Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Alta Magia Magia Cerimonial Os 23 Livros Essenciais sobre Magia A Golden Dawn

A Golden Dawn

regardieIsrael Regardie, 1907

O Século XVIII foi palco de grandes mudanças ao redor do mundo sendo até hoje conhecido, dentre outros adjetivos, como o Século das Luzes. O Iluminismo surgiu trazendo consigo o desenvolvimento da vida intelectual, científica e cultural, culminando não apenas no culto à razão, mas em movimentos que resultaram, entre outras coisas, na Constituição Polaca de 1791, na Revolução Dezembrista na Rússia em 1825, nos movimentos de independência da Grécia, das Balcãs, e nas revoluções francesa, americana e haitiana. Todo esse fermento cultural e filosófico também foi responsável pelo surgimento de novas maneiras de encarar o ser humano. O fim do julgo da igreja sobre o desenvolvimento cultural não significou o fim, ou o repúdio à espiritualidade humana, mas sim novas formas de se desenvolver essa espiritualidade fora da igreja, e isso se deu na forma do surgimento, às claras, de inúmeras ordens esotéricas no séculos que se seguiriam, que buscavam uma forma de desenvolver essa espiritualidade se desenvolvendo novas filosofias e rituais em uma tentativa de, entre outras coisas, preencher um espaço que se encontrava agora vazio.

A Golden Dawn ou Ordem Hermética da Aurora Dourada foi uma dessas ordens. Ela se tornou tão importante para o pensamento mágico quando a Igreja Católica foi para o cristianismo. No final do século XIX William Wyn Westcott, William Robert Woodnam e Samuel Liddell Macgregogr Mathers, todos ocultistas de grande importância e bagagem cultural e mágica, fundaram a mais seminal organização ocultista da história moderna. Pela primeira vez desde os antigos egípcios a prática hermética foi apresentada como um sistema coeso e coerente. A G.D. buscava não apenas resgatar um conhecimento antigo para devolvê-lo às pessoas, ela buscava se criar um elo direto com uma fonte pura de sabedoria e desenvolver métodos atuais para que todos pudessem acessar essa fonte e se desenvolver, tanto física quanto espiritualmente para colocar o conhecimento adquirido em prática. Sem essa organização e o sistema que trouxe consigo a história das artes ocultas teria sido completamente diferente, se é que teríamos hoje alguma história para contar. Graças a ela tivemos nomes como Aleister Crowley, Gerald Gardner, Dion Fortune, entre outros gigantes, assim como todos os outros gigantes posteriores influenciados por eles. Sem o sistema desenvolvidos por eles não teríamos a revolução Thelemita, nem o renascimento do paganismo no século XX nem a divertida contra-cultura caoísta das últimas décadas.

E é justamente a este sistema que Regardie dedicou este livro. De todas as obras que tratam sobre a G.D. o escrito por Israel Regardie é o mais acessível e completo que se pode achar. São mais de setecentas páginas contendo os textos de estudos e guias de práticas originais da ordem. Sua publicação aconteceu em 1900, mesmo ano que assistiu a fragmentação da ordem em diversos segmentos. E foi este um dos motivos que impulsionou Regardie a coletar e publicar o material, de forma que mesmo que a Ordem se dissolvesse, tudo aquilo pelo que ela lutou e construiu permanecessem disponíveis para os buscadores. O Colapso da organização é um fato triste diante de tudo o que ela representou, mas também um acontecimento de grande importância, pois só após isso seus ensinamentos de certa forma se tornaram públicos e influenciaram tanta gente.

O livro é tem muitas divisões, a primeira delas é dedicada a ensinar as bases da Cabala, do simbolismo tradicional, da meditação, da geomancia, do hermetismo, etc. A parte seguinte são as descrições rituais e iniciações dos graus da Golden Dawn; devemos lembrar que, segundo o sistema apresentado, os rituais de iniciação não podem ser negligenciados. Isso pode não agradar praticantes free style que carecem da disciplina necessária para grandes conquistas, mas devemos insistir neste ponto. Os rituais de iniciação apresentam ao candidato, dentro de um espaço bem determinado, ensinamentos essenciais que não podem ser adquiridos pelos simples estudo intelectual. Não apenas isso, mas as iniciações também são a única maneira de se transmitir a corrente mágica e imprimir em seu espírito (mente ou microcosmo) os requisitos para a evolução necessária ao grau seguinte.

Logo depois o livro apresenta os rituais mágicos propriamente ditos assim como a construção, consagração e meios de uso das ferramentas mágicas. Munido destas ferramentas o adepto poderá seguir com as evocações, invocações e magia talismânica.

Ler e seguir os ensinamentos deste livro é praticamente o mesmo que passar pela mesma iniciação e estudos da escola que criou o conceito de magia que é seguido até os dias de hoje, é uma experiência sem preço para qualquer um que deseja se aprofundar nas artes mágicas, mesmo sem nenhuma experiência prévia. Repleto de ilustrações, listas e tabelas este livro sozinho se revela um valioso tratado enciclopédico e poderia servir de guia para uma vida inteira dedicada a exploração do oculto.

Bônus

23 Livros Essenciais sobre Magia

Conteúdo relacionado