Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Demonologia Livros de Demonologia Goétia Luciferiana Um Trabalho Preliminar

Um Trabalho Preliminar

Como qualquer exploração e busca de entendimento desses profundos desejos que nos motivam, inspiram e antigamente nos assombravam, nós estamos erigindo um vigoroso e enegrecido poder do self. Este nos concede não somente entendimento, sentimentos e percepções, mas a possibilidade de alguma coisa melhor. A Goetia é como uma ferramenta da escuridão; do mesmo modo um instrumento de força do self – uma ígnea luz. Uma obrigatória observação da natureza dos Espíritos Goétios, que pode ser nociva ou benéfica dependendo de como poderá aproximar-se dele. No contexto moderno, o Magista é agora apto a encaminhar-se para além do modelo medieval de evocação distinguindo-se – ao contrário a bruxaria agora se propõe transmitir-se nos pontos entre o invocador e o invocado. Este é o Eixo de todas as mudanças, a auto-deificação, e a dança do adversário em sentido anti-horário é desenvolvida e finalizada. Uma possível execução dos ritos baseados acerca do Príncipe Infernal da Terra ou Sub-Príncipes Aliados. Muitas destas informações usadas podem ser encontradas em S.L. MacGregor Mathers traduzidas no “No Livro da Magia Sagrada de Abramelin o Mago”.

Os quatro Príncipes Infernais São:

Lúcifer – Ar (de Lux Fero, portador da luz. Um “espectro” comum associado à  Lucifuge, do latin que designa “aquele que foge da luz” e pode estar devidamente associado com Mephistophelis. Lúcifer no seu aspecto de Anjo da Luz, o Adversário. Lúcifer é um título que é tido como o fogo do Djinn Azazel, o primeiro anjo, caído da estase da luz. Por esta razão, Lúcifer é o libertador e o propulsor da humanidade com sua dádiva da Chama Negra, ou percepção do Eu individualizado.

Leviatã
– Oeste (de LVTHN, a sinuosa Serpente/Dragão do Mar. Leviatã é o Demônio da Imortalidade e da Iniciação, aquela Besta e a Mulher Escarlate movimentam-se através da elevação dos oceanos como a Besta 666, o Espírito Solar da manifestação e criatividade). 

Satã
– Sul (da raiz SHTN, que significa adversário. Satã é um nome associado com Azazel o Djinn do fogo, que é também Lúcifer e Samael. O Bode com a forma de mil nomes. Satã = Set-an, o antigo Deus Egípcio da Escuridão, Caos e “Misantropia”). Satã é o adversário, cujo símbolo pode ser visto como um tridente que se ergue ao entardecer.

Belial
– Norte (de BLIOL, o perverso. Belial é o Espírito da Terra, criado segundo depois de Lúcifer/Azazel como um poderoso anjo. É um espírito e iniciador poderosamente demoníaco e angelical, e está assim associado com o inferno e o céu).

Os Sub-Príncipes são (e devem ser consideradas formas sombrias dos príncipes infernais):

Samael – Leste (Criado/Anjo do Fogo que é Azazel. Samael é o Príncipe Demônio que é marido de Lilith e pai de Tubal-Cain. A palavra raiz de Samael é SML, que se traduz por “Ídolo ou Imagem”).

Azael
– Oeste (associado com Azrael, o Anjo da Morte ou o Egípcio Anúbis, o Deus da Morte. Azael representa o Oeste e o Reino do Crepúsculo).

Azazel
– Sul (associado com o elemento Fogo, como Azazel é o Djinn do fogo no Sufismo Islâmico. Na religião Hebraica é o bode expiatório, associado com a com a origem OZ, significando Bode ou Diabo, força sexual.

Mahazael – Norte (associado com a terra, sendo Cain ou o Set Egípcio como o Senhor da Terra na Doutrina Tifoniana. Mahazael vem de raiz MHZAL, e significa Consumir ou Devorar e é associado à Amaimon, o Grande de Demônio).

Goétia Luciferiana

Conteúdo relacionado