Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Demonologia Livros de Demonologia Malleus Maleficarum Prólogo

Prólogo

medieval5.jpgO mais famoso de todos os livros sobre bruxaria, Malleus Maleficarum (O martelo das bruxas) foi escrito em 1486 por dois monges dominicanos. No ato, e ao longo dos três séculos seguintes, se converteu no manual indispensável e a autoridade final para A Inquisição; para todos os “julgadores”, magistrados e sacerdotes, católicos e protestantes, “na luta contra a bruxaria” na Europa. Abarcava os poderes e práticas dos bruxos, suas relações com o demônio, e sua descoberta.

A Inquisição, a fogueira, a tortura, mental e física, da cruzada contra “a bruxaria”: tudo isto é conhecido. E por trás de cada um dos atos sanguinários se encontrava este livro, ao mesmo tempo justificando e como manual de instrução. Para qualquer compreensão da história e natureza da bruxaria e do satanismo, Malleus Maleficarum é a fonte mais importante. A primeira fonte.

Nota da versão em Língua Portuguesa

Esta tradução foi realizada a partir do texto espanhol traduzido por Floreal Maza. A versão original é do século XV, e foi escrita em latim pelos monges dominicamos Kramer e Sprenger. Procuramos manter a máxima fidelidade ao texto e, tampouco nos permitimos fugir dos termos e expressões utilizados na época; acreditamos que esta também foi a intenção do tradutor espanhol. Neste sentido o leitor encontrará frases com a devida construção do pensamento durante o período do medievo e; suas metáforas e provérbios são em grande parte responsáveis para uma melhor compreensão da obra.

Nosso árduo trabalho na tradução desta primeira parte, que consumiu vários meses em diversas interrupções, durante o ano de 2007, consiste em deixar o texto o mais acessível ao leitor médio, e para isso acrescentamos diversas notas explicativas ao longo da obra, cuja finalidade obvia, é facilitar a compreensão das expressões e fatos descritos pelos autores.

Sem dúvida alguma e após várias pesquisas, é com grande satisfação que estamos disponibilizando, pela primeira vez na internet, a tradução em língua portuguesa, desta genial obra do pensamento teocêntrico medieval que, resumi em sua máxima todo esforço e deliberação aplicados pela doutrina da fé, para manter em “ordem” as premissas do pensamento cristão.

Enfim, esperamos ter contribuído para expansão das liberdades individuais trazendo, concomitante a corrente dos dias atuais, nova luz as virtudes do cristianismo, que acreditamos melhorar à medida que aprende com os excessos cometidos por um pensamento obscuro e intolerante.

Com fé em Deus e acreditando no futuro da Humanidade, apresentamos ao irrestrito leitor, cidadão do mundo livre da internet, nossa versão brasileira da primeira parte do Malleus Maleficarum.

~ Alex H.


Malleus Maleficarum