Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Alta Magia Magia Cerimonial História da Magia

História da Magia

historialevi.jpgA História da Magia, de Eliphas Levi conta a evolução do ocultismo permeando a filosofia, a religião, a matemática a arte e os acontecimentos sociais segundo o ponto devista desde renomado autor.  Começando de um ponto de partida fabuloso entre as lendas e mitologias dos povos antigos Levi avança até meados do século XIX em sua narrativa. Aqui este tomo foi resumido e comentado por Lígia Cabus em outro excelente trabalho que será de grande valia para os estudantes de hoje.

Eliphas Levi lembra logo de início que há muito tempo que se vem confundindo a Magia com o prestígio dos charlatães, com as alucinações dos doentes e com os crimes de certos malfeitores excepcionais. Porém, a magia é a ciência exata e absoluta da Natureza e de suas leis. A Magia é a ciência dos antigos magos. A tradição dá ainda a estes magos o título de reis, porque a iniciação à Magia constitui a verdadeira realeza: a arte real ou o Sanctum Regnum (Santo Reino). A Magia era a ciência de Abraão e de Orfeu, de Confúcio e de Zoroastro. Os dogmas da magia foram esculpidos sobre as mesas de pedra de Enoch e Zoroastro.

Tudo o que a Natureza fez de inferior ao homem ela submete ao homem, a quem cumpre engrandecer seu domínio. Assim, a extensão e mesmo a perpetuidade da vida, a atmosfera e suas borrascas, a terra e seus veios metálicos, a luz e suas miragens prodigiosas, a noite e seus sonhos, a morte e seus fantasmas, tudo isso obedece ao cetro real do mago. O adepto se faz rei dos elementos, transformador de metais, árbitro das visões, diretor dos oráculos, senhor da vida.


Índice

 
PARTE I - AS ORIGENS MÁGICAS

Origens Fabulosas

Magia do Oriente Médio: Irã e Mesopotâmia

Magia na Índia

Magia Hermética: Egito

Magia da Grécia

Magia Matemática de Pitágoras 

 A Santa Cabala


PARTE II - FORMAÇÃO E REALIZAÇÃO DO DOGMA

Simbolismo Primitivo da História

O Misticismo

Iniciação e Provas

Magia do Culto Público

Mistérios da Virgindade

Das Superstições

Monumentos Mágicos 

Cristo Acusado de Magia Pelos Judeus

Verdade do Cristianismo Pela Magia

Do Diabo 

Dos Últimos Pagãos 

Lendas

Pinturas Cabalísticas e Emblemas Sagrados

Filósofos da Escola de Alexandria


PARTE III - A MAGIA E A CIVILIZAÇÃO

Magia Entre os Bárbaros

Influência das Mulheres 

Leis Sálicas Contra os Feiticeiros

Lendas do Reino de Carlos Magno: Cavalaria Andante e Franco-Juízes

Mágicos: Rabino Jequiel

Processos Célebres: Templário & Joanitas

 

 

Barba Azul

 

 

Superstições Relativas ao Diabo

 

 


PARTE IV - OS ADEPTOS E O SACERDÓCIO

Sacedotes e Papas Acusados de Magia

Ciganos: A Aparição dos Boêmios Nômades

Lenda e História de Raimundo Lullo

Alquimistas: Flamel - Tritemo - Agripa

Feiticeiros e Mágicos Célebres

Processos de Magia: Gaufridi - Grandier - Pe. Girard

Origens Mágicas da Maçonaria


PARTE V - A MAGIA E A REVOLUÇÃO FRANCESA

Autores Notáveis do Século XVIII

Personagens Maravilhosos do Século XVIII

Cazotte

Fenômenos da Mediomania

Império e Restauração


PARTE VII - OS ADEPTOS E O SACERDÓCIO

Magnetizadores Místicos e Materialistas

Das Alucinações

Os Magnetizadores e os Sonâmbulos

Os Fantasistas em Magia

Lembranças Íntimas do Autor

Das Ciências Ocultas

Resumo e Conclusão

 

Apêndice: Trechos Selecionados

 

Eliphas Levi, Res. Ligia Cabus