Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Satanismo Textos Satânicos O Pai da Mentira

O Pai da Mentira


Por Maleficence

universe.jpgAs hostes "divinas" tem se referido ao Diabo com o epíteto de O Pai da Mentira, acusando-o de mentiroso e caluniador, uma vez que se tornou o "adversário" do sistema constituído, seja na capa da religião, seja na capa da política, seja em qualquer sistema que pretenda dominar o bicho homem. Se há uma ordem prepotente constituída, as chamas infernais estarão sempre prontas a devorá-la.

No entanto, tudo deve ser questionado e muitas vezes reformulado.
Por que o Diabo seria O Pai da Mentira?

O Diabo pode ser considerado o Pai da Mentira pela simples e espantosa razão de que uma verdade absoluta não passa de uma mentira. Mesmo essa minha afirmação já se torna contraditória. Se eu afirmo que não existe uma verdade absoluta e estiver correto, então acabo de criar um paradoxo, pois ao menos uma afirmação já seria uma verdade.

Ocorre que, ao postular uma verdade, ela já nasce eivada de mentira. Em algum momento no futuro precisará ser reformulada, caso contrário não haverá nenhum progresso, seja em que seara for. Por exemplo, todo o avanço científico vem ocorrendo sob a inspiração do Diabo afrontando os dogmas religiosos. É sabido e notório que Cristóvão Colombo compareceu ao Tribunal da Inquisição para explicar como ele pretendia dar a volta ao Mundo e não cair no abismo.

A Terra foi considerada plana e o centro do universo, pelos "sábios" ensinamentos bíblicos. A ciência aceitava tranqüilamente a teoria da "geração espontânea", que não tinha o mínimo embasamento e foi definitivamente descartada.

O Diabo vem desmontando os dogmas religiosos e os axiomas científicos através dos milênios. No tocante à religião, cada vez mais os dogmas são afrontados e se tornam risíveis, pois nunca são reformulados, dada a arrogância dos acólitos da "luz branca", ao afirmar que uma "verdade revelada" jamais pode ser colocada sob investigação ou debate. A afronta a apenas um dogma religioso é um grande pecado.

Com a ciência é diferente. A ciência chega até determinado ponto, empaca e simplesmente reformula o seu axioma, de modo a se adaptar a novas circunstâncias. Assim aconteceu com o princípio da inércia, em Aristóteles significava um "corpo em repouso", depois mudou-se o paradigma para englobar também um "corpo em movimento uniforme" (velocidade constante). Aconteceu também com a Geometria Euclidiana, ao reformular o postulado de que "por um ponto exterior a uma reta dada passa apenas uma reta paralela", criou-se a Geometria de Lobachevsky, também conhecida como Geometria Hiperbólica, que, diga-se de passagem, não invalidou o conhecimento anterior, mas deu um avanço científico substancial.

Destarte, a ciência possui o que se denomina uma "humildade satânica", que não se trata daquela submissão idiota tão conhecida, mas sim o reconhecimento de uma verdade mais adequada ao meio a ser empregada e simplesmente usá-la, por ser de bom alvitre. Nesse sentido, pode-se chamar o Diabo de O Pai da Mentira, pois ele é o grande provocador de toda e qualquer antinomia e o mestre de todos os debates.

Louvado seja Satan!


Quer publicar seu texto no Morte Súbita inc? Envie para nós.