Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Envie seu texto
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Yoga Fire Vaishkarana - Feitiçaria Indiana Shri Bagalamukhi Devi

Shri Bagalamukhi Devi


Por Aghor.

Bagalamukhi                                                                                                                  
    "Ela é a Deusa da Magia Negra. Ela rege sobre a percepção sutil que nos faz sentir a morte ou o medo. Ela incita os homens a se torturarem uns aos outros. Ela se diverte com o sofrimento."   - Hindu Polytheism, Alan Danielou.
 
   Esta é a primeira publicação e tradução de "O Hino de Bagalamukhi". É tido como parte do "Rudrayamala", um grande Tantra, considerado de antiguidade considerável, embora o original pareça ter desaparecido. Bagala ou Bagalamukhi é a oitava deusa que faz parte do panteão das 10 Mahavidyas Kali (as 10 formas da Grande Deusa Kali), sendo as outras: Tara, Sodashi, Bhuvaneshvari, Chinnamasta, Bhairavi, Dhumavati, Matangi e Kamala. Ela é identificada com o poder da escuridão e é o poder da crueldade de Shakti.
   Bagala rege a decepção que está no coração de todos. Ela é conhecida também como a terrível Bhairavi ou Matrika Devi, a Mãe de todas as Palavras. De acordo com o "Todala Tantra", o seu cônjuge masculino é Maharudra. Se, de acordo com alguns místicos, este texto pertenceu ao "Rudra Yamala", é evidentemente uma das seções que estiveram perdidas.

 
 HINO PARA BAGALAMUKHI
 

 OM. Deste hino de Shri Bagalamukhi, Bhagavan Narada é o Rishi.
 
O aspecto da divindade é Bagalamukhi. 

A destruição dos inimigos por paralisia, da fala, das pernas, da mente e a graça de Shri Bagalamukhi no sucesso deste feito, são frutos da aplicação do Mantra.
 
 OM HRIM
 
   Sentada em trono de ouro, com três olhos, com os membros tão luminosos quanto o ouro; usando uma guirlanda de flores; com a Lua como seu diadema, com um Martelo em uma das mãos e um Laço que amarra o inimigo; seus membros são como jóias e deste modo eu medito em Bagalamukhi, a Toda-Poderosa dos Três Mundos.
 
   OM HVLIM BAGALAMUKHI --- Paralisa a fala, a boca e os pés de todos os inimigos. Destrua a mente. HVLIM OM SVAHA .  
   
   OM. Eu adoro Devi rodeada pela cor amarela. Roupas amarelas, jóias e ungüentos, sentada em trono de leão dentro do Oceano de Sangue. Que segura um Martelo e a Língua do inimigo. Ó Devi, que agarra a língua dos inimigos com a  Mão Esquerda e com a Mão Direita os martela. Eu a adoro.
 
   OM. Usando brilhantes brincos de ouro, fundidos em pura felicidade, com uma face bonita e seios adoráveis; brilhante como ouro luminoso, sua face efulgente como a Lua cheia. Eu medito em Bagalamukhi, que com seu martelo matou o meu inimigo, meu adversário; ela que está sentada sob corpos de soldados e crânios dos inimigos. Ela segura um martelo, é tão brilhante quanto ouro e causa medo e aflição em todos os inimigos.
   
   Eu medito em morte imediata para todos os humanos(que são meus inimigos).
 
   Todos deveriam adorar os pés de lótus da Devi, enquanto dão flores amarelas com a mão esquerda, que o mantra seja próspero.Se deseja subjugar o inimigo pelo Bija (Mantra), deveria fazer a meditação no Pitha (Lótus Vermelho). São paralizados a boca, a fala e o coração do inimigo. Todos deveriam recitar o mantra dela, deveriam recitar este hino que esmaga o inimigo, em frente ao Yantra dela e tornar-se o conquistador dos três mundos.
 
   Mãe, cesse a fala de meus inimigos. Os destrua completamente! Paralize todas as coisas terríveis nos três mundos!
 
   OM. Mãe Bhairavi, Bhadra Kali, Vijaya, Vahari, Vishva, Shraya, Shri Vidaya, Maheshi, Bagala, Kameshi, Ram, Matangi, Tripura, Acima de tudo, Guardiã doCéu, Doadora da Vida, Eu sou seu criado, busco refúgio em você, Senhora do Cosmo! Me proteja na Batalha e na Guerra.
 
   Lê este auspicioso texto no meio de ladrões, em conflitos, na prisão, no mar, em ataque mágico,em litígio, enfrentando a ira de um Rei, na hora de uma provação, à noite, a qualquer hora , fica fixo.
 
   Reis, serpentes, leões, inimigos, todos ficam confusos e a pessoa fica rica, firme , realizada. Você é a Vidya Suprema, a Mãe dos três mundos, Senhora de todos os mantras, de todo o conhecimento, de toda a vida. Minhas reverências a Você!
 
   Tendo feito este ato de recitação, Ó Parameshvari, eu sou o condutor e o conquistador do Mal. Este hino sagrado é renomado nos três mundos.
 
   A pessoa não deve recitar este hino aos que não são dedicados ao Guru. A pessoa deve meditar nela que tem dois braços, usa roupas amarelas, possui três olhos e um corpo refulgente.
 
                                                                            Ò BAGALAMUKHI. 
 

Quer publicar seu texto no Morte Súbita inc? Envie para nós.