Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Satanismo Livros Satânicos Naos Cantos Esotéricos

Cantos Esotéricos


NAOS, Order of Nine Angles

Canto esotérico pode ser dividido (tanto quanto a ‘Tradição Sombria’ é conhecida) em duas partes: vibração de nomes e canto ‘Sagrado’ ou magicko. O primeiro tipo requer menos habilidade e é a forma mais frequentemente usada em ritual – por exemplo, para criar ou ‘atrair’ um força em particular ou entidade em um trabalho magicko. O segundo tipo requer alguma habilidade musical ou treino desde que modo e tempo são importantes.

Vibração


Vibração implica que cada parte da palavra a ser usada, (sozinha ou como parte de um texto ou chave) é ressonada profundamente e isso requer que pessoa esteja em pé e o ‘plexo solar’ é para ser usado para gerar a respiração profunda requerida, a boca atuando como uma cavidade ressonante. A vibração deve ser tal que ela é sentida no corpo inteiro – uma vibração não é um berro ou grito mas uma concentração prolongada de energia de som.


Por exemplo, para vibrar a palavra ‘Satan’. Respire profundamente e soe ‘Sa’, pela duração daquela respiração (não menos que vinte segundos) tentando manter o mesmo nível de intensidade enquanto a respiração perde a força – então inale rapidamente e vibre ’-tan’ enquanto exalando da mesma maneira que antes. Pratica aumentará a extensão de cada parte a ser acrescentada. Para obter a ‘profundidade’ ou poder requerido, tente projetar o som a frente de você a um ponto pelo menos a três metros longe.


A essência da vibração é controle do som – ele deve ser tão uniforme quanto possível e o mesmo em todas as partes da palavra ou frase. Com pratica, o tom relativo de vibração pode ser alterado, ainda que isso não é importante enquanto produzindo uma vibração poderosa desde que a maioria das vibrações magickas requerem poder antes que astúcia em tom. Certas chaves musicais são associadas com certos tipos de força magicka (por exemplo, a chave de E menor é associada com indulgência ‘Satanica’) e experiência mostrará qual chave é apropriada para a força requerida.


As ‘Chaves Enochianas’ provêem um bom exemplo de vibração usada em um sentido magicko – considere a Terceira Chave: Nicma Goho Piad zir... ‘Nicma’ é vibrado como ‘Mic-‘ seguido por ‘ma’, cada parte por pelo menos vinte segundos. ‘Goho’ é ‘go-‘ e ‘ho’ pela mesma extensão de tempo, ‘zir’ é um som e outros. Assim será visto que a vibração de uma chave Enochiana requer inteiramente um esforço, e vibração correta produz na pessoa (parcialmente por causa disso) um estado alterado de consciência tão bem como produzindo resultados magickos e afetando outros indivíduos que podem estar presentes.


Cada individuo possui o que pode ser chamado uma ‘marca de vibração’ ou chave única para qual o som produzido é mais efetivo por eles em níveis pessoais e magickos, e essa marca pode e deve ser descoberta por pratica. A maioria das mulheres naturalmente produzirão vibração de um tom relativo mais alto que homens e suas vibrações podem algumas vezes ser muito perigosas, enquanto alguns homens podem produzir vibrações que são perturbadoras para certos indivíduos.


Aqueles que desejam dominar a arte de vibração magicka devem praticar regularmente, particularmente dentro de grandes construções ressonantes, gradualmente aumentando sua habilidade de controle de respiração e o poder do som. Corretamente usadas, vibrações curtas podem assustar pessoas e fazer elas imóveis por alguns segundos. Em certas circunstancias, uma poderosa vibração pode matar.


Quer publicar seu texto no Morte Súbita inc? Envie para nós.