Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Sinfonias Música e Ocultismo Os 100 álbuns satânicos mais importantes da história Blessed are the Sick, Morbid Angel

Blessed are the Sick, Morbid Angel


Nº 56 - Os 100 álbuns satânicos mais importantes da história

Blessed are the SickO Morbid Angel ficará para sempre soando nos ouvidos de Satan como uma banda que conseguiu ser crítica em relação a religião sem ser óbvia nem pedante destoando com estilo da grande maioria de metaleiros que viviam de plagiar o Venom e o Black Sabbath.

Seu álbum Altars of Madness de 1989 foi o primeiro a abandonar a fixação do death metal a começar a substituir a simples agressão sangrenta por uma postura abertamente satânica.  Muitas das músicas de Altars of Madness  estão repletas de referências a magia negra, cânticos sinistros e orações tenebrosas. Covenant é outra obra prima: da arte da capa até o vídeo de God of Emptiness (reproduz um antigo ritual católico em que sacerdotes invocam santos para práticas de bruxaria).

Mas o destaque fica para Blessed are the Sick, lançado em 1991 e digno de nota por conter em suas letras além das referências demoníacas medievais também referências a nomes estranhos como Yog Sothoth e Shub Niggurath – criaturas dos mitos de Cthuhu reveladas por H.P. Lovecraft. Com o amadurecimento da banda ficou  claro que muito da perspectiva satânica  deles é derivada diretamente do Necronomicon, o livro maldito tido como a verdadeira Bíblia do Mal por alguns e como farsa literária por outros mas ainda assim a fonte predileta de inpirações e rituais macabros de quase todos os adeptos da magia do caos com tendência satânicas.

Unholy Blasphemies

Rise through the gate, Iak Sakkath

From depths beyond the sky

The realm of evil gods

Painful... They eat your mind

 

Evil undisguised

Breathe in pain

Blackened souls remain

 

Ghouls who pray the death of god

Destroy Jehovah's church

Vomit upon the cross

And burn the book of lies

 

Yog sothoth evil one

Come forth and taste the blood

Infant entrails

Are hung upon the twisted cross

Tradução e Unholy Blasphemies
(Blasfémias Profanas)



Erga-se pelo portão Iak Sakkath

Dos abismos além do céu

O reino dos deuses do mal

Dolorido... eles comem nossa mente

Mal sem disfarce

Respiração em dor

As almas permanecem enegrecidas

Ghouls que oram a morte de deus

Destruam a igreja de Joehovah

Vomitem sobre a cruz

E queimem seu livro de mentiras

Yog sothoth, o perverso

Venha e prove do sangue

das entranhas da criança

penduradas na pervetida cruz



Quer publicar seu texto no Morte Súbita inc? Envie para nós.