Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Alta Magia Magia Cerimonial História da Magia Fenômenos da Mediomania

Fenômenos da Mediomania


Loiseaut e as Aparições de João Batista

Em 1772 [a Revolução Francesa ocorreu em 1789], um habitante de Saint Mandé chamado Loiseaut, estando na igreja, julgou ver de joelhos a seu lado um singular personagem: era um homem moreno que vestia simplesmente umas calças de lã grosseira; tinha a barba comprida, os cabelos crespos e ao redor do pescoço, uma cicatriz vermelha e circular... A estranha figura não era vista por mais ninguém, exceto por Loiseaut.

Terminando sua prece, de volta para casa onde encontrou o mesmo personagem; ia falar-lhe, perguntar-lhe o que queria, mas o fantástico visitante desapareceu. Loiseaut recolheu-se ao leito com febre e não pôde adormecer. À noite viu seu quarto iluminar-se de súbito por um clarão avermelhado... Levantou-se bruscamente. No meio do quarto, em cima da mesa viu, num prato dourado, toda banhada em sangue, a cabeça de seu visitante da véspera. [A cabeça falou:]..."Eu espero as cabeças dos reis e de suas cortesãs, espero Herodes e as Herodíades"...

Depois de alguns dias, Loiseaut, curado, pôde voltar a seus negócios. Quando atravessava a praça Luiz XV, foi abordado por um pobre que lhe pediu esmola. Loiseaut, sem olhar, tirou uma moeda e lançou no chapéu do desconhecido.

— Obrigado — disse-lhe o homem — é uma cabeça de rei, mas aqui — acrescentou ele estendendo a mão e mostrando o meio da praça — aqui cairá outra cabeça e é esta que eu espero.

Loiseaut olhou então o pobre homem com surpresa e soltou um grito reconhecendo a estranha figura de sua visão.

— Cala-te — disse-lhe o mendigo — tomarte-ia-am por louco porque aqui ninguém me pode ver senão tu. Tu me reconheceste, eu o vejo, sou de fato São João Batista, o Precursor, e eu venho anunciar-te o castigo dos sucessores de Herodes e dos herdeiros de Caifás. Tu podes repetir tudo o que eu te disser.


Sociedade Secreta

Desde esta época Loiseaut julgava ver quase todos os dias São João Batista junto de si. A visão lhe falava longamente das desgraças que iam cair sobre a França e a Igreja. Loiseaut uniu-se a outros visionários como ele e juntos formaram uma sociedade mística que se reunia em grande segredo. Os membros dessa associação colocavam-se em círculo segurando-se as mãos e esperavam as comunicações em silêncio... Caíam todos em sono magnético e viam desenrolar-se ante seus olhos as cenas futuras da Revolução e da restauração subseqüente [Império de Napoleão].

Com a morte de Loiseaut, em 1788, um religioso chamado Dom Gerle, tornou-se chefe da sociedade. Quando sobreveio a Revolução, vários membros abandonaram a liderança de Dom Gerle e passaram a seguir as inspirações de uma medium chamada irmã Francisca André. Dom Gerle, tinha também sua medium, uma vidente quase cega chamada Catarina Theot, cujas previsões se realizaram além de curar muitos doentes. Como suas profecias versavam sobre temas políticos, o Comitê de Salvação Pública [espécie de polícia política dos revolucionários] interessou-se pelo caso. [Catarina Theot foi visitada pelo próprio Robespierre que, embora, disfarçado, foi "adivinhado" pela vidente e teve sua morte prevista. Robespierre nada fez contra a Sociedade porém outros empenharam-se na perseguição. Tempos depois, Catarina, Dom Gerle e vários membros foram presos e condenados à morte].
 
 

História da Magia