Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Sociedades Secretas & Conspirações Textos Conspiracionais Os Livros Malditos Complemento ao Capítulo 2 - E As Pirâmides?

Complemento ao Capítulo 2 - E As Pirâmides?


por Jacques Bergier

Haverá, certamente, leitores que pensarão que os manuscritos que escaparam das múltiplas destruições da biblioteca de Alexandria encontraram refúgio nas cavernas secretas sob as pirâmides. O mais extraordinário é que eles podem não estar totalmente enganados. O mistério do Egito está longe de estar definitivamente resolvido.

Citemos, simplesmente, a respeito, duas notas do egiptólogo francês Alexandre Varille. Este morreu em 1º de novembro de 1951 num estranho acidente que estamos tentados a atribuir aos Homens de Preto; ele escreveu:

“Ignora-se a filosofia faraônica, pois a mentalidade ocidental se mostra impotente para decifrar esse pensamento.”

E ainda:

“A egiptologia começou a esterilizar-se quando entrou no quadro oficial da universidade, e quando os egiptólogos profissionais tomaram, progressivamente, o lugar dos egiptólogos de vocação.”

Varille está longe da superestimação ingênua e demente das pirâmides. Sabia que os edifícios egípcios são de uma previsão científica extrema e que pode ser descoberta.

O conjunto desses segredos científicos teria sido redigido por Quéops e estariam ao mesmo tempo num livro do qual se teriam feito muitos exemplares e guardados nas próprias pirâmides. Notadamente, nas duas grandes pirâmides de Gizé.

A maior parte desse saber deve ter sido destruído em Alexandria. Mas talvez não tudo. Não está excluso que, antes mesmo da chegada de César, alguns documentos essenciais tivessem sido levados e guardados. E não é impossível que eles ainda existam.

O físico americano Luiz Alvarez tentou sondar a grande pirâmide com raios. Os primeiros resultados pareceram revelar inteiramente a existência de câmaras secretas que estão por descobrir. A sondagem das outras pirâmides e dos túmulos não foi feita. Não se deve excluir uma descoberta tão importante como a do túmulo de Tout Ankh Amon, mas que se votasse mais a documentos que a objetos.


Quer publicar seu texto no Morte Súbita inc? Envie para nós.