Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Envie seu texto
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Sinfonias Música e Ocultismo Entrevista com Ville Valo, líder do H.I.M

Entrevista com Ville Valo, líder do H.I.M


ATENÇÃO: ACOMPANHE OS COMENTÁRIOS DESTE ARTIGO SOBRE ESTA TRADUÇÃO.

Ville ValoA seguinte transcrição trata-se originalmente de uma vídeo-entrevista concedida por Ville Valo a GothicBeauty. Nela, Ville fala sobre os últimos discos da Banda e ainda faz uma análise da atual cena Gótica mundial.


Você está em uma turnê promocional certo ? 

Valo: Sim. Graças a Deus já está no fim. Eu tenho apenas duas semanas de folga desde que começamos a gravação de Venus Doom, quase um ano atrás. Fico feliz em poder voltar para minha casa e encontrar todas as minhas coisas, todos os meus livros espalhados pelo chão. Mudei de apartamento recentemente

ainda não tive tempo de arrumar as coisas no lugar certo. O lugar está todo bagunçado. 

O quê você está lendo no momento ? 

Valo: Um livro chamado "Rat Scabies and the Holy Grail." Sabe aquela banda punk dos anos 70 chamada The Damned ? Rats Scabies era o baterista dos caras. É mais ou menos um tratamento dado a Código da Vinci segundo as premissas punks.  

É muito divertido. Alguns ingleses piraram nessa loucura de encontrar o Santo Graal na França enquanto se empanturram de vinho e procuram pelo tesouro. Ótimo entretenimento para as horas intermináveis de vôo. 

Poderia descrever o novo di

co em poucas palavras ? 

Valo: Amor, Metal, De novo. Nossos conhecidos por Love Metal desde que começamos. Temos uma queda por coisas como Elvis Presley, Roy Orbinson e Chris Isaac e esse tipo de som. Mas ao mesmo tempo, nós crescemos ouvindo Kiss, então, tentamos juntar numa coisa só o melhor dos dois mundos. 

Existe alguma canção em particular em Venus Doom que te deixa mais orgulhoso? 

Valo: Estou muito contente com o disco como um todo. É provavelmente a primeira vez que todos temos a mesma sensação de que enfim conseguimos o que queríamos. "Sleepwalking Past Hope" é provavelmente a preferida de todo mundo. Em termos vocais é algo totalmente novo para mim.  

Muito interessante. Quando tratamos sobre as letras, vai levar muito tempo para que eu fique livre dos sentimentos em que foram compostas as canções. Não estava muito bem quando estava compondo este disco. Então prefiro ficar distante destes sentimentos por enquanto já que terei de passar muito tempo cantando estas coisas.  

Provavelmente pelo resto da vida. Não estou a fim de lidar com estas coisas, com estes sentimentos justo agora. Prefiro fazer coisas mais divertidas como lavar meus pratos e lavar as roupas.

A primeira demo de vocês: Witches and Other Night Fears ainda verá a luz do dia ou você já decidiu destruí-la de vez ?


Penso nisso muito frequentemente mas não tomei uma decisão. É difícil, talvez nós poderíamos masterizá-la, regravar algumas coisas, mas sinceramente eu não creio que isso possa acontecer. Éramos amadores demais, muito jovens.

Suas músicas são como seu diário particular certo ? 

Valo: Mais ou menos sim. Boa música deve ser algo incapaz de ser tratada como um mero álbum ou coisa desse tipo. Esse disco é um passo adiante em relação à Dark Light. Nosso disco anterior foi super produzido, polido, cheio de firulas, mas era aquilo que queríamos fazer. Dessa vez foi diferente; Venus Doom é mais uma porrada na cara, mais direto, mais sombrio. 

Qual a diferença entre os fãs Americanos e os fãs Europeus ? 

Valo: Eu acho que, por exemplo, quando tocamos na Escandávia as pessoas são mais reservadas. Batem palmas e acompanhas as músicas. Elas não se divertem no sentido literal da palavra. O público Americano é diferente, eles vão a loucura até deixar as cordas vocais estouradas.  

Temos tido sorte nisso. Na Grécia nosso público também age assim. Ainda é algo novo excursionar pelos EUA. Este segundo album está sendo mais bem promovido, até mais aqui do que na Europa. E pela primeira vez estarei fazendo uma turnê inteiramente sóbrio. 

Alguém na banda têm um ritual  antes de entrar no palco ? 

Valo: Fumo o máximo de cigarros possíveis. Não, basicamnte alguns caras da banda preferm jogar xadrez. O mais ridículo é quando nós convidamos os melhores enxadristas locais  para vir até nosso camarim e  então podemos jogar algumas partidas. É algo bem nerd mas nós somos meio xaropes em relação a essas coisas.  

Quanto a mim, não faço nehum tipo de merda, execto fumar bastante, e rir bastante com os outros caras. Nós somos bons meninos, não sacrificamos criancinhas ou algo do tipo. 

Quando voltar a Los Angeles pretende dar uma passada na sua amiga Kat Von D e arrumar uma outra tatoo ? 

Valo: Sim, vamos estar por LA por alguns dias. Ainda tenho algumas partes no corpo que ainda não foram tatuadas. Não a vejo desde o último verão passado. Ela têm estado muito ocupada com o programa de TV e seria ótima arrancá-la de lá e pagar um jantar pelo menos. 

Há quanto tempo vocês se conhecem ? 

Vallo: Quatro anos. Tive um contato mais direto com ela durante as gravações de Dark Light. É uma longa história. Supostamente deveríamos usar uma tatuagem como arte de capa para o disco; foi quando alguém mencionou o nome dela. Isso foi antes de o programa de TV começar. Eu a conheci no Rainbow Bar & Grill.  

Nos divertimos muito na ocasião. Ela já esteve na Finlândia duas vezes e estamos sempre juntos. Sempre que podemos. Nesse mundo todos se conhecem. É um mundo bem pequeno para falar a verdade. 

O hertagrama é um logotipo muito popular; quem vê logo se lembra do H.I.M; existe alguma banda que tenha um logotipo que teve um grande efeito em você ? 

Valo: Não há atualmente bandas que façam grande uso de símbolos. A língua dos Stones é algo bem poderoso, as máscaras que o Kiss costumava usar e lógico: o Iron Maiden. Bandas como Twisted Sister e Wasp também tiveram logotipos poderosos e fáceis de lembrar. Mas hoje em dia as bandas não dão muita importância para isso. 

Como lida nos dias de hoje com as acusações de que você pratica rituais satanistas com fãs adolescentes ? E é verdade que vocês tocarão Stigmata Diaboli nesta turnê ? A faixa fara parte do set-list habitual ? 

Isso só acontece na Escandinávia. Acho que a cultura latente do paganismo, que na verdade jamais foi substituída pelo cristianismo naquelas terras levam a isso. Não vejo isso como algo ruim, só não é verdade.  

Também não é verdade que tocaremos Stigmata Diaboli. Nunca gostei muito da atmosfera dessa música. Tem uma morbidez estranha demais, e olha que eu gosto de morbidez, mas não deste tipo. 

Tantas citações ao satanismo, símbolos, digressões, coisas diabólicas e canções tão depressivas não levam os outros a considerar o H.I.M uma banda satanista ? 

( risos ) Isso é algo que um dia será explicado devidamente, posso dizer que temos dois satanistas na banda, mas ligados ao satanismo vampírico propriamente do que ao convencional, mas isso é algo que o tempo revelara. 

A atual cena do Gothic Metal finlandês está estagnada ? 

Acho que não só na Finlândia. É um importante momento de transição que naturalmente vai passar. As pessoas estão mais preocupadas em copiar se mutuamente do que explorar novos caminhos, sabe, é difícil sair da comodidade, mas para quem está começando é importante tentar algo novo, como aquilo que fizemos, mas demorou para termos um bom resultado.  

A cena gótica da Europa depende demais da cena alemã, e neste momento ela vive uma transição complicada mas benéfica na minha opinião, é preciso renovar os line-ups de vestivais, está previsível demais. 

O Dani Filth disse que o Black Metal é uma prisão; o Gothic Rock também é ? 

Infelizmente sim. Você nunca tm uma margem de manobra muito segura, uma mudança pequena e lá vm a gritaria de fãs, imprensa. Se você muda reclamam, se segue o caminho em que já está, também reclamam. 

Se você deixasse de ser um músico hoje, o que pensaria em fazer de amanhã em diante ? 

Valo: Depois de algum tempo de folga, provavelmente eu iria trabalhar com o meu pai. Já fiz isso quando era mais jovem e tinha de pagar o aluguel. Eram tempos difíceis entre a gente e também financeiramente. Hoje as coisas estão melhores. A indústria pornográfica é um lugar legal para estar. ( gargalhadas gerais ) 

Um monte de adolescentes te adoram, te veneram; muitos deles se referem a você como um "Deus do Rock". Quando você tinha 14 anos, quem era o seu Deus do Rock ? 

Valo: Jim Morrison provavelmente. Iggy Pop também. Iggy ainda está em excelente forma apesar de todos os exageros que cometeu durante toda a sua carreira. O Black Sabbath e os caras do Kiss também foram meus deuses do Rock.  

Mas eu tinha tantos favoritos. Eu comecei a deixar crescer meus dreadlocks quando eu tinha 14 anos, era um grande fã de reagge. Tenho um monte de ídolos jamaicanos. E então começamos a banda e eu amei Peter Steele do Type-O. Eu era muito fã da Madonna nessa época. 

Você têm muitos fetiches ? 

Valo: Pra dizer a verdade não. Eu acho que é legal ser surpreendido. Então, quando estou me divertindo com alguém ou com uma de minhas ex-namoradas... Elas têm sido bem diferentes umas das outras.  

Eu acho tenho um certo fetiche por óculos. Eu acho extremamente sexy. Mas não exijo o uso deles... ( risos ) Eu não me importo desde que a pessoa tenho senso de humor e muita paciência comigo. 

Você têm algum conselho aos seus jovens fãs ? 

Valo: Uma pessoa mais velha e experiente na vida disse certa vez: "Os mais sábios são aqueles que optam por manter a boca fechada". Eu ainda sou jovem para dizer as pessoas o que é certo ou o que é errado. Leia bons livros e trate seus pais bem, é o ótimo conselho que eu posso dar. 

É um bom conselho. 

Valo: É bem conservador mas é um começo. 

Especialmente para os mais jovens. 

Valo: Para os mais velhos também. Muitas pessoas mais velhas se esquecem dos pais... mas manter a leitura é algo bastante apreciável. Muita gente confia demais na Wikipedia. Eu não troco o conhecimento humano por nada.  

O convívio e o aprendizado do dia a dia. Eu não confio no mundo digital. Dividir experiências pessoais é algo que não se consegue na internet. 

Para terminar, antes das perguntas dos fãs, como lidou com as críticas dos fãs antigos em relação a Dark Light ? 

Valo: Fizemos o que queríamos fazer. Ninguém colocou uma arma em nossa cabeça dizendo: façam um disco pop, ou, façam um disco de black metal senão vocês perderão o contrato conosco. Eu não me importo nem um pouco com as críticas. Isso não faz diferença para mim.  

Mas é sempre assim, se você ganha atenção do público americano, logo vira uma anátema na Europa e em outros lugares do mundo. Recebi centenas de e-mails e cartas de fãs irritados com nossa presença nos Estados Unidos. 

Tenho perguntas de fãs para você, que foram enviadas ao nosso site, pode responder algumas: 

Sem Problemas. 

Pergunta de Stephen G. de Ohio: É verdade que você faz exames de HIV a cada seis meses ? 

Não. Faço exames de sangue para saber se não fui infectado por algum vírus de microfone. Dividimos os mesmos em vários festivais e conheço histórias terríveis de gente que foi infectado com viroses dessa forma, o Rob Halford por exemplo. 
 

Pergunta de Alex Hart da Pensilvania: Você foi mesmo estuprado e assaltado em Minneapolis? 
 

Ainda não sei. ( risos ) Saí para beber com pessoas que tinha acabado de conhecer e acordei drogado, nu e roubado na manhã seguinte num motel de beira de estrada. Tenho hemorróidas, então não sei se essa dor veio dela ou de um estupro. 

Para finalizar, pergunta de Michelle 6/6/6 de Nevada: Você beijou mesmo o Dani Filth na boca ? 

( risos ) Foi uma brincadeira da minha namorada. Mas foi só um selinho, um french kiss. ( risos ) 

Obrigado Ville. 

Vocês são sempre bem-vindos.


Para Saber Mais

http://www.contactmusic.com/new/xmlfeed.nsf/mndwebpages/valo%20i%20dont%20know%20if%20i%20was%20raped

http://www.ultimate-guitar.com/news/upcoming_releases/cradle_of_filth_more_album_details.html

http://www.musik.terrorverlag.de/interviews.php?id=419

http://www.youtube.com/watch?v=LAyuV1XOeAA

http://www.quizilla.com/users/DrunkOnShadows/quizzes/~~~HIS%20LOVE%20IS%20A%20RAZORBLADE%20KISS~~~VILLE%20VALO~~~PART%2019~~~/ 

Tradução Paulie Hollefeld

Quer publicar seu texto no Morte Súbita inc? Envie para nós.

loading...