Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Envie seu texto
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Sinfonias Música e Ocultismo Guitar Yoga

Guitar Yoga

Guittar Yoga“Para o guitarrista sério e dedicado, aprender a tocar e dominar a guitarra representa o Caminho da Iluminação no qual não há fim. Basicamente, tocar a guitarra representa o Caminho para a Perfeição Espiritual.” – O Guia da Guitarra Espiritual

Guitar Yoga é a arte mística de tornar-se um com a guitarra. Yoga significa “união”, portanto Guitar Yoga é a experiência de unir-se com a guitarra. Não é uma invenção minha nem de ninguém. É mais um processo do que um sistema. É uma forma de meditação ativa e concentração em tocar a guitarra a ponto de tornar-se a própria guitarra, livrando-se do ego ilusório e do senso de eu. Voc

� torna-se a própria guitarra e o corpo e a mente tornam-se extensões da guitarra para criar música. Guitar Yoga é o lado espiritual de tocar guitarra. É o Caminho Espiritual do guitarrista, se ele desejar seguí-lo, mas o guitarrista não têm de estar interessado em coisas espirituais para isso. O mais mundano dos guitarristas, sem qualquer interesse espiritual, pode praticar Guitar Yoga, e de fato pratica quando é um com a sua guitarra fazendo música.

A guitarra é mais do que apenas um instrumento musical. É um símbolo vivo do Divino. (Recomenda-se O Guia da Guitarra Espiritual para maiores informações a respeito.) Ao tornar-se um com a guitarra, você torna-se um
om o Divino. Qualquer guitarrista pode praticar Guitar Yoga e unir-se com o Divino (ou, se você preferir, Deus, o Espírito, Cristo, Krishna, Buda, Horus, o Tao, Zen, e assim por diante), já que o Divino já é uno com tudo. Ele é a energia interior, o fluxo natural e verdadeira natureza de nosso ser. É o Verdadeiro Eu de todos, portanto qualquer guitarrista, não importa quais sejam suas crenças, pode praticá-lo.

É uma experiência espiritual, não uma forma de conhecimento relativo, não é algo em que você pense sobre durante o processo, mas algo místico, intuitivo e criativo que vem à tona através da intensa concentração da Vontade na guitarra para fazer música. O artista ou poeta também experimenta isto quando completamente absorvido em sua arte ou poesia. O artista vira seu pincel para fazer arte e o poeta vira sua caneta para criar poesia. (Nota do tradutor: Isto é, você torna-se a ferramenta, o canal e veículo para algo maior e mais forte do que si mesmo manifestar-se e expressar-se. É a isto que costumam chamar de “inspiração”.) É uma concentração tão grande que o “eu” desaparece, uma focalização da Vontade (simbolizada pelo instrumento em mãos) até o ponto da inconsciência criativa.

Guitar Yoga é o que todo guitarrista faz quando está totalmente concentrado em tocar a guitarra, quando só há o ato de tocar a guitarra e fazer música. É quando o guitarrista está além de si mesmo, presente num mundo criativo sem a noção de eu, apenas com a pura Vontade de tocar a guitarra. É o ato de tocar a guitarra que conta, não a pessoa tocando a guitarra. No próprio ato encontra-se a realização da Vontade do guitarrista, e no ato não há nenhuma pessoa, apenas a fonte divina da música. Quando você toca guitarra (não apenas pratica), toda e qualquer consciência de si deve desaparecer. Observe um guitarrista experiente e meticuloso, e você verá que ele é completamente absorvido pelo ato de tocar sua guitarra. A consciência de si é aniquilada no puro ato de tocar a guitarra e fazer música. Mas para fazer isto corretamente, deve-se primeiro saber o que se está fazendo. Antes de realmente tocar guitarra, você precisa aprender como fazê-lo através da prática e estudo. Se você não praticar e estudar, você não pode fazer Guitar Yoga.

Tocar guitarra requer uma postura (chamada de Asana no Yoga) que facilite a concentração e o uso dos braços, mãos e dedos com a maior destreza possível. Existem posições para tocar violão clássico, guitarra acústica e guitarra elétrica. O guitarrista deve aprender as posições básicas em uma fonte informativa para descobrir a posição ou posições adequadas para seu corpo, instrumento e modo de tocar (sentado ou em pé). É claro que o guitarrista experiente pode e deve descobrir suas próprias posições “naturais” após conhecer as básicas. Este é um processo de ajuste natural do corpo.

O Guitar Yoga proporciona uma maneira criativa de despertar a Kundalini (a Serpente de Poder do Yoga) e abrir os Chakras (Rodas) ou Padmas (Flores de Lótus) do Yoga através de postura e som. Os Chakras ou Padmas (Centros Internos de Energia) são sete ao todo se contamos o metafórico Chakra coronário. As energias planetárias e elementais destes sete Chakras são despertas pelas sete notas naturais (Dó, Ré, Mi, Fá, Sol, Lá e Si). De certa forma podemos ver a guitarra como símbolo da Kundalini ou Serpente de Poder interior. Quando tocamos as notas naturais na guitarra, com entendimento esclarecido e visando harmonização espiritual, é como a Kundalini subindo pelos Chakras, ativando-os em movimento para aplicação criativa. Cada guitarrista deve descobrir qual nota abre qual Chakra em seu corpo astral. Não existe um padrão para isso, e nem deve existir.

Guitar Yoga é um processo criativo pelo qual o guitarrista pode tornar-se iluminado. Iluminação é quando não existe o eu pessoal, apenas o Eu Criativo, que é universal e impessoal por natureza. É quando o eu pessoal ou personalidade não é mais o ponto de referência, mas vira uma ferramenta para chegar ao Verdadeiro Eu e realizar sua Vontade Criativa. O Verdadeiro Eu é o Divino no Yoga. O Yoga visa a união do ilusório eu pessoal (ego) com o Eterno Divino (também chamado Eu Universal). A união e iluminação experimentada no Guitar Yoga encontrarão livre expressão na música. Tal música estará em acordo com a Músicka das Esferas, o fruto, flor e fragrância da divina harmonia da existência. A música virá do coração, da alma, o verdadeiro centro do ser. Será o criativo e sublime som dos Deuses, algo do maravilhoso Além, iluminado e inspirador, majestoso e místico.

Por David Cherubim, Tradução Fenix Konstant

loading...