Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Satanismo Livros Satânicos Satanismo Tradicional, Nacional Socialismo e o Aeon Faustiano Universo Causal e Universo Acausal - O que significam?

Universo Causal e Universo Acausal - O que significam?


Satanismo Tradicional, Nacional-Socialismo, e o Aeon Faustiano. Alektryon Christophoros

Muitas vezes em documentos da ONA se lêem as expressões "universo causal" e "universo acausal". Implicará isto que na ONA se acredita em outro(s) universo(s) igual(is) a este? Antes de responder a esta pergunta, seria melhor eu esclarecer o que significam essas duas expressões, dentro do contexto do Satanismo Tradicional. No Satanismo Tradicional a Árvore de Wyrd é usada com variados propósitos e pode simbolizar várias coisas. Uma das coisas que ela representa é a nossa Mente, que possui uma parte Causal (isto é, lógica, linear, e limitada pelas noções de "bem" e "mal", "correcto" e "errado"), e outra parte Acausal (verdadeiramente sinistra e caótica, porque foge a todos os limites impostos pela consciência mundana/causal).

Assim, muitas pessoas têm a tendência a comparar a realidade Acausal com uma coisa "maligna" ou "diabólica" - o Homem sempre temeu aquilo que não compreende, ou que se situa para além de si próprio.

No entanto, no âmbito do Satanismo Tradicional as expressões "causal" e "acausal" também podem ser usadas como sinónimos de duas partes do Universo visível e invisível, ou até como dois Universos opostos. Mente = Universo.

A realidade causal/mundana é representada na Árvore de Wyrd pelas 4 esferas inferiores: Lua (Nox), Mercúrio (Lucifer), Vénus (Hriliu) e Sol (Lux). Já a realidade acausal/sinistra é obviamente representada pelas 3 esferas superiores: Marte (Azif), Júpiter (Azoth) e Saturno (Chaos). Aquilo que as une e separa é o chamado "ABISMO", entre as esferas do Sol (IV°) e de Marte (V°). Este Abismo é o ponto onde o Iniciado Satânico sacrifica tudo aquilo que ele pensava que era (o seu ego e a sua mente racional e civilizada) e renasce para o seu "Eu Acausal", despertando em si próprio as forças negras e selvagens conhecidas como os Deuses Obscuros e tornando-se Uno com elas. No caso do Iniciado não estar preparado para "ultrapassar o Abismo", ele poderá ficar louco ou até mesmo morrer (em casos extremos), uma vez que não se conseguiu desligar do seu "Eu Causal" e tomou contacto com Forças que se mostraram demasiado poderosas e sinistras na sua vida. Uma experiência semelhante acontece na travessia do Abismo da Árvore da Vida situado na esfera oculta Daath, em que há um confronto com o Demónio-Opositor Choronzon (o Guardião do 10º Aethyr ZAX).

Da mesma forma que podemos fazer este paralelo com a Mente humana, também podemos dizer que na nossa "realidade" o Abismo consiste em pontos em que dois Universos se tocam: o nosso Universo, linear e palpável, e o "outro" Universo sinistro. Assim, nesta segunda hipótese, o objectivo do Iniciado Satânico seria trazer os Deuses Obscuros de volta à Terra, abrindo um 'nexion' ou passagem através de rituais específicos. Segundo a Tradição Sinistra, alguns destes "Portais Estelares" situam-se perto das estrelas Algol, Dabih e Naos, havendo também um no nosso Sistema Solar, perto do planeta Saturno.

Se os Deuses Obscuros devem ser vistos como entidades reais que vivem noutro Universo, ou como factores  desconhecidos e temíveis na Mente humana, isso caberá ao próprio Iniciado decidir, depois de ele ter ultrapassado a fase crítica de máxima purificação que é o Abismo. Não existem leis indiscutíveis no Satanismo Tradicional, nem mestres nem alunos. Cada praticante deve trabalhar por si próprio.


Quer publicar seu texto no Morte Súbita inc? Envie para nós.