Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Sociedades Secretas & Conspirações Maçonaria Dicionário Secreto da Maçonaria B

B


Dicionário Secreto da Maçonaria

“É a segunda letra do alfabeto. Seguida da tri-pontuação (B\), é a abreviação do nome da coluna BOOZ, situada à entrada de um Templo. Também aparece no avental de um Mestre Maçom, como a inicial da” palavra sagrada “deste Grau M\B\(Mac-Benath)”.

Bafomet – Palavra designativa de “satanás ou demônio”, que é citada no Ritual do Grau “30”.

Balança – Símbolo da retidão, é a libra dos “doze signos dos zodíacos”.

Balandrau – É uma capa longa de cor preta, para esconder a roupa comum, que pode ser eventualmente usada nas Sessões ordinárias de uma Oficina, entretanto nas Sessões Magnas, o traje é obrigatoriamente o prescrito nos Rituais: camisa branca, gravata, sapatos e terno preto.

Balaustrada do Templo – É o conjunto de balaústres, ou grades, que separa o Oriente do Ocidente de um Templo.

Balaústre – Em Maçonaria serve para designar a ata, ou o relato do que se passou em uma “Sessão Maçônica”.

Bandeira – Pedaço de pano de várias formas ou tamanhos, com desenhos alusivos a um Corpo Maçônico, Simbólico ou Filosófico, ou ainda Potência Regular. Em linguagem de Banquete: guardanapo.

Banquete – Festividade que os Maçons realizam, para comemorar uma data ou acontecimento importante. Há Rituais especiais para os vários Banquetes Maçônicos.

Barrica – Em Banquete Maçônico: garrafas.

Bastões – Vara de madeira ou metal, com jóias próprias, colocadas nas extremidades superiores dos mesmos, fazendo alusão aos cajados dos antigos peregrinos, são usados pelo Mestre de Cerimônia e pelos diáconos.

Baterias – Aplausos que são dados durante as Sessões para manifestar alegria. São dadas por pancadas, que variam de números, ou combinações de números, conforme o Grau em que se está trabalhando.

Beijo – (Vide Ósculo).

Beijo de paz - Amizade, reconciliação.

Beleza – É uma das “três colunas simbólicas” que adornam uma Loja, as outras são: Força e Sabedoria.

Bem – É o princípio moral que está em constante luta com o mal. A Ordem deseja o bem em todos as suas formas. O bem dos Irmãos, o bem da pátria e o bem da humanidade.

Beneficência – É uma das práticas que deve ser cultivada pelos Maçons, de qualquer forma, que se apresente à necessidade dos nossos semelhantes.

Bíblia – Livro contendo o “antigo e o novo testamento” dos católicos, e outras crenças consideradas cristãs. Nos países católicos é usada como “Livro da Lei Sagrada”, do qual se lê um pequeno trecho na abertura das Sessões.

Boi - Fortaleza, trabalho.

Booz – Também conhecida como “Boaz”, foi o nome de um dos filhos de “Salomão”; e nome de uma das Colunas de bronze, mandado fundir por ordem de “Salomão”. Nos Templos atuais é a “palavra sagrada” do Grau de Aprendiz, é representa pela letra “B”, numa das Colunas situadas no interior dos Templos.

Branco - Uma das cores mais importantes usadas pela Maçonaria, simboliza a inocência, a candura e é a cor dos Aventais de Aprendizes e Companheiros.

Brevê – Diploma do Ir\ que atinge o Grau “18” do R\E\A\A\, “Cavaleiro Rosa Cruz”.

Buril – Em Maçonaria assim são chamados simbolicamente o lápis e as canetas, com que se burilam os escritos Maçônicos.


Quer publicar seu texto no Morte Súbita inc? Envie para nós.