Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Sinfonias Música e Ocultismo Os 100 álbuns satânicos mais importantes da história The Black Parade, My Chemical Romance

The Black Parade, My Chemical Romance


Nº 40 - Os 100 álbuns satânicos mais importantes da história

 

The-Black-ParadeSeus dentes doem? Arranquê-os fora. Essa sem dúvida não é uma postura satânica, pois você poderá se livrar da dor mas perderá também para sempre o seu sorriso.

Um dos pontos chaves para se entender o satanismo, qualquer que seja sua vertente é a plena aceitação da condição humana. Não entenda plena aceitação como sinônimo do conformismo, mas como antônimo de escapismo num sentido idêntido ao Amor Fati nietzschiniano. Ou seja, o amor guerreiro mesmo pelas partes da vida que não gostamos. A tristeza, a dor e a morte são tão reais quanto a alegria o prazer e o sexo. Negá-los como faz por costume os seguidores das religiões da mão direita é negar a si mesmo e trocar a sabedoria pura por uma auto-ilusão hipócrita, como consta nas declarações Satânicas.

No Satanomicon, Lord Ahriman ensina esse valioso princípio: "A Sombra é sua inimiga se você a rejeita. Se você a aceita, ela se torna sua aliada. Se você está triste, saiba que a tristeza é uma tremenda energia inspirativa. Use-a para escrever poesias ou pintar quadros. Solte toda esta agonia do êxtase que jaz dentro de si. (...) Se você reprime as suas próprias emoções, elas se voltam contra você! A natureza sempre se vinga, esta é uma das suas leis."

The Black Parade (2006) foi considerado uns dos álbuns mais depressivos do grupo My Chemical Romance e da própria história do rock, mas isso apenas para ouvidos pouco atentos. Na verdade este poderia ser considerado uma  verdadeira aula de alquimia negra. Um tratado sobre como lidar com os piores lados da vida e de nós mesmos. Sim, o cancêr mata, amores terminam e o homem é o lobo do homem. Mas deveriamos negar a realidade porque ela é dura e uma negação ilusória ou uma mentira utópicas? Não na opinião de Gerard Way.

Acusado de incentivar o suicídio de Hanna Bond, uma menina de 13 anos, o vocalista publicou no site do grupo sua resposta: "Como banda nós sempre tivemos como uma de nossas missões promover meio de nossos atos conforto, suporte e encorajamento aos nossos fãs. A mensagem e tema de nosso álbum "The Black Parade" é esperança e coragem. Nossas letras são sobre encontrar forças para sobreviver às dores e momentos difíceis. A última música do álbum é clara: "I am not afraid to keep on living", "Eu não tenho medo de continuar vivendo.", e este sentimento que encarna a posição da banda nas dificuldades que todos nos enfrentamos como seres humanos. Se vocês ou qualquer pessoa que conheçam tem sentimentos depressivos ou suicidadas, nós clamamos que você encontre sua maneira e sua voz para lidar com estes sentimentos de uma maneira positiva."

A vida é mesmo cheia de momentos cruéis e assustadores mas todos eles passam como passa uma parada militar. Este álbum lembra um princípio importante do caminho da mão esquerda de nem fugir nem se enganar, mas marchar na frente da banda sem medo e de mãos dadas com a morte.

Cancer, My Chemical Romance

Turn away
If you could get me a drink
Of water cause my lips are chapped and faded
Call my Aunt Marie
Help her gather all my things
And bury me
In all my favorite colors,
My sisters and my brothers, still,
I will not kiss you,
Cause the hardest part of this,
Is leaving you.

Now turn away,
Cause I'm awful just to see
Cause all my hair's abandoned off my body,
Oh my agony,
Know that I will never marry,
Baby, I'm just soggy from the chemo,
But counting down the days to go.
It just ain't living
And I just hope you know,

That if you say,
Good-bye today,
I'd ask you to be true,
Cause the hardest part of this,
Is leaving you...

Cause the hardest part of this,
Is leaving you...

Tradução de Cancer,
(Câncer)

Vire-se,
Se puder me dar um copo d'água
Pois meus lábios estão secos e rachados
Ligue para a tia Marie
Ajude-a a juntar minhas coisas
E enterre-me
Nas minhas cores favoritas
Minhas irmãs e meus irmãos, mesmo assim,
Não vou beijá-los
Pois a parte mais difícil disso,
É deixar vocês.

Vire-se agora,
Pois estou com uma aparência horrível
Pois meus cabelos abandonaram meu corpo,
Minha agonia,
Sei que nunca me casarei.
Querida, só estou deprimido por causa da quimioterapia
Mas já conto meus dias.

Isso não é viver.
E só espero que você saiba
Que se você dizer adeus hoje,
Peço que seja sincera,
Pois a parte mais difícil disso,
É deixar você.

Pois a parte mais difícil disso,
É deixar você.










Quer publicar seu texto no Morte Súbita inc? Envie para nós.