho tornou-se como um flash de fogo na vastidão do espaço, e nós sabíamos que Satanás tinha partido do Inferno. Mas na Terra, onde o homem vagava em êxtase irracional, o firmamento brilhava com línguas de fogo, e toda a terra foi coberta pela Chama Negra, que não queima, embora atraia o olho para vê-la.

E Rafael e os Anjos seu tutor ficaram consternados, por nada podiam ver o homem ou o espírito que tinha chegado a ele. Em seguida, fez Raphael convocar Michael para atacar a Chama Preto com a força de Deus, mas, mesmo assim, foi a Chama desaparecimento de sua própria vontade. E no primeiro momento parecia que a Terra não foi alterada, mas aos olhos do homem que Raphael ver o primeiro raio de pensamento.

E Rafael virou-se para Michael, que já tinha respondido a sua chamada, e disse que Satanás veio para a Terra, e o homem não é mais pura segundo o olhar do Céu, pois sua Vontade tornou-se  própria. Então eles se levantaram de novo para o Céu, onde contaram Messias o que haviam visto.

Em seguida, Messias respondeu, o homem caiu, mas ele não está perdido, pois sua jovem Vontade não é como a de um anjo, e os poderes que Satanás promete permanecem latentes apenas nos trechos sombrios de seu futuro. Não considerem esta nossa derrota, mas o começo de nossa disputa. A Terra do homem será refeito como microcosmo, e muitas coisas verá o homem, tanto do bem como do mal. E a escolha deve ser colocada antes deles, para sentirem o poder, a dor e o terror do Presente de Satanás, ou para voltar novamente para o paraíso da paz Celestial. O que seria do próprio Satanás se descobrir que o homem rejeitou o seu presente? isso tremeria os alicerces do próprio inferno como a grande guerra fez com os bastiões do céu.

E Messias chamou Uriel, Arcanjo do Terror, a quem ele disse: A Terra deve mudar, e todos os sentidos do homem deve ensinar-lhe repugnância e medo. Ele deve saber aprender que este é o preço de sua nova identidade - que tudo separado de Deus é o mal - e com medo, ele deve abandonar o presente de Satanás e tornar-se mais uma vez um cordeiro de Deus. E Uriel respondeu: Isto será feito, mas como o homem poderá aprender sobre o Céu e o Inferno se ele ainda não pode ver as visões que temos em nosso paraíso celestial?

Messias respondeu: As leis de Deus serão dadas ao conhecimento do homem, pois eu os lhe ensinarei. Entre os homens haverá alguns a quem eu me revelarei, e grandes poder darei a esses profetas, para que as suas palavras possam atingir a Terra inteira.

Então Uriel veio para a Terra, e a história do homem foi escrito com sangue, sofrimento, ódio e guerra. Mas para os homens escolhidos veio Messias, dizendo: Através de Deus toda a miséria será extinta e todos os homens que se curvam a Deus conhecerão as bênçãos do Céu. Pois eis que eu desço entre os homens e lhes mostro os caminhos do Senhor Deus.

Eu ouvi estas palavras pois fui colocado por Satanás para assistir o que ocorria no Céu. E levei-as a Satanás, que voltou em grande ira, foi até Gabriel na barreira entre o Inferno e o Céu, e disse que entregasse esta mensagem para Messias que, assim como ele se esforçou para perverter o seu presente para a maldição do homem, então eu o aviso que o homem o destruírá na Terra e assim será finalmente o fim do próprio Céu. Pois Messias não conhece a força contra a qual esta concorrendo e as leis de Deus serão um dia meros joguetes nas mãos da criatura que agora ele humilha.

E, assim, foi decidido um encontro ente Satanás e Messias na Terra para determinar o futuro do homem.

 

Quer publicar seu texto no Morte Súbita inc? Envie para nós.

Conteúdo relacionado