Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Satanismo Livros Satânicos O Livro Negro de Satã I Casamento Satânico

Casamento Satânico


Livro Negro de Satã - I

Esta é a cerimônia de casamento Satânica tradicional.O

Local:

Templo - ou área ao ar livre dentro do círculo de nove pedras.

Participantes:

Mestre - batas purpúreas
Senhora da Terra - batas de viridianas
A Sacerdotisa e Padre - vestes negras
Congregação - vestes negras
(Os que estão casando devem usar batas carmesins)

Preparação:

Altar é cobriu com pano preto no qual é bordado o sigilo da Árvore de Wyrd com os caminhos conectados. Velas purpúreas serão usadas. Cálices prateados cheios de vinho. Tigela prateada no altar que contém líquido inflamável. Pedaço pequeno de pergaminho. Faca afiada. Dois anéis de prata, contanto que os que irão casar comprem. Incenso de cinza deve ser queimado.

A Cerimônia

Todos da congregação ajuntam se no Templo: o Mestre da Terra e a Senhora da Terra se levantam ante do altar com o Padre e Sacerdotisa ao seus lados. Quando tudo estiver pronto, o Mestre soa o Sino do Templo Nove vezes dando início a cerimônia, e o Guardião conduz os cobiçoso a se casar no Templo onde eles ficarão ante o altar.

O Mestre e Senhora da Terra saudam ambos com um beijo e dizem:

Nós, Mestre e Senhora do Templo Saudamos a vós.

A Sacerdotisa e o Padre entoam junto ' Agios o Satanas Agios o Satanas! ' Este Cântico é repetido pela congregação. Depois disso, o Mestre diz:

Nós estamos aqui reunidos para unir em juramento por nossa magicka sinistra este homem e esta mulher. Junto eles serão como sancturio interno de nossos deuses!

A Senhora da Terra se vira à congregação e diz:

A eles que entram nos nomes de nossos deuses! Nós falamos os nomes proibidos! Agios o Baphomet!

Congregação:

Agios o Baphomet

Senhora da Terra

Agios o Atazoth!

Congregação:

Agios o Atazoth

Senhora da Terra:

Agios o Satanas!

Congregação:

Agios o Satanas!

O Mestre se vira para o noivo e diz:

Você, conhecido neste mundo como (ele declara o Moto do esposo) concorda se casar com esta senhora....... (ele declara o Moto da Senhora) conhecido neste mundo como....... (ele declara o nome da senhora) de acordo com os preceitos de nosso Templo e para a glória de nosso Senhor Satan?

Esposo:

Sim.

O Mestre diz à senhora:

Você, conhecida neste mundo como (ele declara o Moto da esposa) concorda se casar com este senhor........ (ele declara o Moto do Senhor) conhecido neste mundo como....... (ele declara o nome do senhor) de acordo com os preceitos de nosso Templo e para a glória de nosso Senhor Satan?

Esposa:

Sim.

Mestre:

Então dê como um sinal de seu penhor, estes anéis.

A Senhora da Terra leva os anéis prateados do altar e o esposo e a esposa dele os colocam nos dedos um na mão esquerda do outro. A Senhora da Terra se vira à congregação e diz:

Assim em juramento magicko eles estão unidos.

O Mestre eleva os braços dele e diz:

Vejam! Ouçam! E Saibam que que seja entre vocês ou entre outros e entre qualquer pessoa ou lugar, que mesmo estando longe e separados pelo mundo um não deve trair o outro ou então esta pessoa será amaldiçoada por nossa magicka para morrer em morte miserável, assim como a parte que colaborar para a traição! Ouça minhas palavras atenda a! Todos do Templo, escutai! Todos do Templo, vei! Pela mágicka e pela glória de nosso senhor o Príncipe da Escuridão! E que todos os deuses escuros estejam presentes para testemunhar este rito!

A Senhora da Terra eleva a faca e a abre o pergaminho e o esposo e a esposa devem ofercer as mãos esquerdas . Ela corta os dedos polegares rapidamente, e gotas de sangue devem ser imprensas sobre o pergaminho e então os dois dedos polegares de unem junto em laço de sangue. Ela aperta o dedo polegar do esposo contra a fronte da esposa, e então o dedo polegar da esposa sobre a fornte do esposo, marcando ambos em sangue. O pergaminho é lançado na tigela prateada.

A declaração seguinte é lida então primeiro pela esposa e então pelo esposo. Esta declaração normalmente é escrita em um cartão que é mantido no altar e é dado à senhora pelo Padre mas imediatamente antes disso a Sacerdotisa acende o líquido na tigela:

Esse filo captum palchritudinis suae, et nil amplius desiderare, quam ejus amplexu frui: et omen concubitum - ex commixtione hominis cum Diabolo et Baphomet aliquoties nascuntur hominis, et tali modo nasciturum esse Anti-Nazarenus

Depois disto o esposo deve ler , depois Padre pega o cartão e o recoloca no altar enquanto o a senhora da Terra avança beijando primeiro a esposa e depois o esposo. O Mestre faz igualmente mas primeiro no esposo e depois diz:

Eu os declaro casados!

Toda a congregação então sauda o esposo e a esposa O Padre e a Sacerdotisa distribuem os cálices que devem ser esvaziados. Um banquete normalmente segue a cerimônia.

NOTA: A Qualquer hora um dos lados pode terminar o relacionamento colocando o seu anel no *** e informando o Mestre ou a Senhora que irá anunciar a decisão na próxima reunião do Templo.

________________________________________________________________

Figura Atu II

________________________________________________________________

VIII - O Rito de Iniciação

Introdução:

O candidato normalmente é indicado por um menbro já iniciado, e este sócio acompanha o candidato no teste de fidelidade que o Mestre ou a Senhora do Templo especificar. O candidato também sofre um teste de conhecimento (relativo ao que ele ou ela aprendeu dos ensinamnetos do Templo durante os seis-mêses preparatórios) e um teste de coragem.

O texto dado abaixo é para um candidato masculino: para um candidato fêmea, o texto deveria ser alterado nos lugares apropriados.

Participantes:

Mestre do Templo - em bata escarlate
Senhora da Terra - batas escarlates sexualmente atraentes
Sacerdotisa - nua, no altar (se o candidato for masculino)
Padre - nú, no altar (se o candidato for fêmea)
Guardião do Templo - vestido de negro e usando uma máscara na face
Congregação - roupas negras

Preparação:

O candidato provê uma veste negra nova, projetada de acordo com os preceitos do Templo. Isto é dado ao Mestre antes do ritual e colocado no altar. O candidato assiste o ritual em um artigo de vestuário marrom grosso que possa ser removido facilmente.

Os objetos usados no ritual devem ser adquiridos depois do pôr-do-sol. Um frasco pequeno que contém um óleo aroomatizado é colocado no altar. Velas pretas são usados, incenso da Lua queimado (petriochor, se disponível, caso contrário castanho). Algum simbolismo apropriado à Lua também deveria estar presente - por exemplo cristais de quartzo. Cálices cheio de forte vinho.
A congregação se ajunta no Templo com o Mestre e Senhora da Terra. Os Guardiõs ficam perto da entrada de Templo. O candidato é vendado e é conduzido no Templo pelo patrocinador para não saber sua localizasão ..

O Rito

O Mestre sauda o candidato e diz:

Você o sem nome veio aqui para receber aquela iniciação dada a todos que desejam a grandeza de nossos deuses sinistros!

O Mestre beija a Senhora da Terra que beija o Padre-Altar [ou Sacerdotisa]. O Mestre diz então:

Você o sem nome veio se dar a nós e sua indagação:
Lacrar com um juramento sinistro as convicções e práticas desse templo de Satanás.

O Mestre vira à congregação, faz o sinal do pentagram invertido em direção e eles com a mão esquerda dele, e diz:

Eu o saudo a todos em nome de nosso Príncipe. Deixe as legiões dele virem testemunhar isto, nosso rito Satânico! Veni omnipotens aeterne diabolus!

A congregação repete o Cânticos `Veni ' depois do qual a Senhora da Terra diz:

Dance, eu o ordeno! E com a batida de seus pés
Eleve as legiões de nosso Senhor e os Deuses Escuros que assistem esse ritual!

A congregação agora dança, e canta o Diabolus . Enquanto eles dançam que o Mestre eleva um cálice e diz:

Você o sem nome veio quebrar as correntes que o prendem!

A Senhora da Terra remove o artigo de vestuário do candidato que fica nú. O Mestre se aproxima, põe o cálice em seus labios e diz: ' Beba! ' O candidato bebe o vinho. A congregação continua a dançar e cantar até que a Senhora da Terra eleva os braços dela como um sinal para que eles parem. Ela diz então:

Juntense em círculo, minhas crianças, e sintam a carne de nosso presente!

O círculo envolve o candidato o cobre com as mãos dos participantes em cima de todos seu corpo. Enquanto eles fazem isto e riem, o Mestre canta o ' Veni' em vários tempos. A Senhora da Terra bate palmas duas vezes a congregação para e se afasta. Ela beija o candidato [se macho ou fêmea] e diz:

Nós regozijamos que você veio nos semear com seu sangue e presentes.

Nós, a família do Caos, damos boas-vindas, agora sem nome. Você é o enigma e eu a resposta de sua indagação. Nós, os amaldiçoamos, e damos boas-vindas a aquele que ousou desafiar. No princípio havia sacrifício mas agora nós temos palavras que podem o ligar você por todo o tempo em nós. No início - nós eramos . Em sua indagação - nós somos. Antes de você - nós existimos. Depois de você - nós ainda existiremos . Antes de nós - Eles nunca foram nomeados . Depois de nós - Eles somente esperarão. E você por este Rito será um de nós. Nós usamos os trajes negros pois essa é a cor desse mundo que chamamos de Terra.

O Mestre se levanta ante ao candidato e diz:

Você aceita a lei como decretada por nós?

O candidato [R] responde:

Sim.

Mestre:

Você se liga com palavra, ação e pensamento, em nós a Semente de Satanás sem medo algum?

R:

Sim

Mestre:

Você afirma na presença deste ajuntamento que eu sou seu Mestre é e que ela que está ante você é sua Senhora?

R:

Sim.

Mestre:

Então sua palavra , sua vontade! Veja! Ouça! Conheça!

O Mestre aponta ao candidato e a congregação se junta ao seu redor e o toca novamente. Depois disto, a Senhora da Terra remove a venda dele. O Mestre diz ao candidato:

Você renuncia o Nazareno Yeshua o decaido, e todos os seus trabalhos?

R:

Eu renuncio Yeshua o enganador e todos os seus trabalhos.

Mestre:

Você afirma Satan?

R:

Eu afirmo o Satan.

Mestre:

Satan cujo a palavra é Caos?

R:

Satan cuja a palavra é Caos.

Mestre:

Então quebre este símbolo que nós detestamos.

A Senhora dá para o candidato uma cruz de madeira adequadamente suja que o candidato quebra lançando ao solo.

Mestre:

Agora receba como um símbolo e sinal de seu novo desejo .
De seu juramento a este sigilo de Satanás. Este poder que eu como Mestre esgrimo e sempre será uma parte de Você - um símbolo para esses que podem ver e o Marca de nosso Príncipe.

A senhora da Terra dá o frasco de óleo ao Mestre que localiza o sinal do pentagram invertido na fronte do candidato e vibra enquanto faz isso o nome que o candidato escolheu. A Senhora da Terra está então atrás do candidato e desenha com o dedo indicador esquerdo dela, o sigilo do Templo nas costas do candidato, cantando ' Agios o Satanas'. Se o Templo não possue sigilo , ela desenha o pentagram invertido. Se o candidato é masculino, ela agora o beija na fronte, então nos lábios, no tórax e no pênis. Se o candidato é fêmea, ela a beija na frente, em cada peito, e na pubis. Ela agora bate as mãos uma vez e este é o sinal para o Guardião avançar. Feito isso ela diz ao candidato:

Agora você deve ser ensinado com a nossa sabedoria!

O Guardião prende o candidato e com sua arma força ele a se ajoelhar ante a Senhora da Terra, que ri e diz para a consagração:

Veja, tudo que você recolheu de meu Templo: aqui é que ele pensou
Ele soube nosso segredo - e ele o admirou secretamente , mas vejam como nossa força o supera!

A Congregação ri enquanto o Mestre poe a venda no candidato novamente. O Guardião então amarra as mãos do candidato com corda. A Senhora da Terra então sussurra para o candidato, dizendo:

Agora, mantenha o seu silêncio e por máximo!

A congregação e a licença Guardiã o Templo.

O Mestre tem uma relação sexual então com a Sacerdotisa no altar [ou se o candidato é fêmea, A Senhora da Terra tem uma relação com o Padre]. Em ambas as versões, esta tarefa pode ser delegada a uma membra da congregação, escolhida antes do ritual pelo Mestre ou Senhora. O sócio masculino ou fêminino permanece no Templo enquando a congregação parte.

Depois do ato, a Sacerdotisa [ou Padre] é ajudado a sair do altar, e o Mestre e a Senhora [ ou se presente a socia escolhida para executar no lugar deles] deixam o Templo. A Sacerdotisa [ou Padre] então se aproxima , dizendo:

Receba de mim e por mim o presente de sua Iniciação
Assim foi, e assim é, e assim deve ser novamente.

Ela então remove a venda do candidato e a relação sexual acontece. Depois disso , a Sacerdotisa [ou Padre] vai buscar a bata negra do altar e veste o candidato. Ela [ou ele] então brevemente sai do Templo para anunciar a todos a congregação ' Está acabado de acordo com nossos desejos! Todos então retornam para o Templo, e cada um sauda o novo Iniciado com um beijo. Os cálices são dados , e os sócios erguem em saudação conforme desejarem.

NOTAS: Para o ritual de Iniciação, a Sacerdotisa presisa estar a favor do prazer do coito sexual que ela poderá praticar, o Guardião não deve usar de verdadeira dor fisica, [a não ser em casos de extrema emergência]. Se possível, os candidatos não deveriam saber nenhum detalhe do Rito de Iniciação - i.e. eles não deveriam saber o que esperar. Por isto, os sócios do Templo deveriam fazer um voto de silêncio relativo ao Rito e deveriam prometer não revelar seus detalhes a não-membros e candidatos, essa é uma das razões pelas quais , o 'Livro Negro' nunca deve ser revelado aos não-iniciados.


Quer publicar seu texto no Morte Súbita inc? Envie para nós.