Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Satanismo Livros Satânicos Naos Tradição Esotérica

Tradição Esotérica


NAOS, Order of Nine Angles



Abismo:


Um dos ‘segredos’ do Abismo é contido na seguinte cota de um ‘texto Alquímico’:

“O segredo do Magus/Mousa que está além do Grau de Magister Templi/Senhora da Terra é uma simples união de duas coisas comuns. Essa unidade é maior que, mas construída sobre o pelicano duplo sendo interior ainda que como o estágio do Sol, exterior ainda que em menor grau. Aqui está a água viva, AZOTH, a qual cai sobre a Terra nutrindo-a, e da qual as sementes ornam com flores que brilham mais que o sol. A flor, propriamente preparada, rasga o Paraíso – ela é o grande elixir que vem disso o qual quando criado dentro do corpo dissolve Sol e Luna trazendo exaltação. Qualquer um que crie esse elixir viverá imortal entre as estrelas ardentes...” Esse segredo é contido em vários dos textos alquímicos medievais: do pelicano duplo vem Azoth. A ‘semente’ deve ser regada por essa água viva – disso, dadas certas condições de preparação (i.e. nutrimento) as sementes ornam com flores. A semente, note, é regada na Terra. Dessa flor, o elixir final é preparado.

Textos Alquímicos:

Aqueles que têm se tornado públicos durante os séculos caem em três grupos. Ao primeiro pertencem aqueles que o simbolismo básico (dos estágios alquímicos,  processos e outros) é basicamente septenario; o segundo grupo contém aqueles baseados em outro simbolismo (às vezes doze, às vezes dez, quatorze); enquanto o terceiro grupo não contém sistema ‘numérico’ para classificação ou uma mistura de vários. (Para alusões mais antigas ao Septenario veja os trabalhos de Robert Fludd). Deve ser obvio que aqueles merecedores de estudo sério pertencem ao primeiro grupo.

Tarot:

O simbolismo das cartas são representações de formas arquétipas – assim os sete arquétipos básicos (q.v. As sete esferas e suas correspondências) são representadas em suas formas triplas:

Essas formas os ‘Arcanos Maiores’ e descrevem, em um nível, os caminhos. Esses são basicamente as ‘imagens/papéis’ que inconscientemente e conscientemente afetam a psique individual – de dentro, e fora. Muito frequentemente, essas imagens/papéis são projetadas, inconscientemente, sobre outros indivíduos – isto é, outros são ‘classificados’ de acordo com aqueles tipos. (Isso é particularmente verdade no ‘sexo oposto’ onde energias sexuais estão envolvidas: por exemplo, um homem pode ver uma mulher que atrai ele (seu ‘anima’) no ‘papel’ de Sumo Sacerdotisa, ou Senhora da Terra ou A Estrela). As cartas são meios para explorar esses aspectos de cada individuo – habilitando (por trabalhos com as esferas e caminhos – quando feito solo e com companhia) uma ‘retirada das projeções’ e consequentemente um entendimento da essência: i.e. uma apreciação das energias fundamentais como essas energias são, sem a distorção do ‘ego’. No sentido simbólico, isso é o inicio da Adeptidade (ou a  ‘individualização’ Jungiana).

Os quatro ‘Naipes’ são basicamente representações da ‘auto-imagem’ (simbolicamente, o estágio além do ‘ego’: representado pelos Arcanos Maiores). Em termos de desenvolvimento de consciência – i.e. o caminho septenario - as ‘figuras das cartas’ dos Naipes representam os papéis frequentemente assumidos pelo Adepto (ou em outro sentido, a energia que ‘possui’ o individuo que tem alcançado esse estágio).

As forças/energias apropriadas ao wyrd individual seriam outra descrição. Em termos do Septenario, os Arcanos Maiores se relacionam com as esferas da Lua e Mercúrio (o Inconsciente, e o Inconsciente tornando-se consciente – tão bem quanto o Inconsciente possuindo o individuo: essas são as esferas do ‘ego’): as Figuras das cartas para os próximos quatro estágios de Vênus para Júpiter ( i.e. elas representam as energias simbolizadas por essas esferas). Para o individuo passando por treino magicko, essas energias são manifestas após o rito de Adepto Externo: eles experimentam, e entendimento consciente, marca o progresso de Noviço a Adepto completo (i.e. Adepto Interno). Colocando simplesmente, isso significa que ainda que o Adepto Externo possa (e certamente deveria) ter entendido conscientemente as imagens/papéis dos Arcanos Maiores (i.e. estar no caminho para ‘self’) através de retirada de projeções (etc.) ele/ela ainda é afetado pelas energias representadas pelos ‘papéis/imagens’ das Figuras das cartas (outr vez, essa influencia é ainda parcialmente inconsciente ainda que muitos Adeptos Externos não compreendam isso). A integração desses aspectos leva à Adeptidade próspera.

Esotéricamente, cada carta (imagem/papel/arquétipo) variará de individuo para individuo ainda que sempre seja a mesma forma externa. Assim, alguns detalhes podem não serem os mesmos. O que é importante é que a imagem estática (como por exemplo, em uma versão ‘publicada’ das cartas do Tarot desenhadas por um artista) retrata a essência – a essência ‘numinosa’ ou ‘mística’ – isso sendo manifesto em certo simbolismo (para tal veja as descrições da Ordem das cartas). Tais representações estáticas nunca podem ser perfeitas – desde que as imagens possuem vida, e vida é um estado de fluxo. O que tal representação estática pode fazer (dependendo da habilidade artística do artista e sua ‘intuição’ e entendimento magicko) é aproximar ou tentar e aproximar a ‘descrição’ perfeita. Dependendo disso, versões estáticas (como nos baralhos do Tarot) podem ou não ‘trabalhar’ como instrumentos para abrir os caminhos internos. Em essência: uma imagem estática deve transmitir o simbolismo necessário de um modo inspirador.

Jogo Estelar:

Em um nível individual, o Jogo Estelar Septenario representa em símbolos abstratos, as formas arquétipas das esferas e os caminhos – em seus aspectos causais e acausais. Isso habilita a compreensão das energias apropriadas como essas energias são: i.e. em sua essência ‘caótica’ (desatadas da ilusão de ‘opostos’ – opostos implícitos em toda linguagem e ‘palavras’/nomes). Essa compreensão é uma das metas fundamentais do Adepto Interno.


Quer publicar seu texto no Morte Súbita inc? Envie para nós.