Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Demonologia Livros de Demonologia Manual dos Pactos Satânicos As Entidades por trás dos Pactos

As Entidades por trás dos Pactos

Os pactos são feitos com demônios que são impuros condenados, presentemente no inferno, restos de almas entregues à terra que se transformam em ervas, em plantas, em minerais e líquidos, sofrendo inconscientemente as metamorfoses constantes da matéria (...) Os justos terão sua vingança, contudo, em corpos purificados e resplandecentes, e os condenados em corpos maculados e desfigurados pelo pecado. Com estes estabelecemos nossos pactos.

Mas pouco se conhece da ralé demoníaca, desses vis Espíritos tão poderosos que compõem as legiões de vampiros, sapos, escorpiões, corvos, hidras, salamandras e outros animais sem-nome; conhecem-se, porem, os nomes de muitos dos príncipes que comandam tais legiões, entre os quais Belfegor, o demônio da luxúria; Abadon ou Apolion, do homicídio; Belzebu, dos desejos impuros, ou o senhor das moscas que engendram a corrupção; Mamon, da avareza; Moloc, Belial, Baalgad, Astarot e muitos outros, sem falar do seu chefe supremo, o sombrio arcanjo que no céu se chamava Lúcifer e no inferno se chama Satanás.

Esses mesmos demônios rebeldes a Deus quanto ao bem, são de uma docilidade exemplar quanto ao cumprimento de seus acordos com os iniciados. Nenhum se esquiva ou afrouxa durante a duração de seus acordos.

E como são infatigáveis e poderosos, a vida do homem com estes demônios, não pode deixar de ser uma luta sem tréguas, do berço ao túmulo. Efetivamente esses demônios são os mesmos que, depois de terem introduzido o mal no mundo, chegaram a cobri-lo com as espessas trevas do erro e do vício; os mesmos que, por longos séculos, se fazem adorar como deuses por meio de pactos satânicos e reinam em absoluto sobre os povos da antigüidade; os mesmos, enfim, que ainda hoje exercem tirânica influência nas religiões idólatras, fomentando a desordem e o escândalo até no seio das sociedades judaico-cristãs.

Para compreender todos os recursos de que dispõem ao serviço dos iniciados, basta notar que nada perderam das prodigiosas faculdades que são o apanágio da natureza angélica.

O futuro e sobretudo a ordem natural têm mistérios que Deus se reservou e que eles não podem penetrar; mas a sua inteligência é bem superior à nossa, porque percebem de um jacto os efeitos nas causas e vice-versa.

Esta percepção permite-lhes predizer acontecimentos futuros que escapam às
nossas conjeturas. A distância e variedade dos lugares desaparecem ante a sua
agilidade.

Mais prontos que o raio, mais rápidos que o pensamento, acham-se quase instantaneamente sobre diversos pontos do globo e podem descrever, a distância, os acontecimentos na mesma hora em que ocorrem.

Manual dos Pactos Satânicos