Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Envie seu texto
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Tradição Nórdica Textos Nórdicos VAFTHRUDNIRSMAL - Discurso de Vafthrudnir

VAFTHRUDNIRSMAL - Discurso de Vafthrudnir

Discurso de Vafthrudnir

(ODÍN):

Dê_me o seu conselho Frigg, deveria eu visitar Vafthrudnir?.

Pois eu desejo conhecê-lo e irmanar segredos, em um duelo de sabedoria com o Gigante,

(FRIGG):

Pai dos guerreiros, o conselho de Frigg é que fique em casa. Nenhum gigante iguala, em meu julgamento, a força e conhecimento de Vafthrudnir.

(ODÍN):

Muito tenho viajado e aprendido, e muito tenho perguntado aos deuses. Me arriscarei a visitar a Vafthrudnir, e ver com meus olhos sua morada

(FRIGG):

Incólume seja sua marcha, e sem danos o seu regresso. Que tu pai dos homens, prevaleça em teu duelo com o Gigante.

 

Assin Odin partiu, e foi pôr-se a prova com o Gigante, para confrontar saber com saber.

no palácio do Pai de Im Ygg, o  temível, entrou.

 

(ODÍN):

Saudações Amigo! De longe venho visitá-lo, Vafthrudnir. Arde o desejo de conhecer se tú és completamente sábio, ou apenas medianamente sábio, como tenho ouvido.

(VAFTHRÚDNIR):

Quem é tu? Quem se atreve a laçar-me palavras provocadoras? Amenos que nãos sejas, de nós dois o mais sábio, não abandonará este palácio com vida.

(ODÍN):

Meu nome é Gagnrad, e por todo o caminho até tua sala, cheguei necessitado de comida e bebida. Muito tenho viajado, e espero tuas boas vindas, sábio gigante.

(VAFTHRÚDNIR):

Diga-me, Gagnrad, por que fal

s desde o solo, e não toma assento, já que deves demonstrar quem tem mais conhecimento, se o hóspede ou o velho anfitrião.

(ODÍN):

O homem pobre diante do rico, tratará de falar ou de calar. Mau será o excesso, a quem vier a desafiar o sábio.

(VAFTHRÚDNIR):

Diga-me Gagnrad  - desde o solo podes falar -  diga-me para provar tua ousadia. Como é chamado o cavalo que se arrasta dia a dia sobre a estirpe dos heróis?

(ODÍN):

Skinfax se chama o que desde a aurora dos tempos, arrasta-se sobre a estirpe dos heróis. O melhor cabalo é dos Hreidgot, com sua brilhante crina dourada.

(VAFTHDRÚDNIR):

Diga-me agora Gagnrad, diga-me para provar tua ousadia. Como é chamado o corcel que desde o leste traz a noite que agrada aos Deuses?

(ODÍN):

Hrímfax se chama o que a todos traz a noite que agrada aos Deuses. Espuma de sua boca cai toda manhã, de onde procede o orvalho dos vales.

(VAFTHRÚDNIR):

Diga-me agora Gagnrád, diga-me para provar tua ousadia. Como é chamado o rio que demarca o terreno de gigantes e deuses?

(ODÍN):

Ifing é o rio que flui entre a terra de gigantes e deuses. Livre para sempre haverá de correr, sem jamais congelar-se.

(VAFTHRÚDNIR):

Diga-me agora Gagnrád, diga-me para provar sua ousadia. Como se chama o local onde Surt finalmente derrotará aos Deuses?

(ODÍN):

Vígrid é o lugar, onde Surt finalmente derrotará aos Deuses. Sem rastros possuí a cada lado, esse é o local assinalado.

(VAFTHRÚDNIR):

És sábio convidado, suba a escada, senta-te e continua falando, para ver qual dos dois é em gênio o mais sábio, apostaremos nossas cabeças no desenlace.

(ODÍN):

Diga-me primeiro Vafthrudnir se tua mente te serve bem. Como a terra, como o Céu, um e o outro foram criados?

(VAFTHRÚDNIR):

Do corpo de Ymir se formou a terra, as montanhas de seus poderosos ossos, com o Crânio do Gelado Gigante, o Céu, o Mar Salgado, de seu sangue.

(ODÍN):

Diga-me em segundo Vafthrudnir se tua engenhosidade te serve bem. De onde procede a Lua, de onde procede o Sol, que se movem do mesmo modo sobre os homens?

(VAFTHRÚDNIR):

Mundilfaeri é o pai de Máni, e também do Sol. Eles devem viajar através do céu a cada dia, como uma tarja para os homens.

(ODÍN):

Diz em terceiro, Vafthrudnir, se teu gênio lhe serve bem. De onde vem o Dia, de onde vem a Noite, e suas luas que passam sobre os Homens?

(VAFTHRÚDNIR):

Delling se chama o Pai do Dia, porém a Noite foi gerada por Nor. Lua cheia e nova criaram os Deuses, para contar os Anos.

(ODÍN):

Diga-me em quarto Vafthrudnir, se teu gênio lhe serve bem. De onde vem inverno ou o cálido verão, como ambos chegam a ser?

(VAFTHRÚDNIR):

Vindsval se chama o pai do Inverno, e Svasud o do Verão.

(ODÍN):

Diga-me em quinto Vafthrudnir, se teu gênio lhe serve bem. Quem dos Deuses ou dos Parentes de Ymir foi o primeira da Primeira Idade?

(VAFTHRÚDNIR):

Nos invernos sem fim antes de que a terra fosse formada, foi então quando Berlgelmir nasceu. Se pai, creio, foi Thrudgelmir, e Aurgelmir, seu avô.

(ODÍN):

Diga-me em sexto Vafthrudnir, se teu gênio te serve bem. De onde Aurgermir veio, quem dos gigantes foi o primeiro da Primeira Idade?

(VAFTHRÚDNIR):

Desde Elivágar fluiu o veneno, que se uniu para formar o Gigante. Todos somos filhos seus, procedemos dele, por isso somos tão ferozes.

(ODÍN):

Diga-me em sétimo Vafthrudnir, pois te dizem sábio. Oh tú, Vafthrúdnir, diga-me como teve um filho o gigante, sem o prazer de uma giganta?

(VAFTHRÚDNIR):

Por sua Mão dizem, cresceu um filho, e uma filha também, um pé com o outro engendrou ao gigante um filho de seis cabeças.

(ODÍN):

Diga-me em oitavo, pois te dizem sábio, Oh Vafthrudnir! Qual é a tua primeira recordação, seu saber mais antigo, pois tão sábio és gigante?

(VAFTHRÚDNIR):

Nos invernos sem fim antes que a Terra fosse criada, foi então quando Belgermir nasceu. Minha primeira lembrança, é a pedra de moinho na qual colocaram ao sábio gigante.

(ODÍN):

Diga-me em nono, se o sabes Vafthrudnir, pois te dizem sábio. De onde chega o vento, que ondula as ondas, nunca nada o vê.

(VAFTHRÚDNIR):

Hrasvelg se chama, sentada nos confins do mundo, Gigante em forma de Águia, de suas asas dizem que procede o vento, que sopra sobre os homens mortais.

(ODÍN):

Diga-me em décimo Vafthrudnir, pois dos Deuses o destino conheces muito bem. Como Njord é tido por Deus, se erguem altares e templos a seu nome, não tendo nascido um Deus?

(VAFTHRÚDNIR):

Em Vanaheimo moldaram e o deram como oferenda aos Deuses, e ao final dos tempos haverá de voltar outra vez para os Sábios Vanes.

(ODÍN):

Diga-me o décimo primeiro, pois do destino dos deuses muito bem conheces, Vafthrudnir. Quem dos homens na Sala de Odin bater-se-á todos os dias?

(VAFTHRÚDNIR):

Todos os guerreiros mortos na Corte de Odin, se baterão a cada dia. Elegerão os mortos , depois deixarão a batalha, para sentar-se no Salão.

(ODÍN):

Diga-me em décimo segundo, pois dos Deuses o Destino conheces muito bem, Vafthrudnir. Das Runas dos Gigantes e de todos os Deuses, diga-me a verdade. Oh, Sábio Gigante!

(VAFTHRÚDNIR):

Das Runas dos gigantes e de todos os Deuses, direi o que é certo, pois visitei cada mundo, cheguei até abaixo no Nifhel, onde morrem os homens.

(ODÍN):

Muito tenho viajado, muito tenho indagado, muito aos deuses perguntei. Quem se salvará quando o Fimbulvetr, chegar aos Homens?

(VAFTHRÚDNIR):

Lif e Lifthrasir, mas deverão de ocultar-se no bosque de Hoddmímir. Para alimentar-se comerão o orvalho da manhã, e engendrarão a todos os humanos.

(ODÍN)

Muito tenho viajado, e muito tenho indagado, muito aos Deuses perguntei. De onde virá o Sol ao suave Céu, uma vez que Fenris o tenha devorado.

(VAFTHRÚDNIR):

Alfrodul conceberá uma filha, antes que  seja prendida por Fenrir. A donzela percorrerá o caminho de sua mãe, quando todos os Altos estiverem mortos.

(ODÍN):

Muito tenho viajado e muito tenho indagado, muito aos Deuses perguntei. Quem são as damas que viajam sobre o mar, conheces todas  elas?

(VAFTHRÚDNIR):

Três grandes rios das filhas de Mogthrasir, cairão nos desertos, as Hamingiar vão por todo o mundo, mas os gigantes as engendraram.

(ODÍN):

Muito tenho viajado, muito tenho indagado, muito aos Deuses perguntei. Quem habitará a cada dos Deuses quando o Fogo de Surt se extinguir?

(VAFTHRÚDNIR):

Vídar e Vali morarão ali, quando o fogo de Surt se extinguir. A Módi e Magni pertencerá o Mjollnir, quando Thor for derrubado.

(ODÍN):

Muito tenho viajado, muito tenho perguntado, muito aos Deuses perguntei. Ante quem no final Odin deve cair, quando caírem todos os Deuses.

(VAFTHRÚDNIR):

O Lobo haverá de tragar a Aldafodr. Vídar o vingará. A fria mandíbula do Lobo haverá de se rachar, na luta.

(ODÍN):

Muito tenho viajado e muito tenho indagado, muito aos Deuses perguntei. O que sussurrou Odin aos ouvidos de seu filho, antes que Baldher fosse levado a pira?

(VAFTHRÚDNIR):

Somente tú o sabes, o que a muito tempo dissestes aos ouvidos de teu filho. Meus lábios a morte abertos, disseram meu antigo saber, e falaram do Ragnarock.

Com Odin compito em sabedoria, mas tu sempre serás o mais sábio.