Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Demonologia Livros de Demonologia São Cipriano Capa Preta Anotações sobre Necromancia

Anotações sobre Necromancia

São Cipriano legou à história a fama de ser um eximio necromante. Não são poucas as histórias em que desvendou crimes e disputas familiares na antiga antióquia por meio da evocação de alguma pessoa morta. Segundo ele todas as enfermidades que afligem os homens são causadas por algum espírito imundo. Da mesma forma muitas das boas coisas que acontecem, segundo ele só são possíveis por meio dos espíritos tementes a Deus

Sobre os Espíritos


Que são os fantasmas? São visões que aparecem a certos indivíduos fracos de espírito e crentes de que vêm a este mundo as almas daqueles que já deixaram de existir em carne-e-osso.

Pois os fantasmas aparecem só aos crentes nos seres espirituais e não aos incrédulos, porque nisso nada aproveitam, ou antes pelo contrário, recebem maldições.

Ah! Que será daquele que assim obrar, infeliz deste mundo, que não tratou senão de escarnecer aos servos do Senhor, que vêm a este mundo buscar alívio e encontrar penas? Dobram-se-lhes os tormentos!

Ah! Que será de vós no dia que fordes sentenciados Se não tiveres bons amigos que tenham pedido por pós ao Juízo supremo, se não tiverdes amigos, sereis punidos com todo o rigor da justiça.

Cultivai, procurai bons amigos para que naquele dia tremendo eles roguem ao Criador por vós; fazei como faz o lavrador, que para colher na safra muito fruto, deita na terra boas sementes.

Notai bem, nestas palavras, que não são obra do bico da pena, mas sim inspiradas do fundo do coração!

Quando vos aparecer uma visão, não a esconjureis, porque então ela vos amaldiçoará, vos dificultará todos os vossos negócios, e tudo vos correrá mal; porém, quando sentirdes uma visão, recorrei à esta oração:

"Sai, alma cristã, deste mundo, em nome de Deus. Pai Todo Poderoso, que te criou; em nome de Jesus, do Espírito Santo, que copiosamente te comunicou. Aparta-te deste corpo ou lugar em que estás, porque Deus te recebe no seu Reino; Jesus, ouve a minha oração e sê meu amparo, como és amparos dos santos, anjos c arcanjos; dos tronos e dominações; dos querubins e serafins; dos profetas, dos Santos Apóstolos e dos Evangelistas; dos santos Mártires, Confessores, Monges, Religiosos e Eremitas; das Santas Virgens de Deus, o qual se digne dar-te lugar de descanso, e gozes da paz eterna na cidade santa da celestial Sião, onde o louves por todos os séculos. Amém"

No fim desta oração reza-se o Credo ou o ato de Contrição, depois disto, logo aliviareis aquela pobre alma que busca a paz.

Mas acautelai-vos, se porventura, o fantasma que virdes for em figura de animal, é certo que não se trate de nenhuma alma penada e sim do próprio demônio, e deveis conjurá-lo e fazer-lhe uma cruz t. Isso porque os demônios eram anjos e não têm forma humana, daí eles adotaram formas de animais. Feliz da criatura que é perseguida pelos espíritos, porque é certo que essa pessoa é uma boa criatura, que os espíritos a perseguem para que ela ore ao. Senhor por eles, que é digna de ser ouvida pelo Criador. É por esta razão que algumas pessoas têm o poder de ver fantasmas e outras não.

Também há muitos espíritos que não adotam a forma de um fantasma, mas aparecem nas casas dos seus parentes, fazendo barulho, arrastando cadeiras, mesas e outros objetos; com isso provocam uma verdadeira catástrofe na família, catástrofe que poderia ser evitada, se eles fossem um pouco esclarecidos e orassem intercedendo por aquela alma sem luz.

Notai bem, estas palavras e consagrai-as no vosso coração, é a única forma que dispomos para ajudar nossos irmãos mortos e que necessitam da nossa ajuda, traduzida numa oração, ou mesmo numa missa.

Sobre os Maus Espíritos


São muitos os espíritos que nos cercam. Algumas vezes, são tímidos e não se atrevem a nos incomodar. Outras vezes penetram nosso corpo provocando distúrbios gravíssimos. Há pessoas que ficam como loucas quando isso acontece. Algumas são tomadas pelo próprio demônio, que as maltrata rudemente. Para a exorção dos espíritos maus que invadem as criaturas, usa-se a seguinte oração:

"Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Por ordem de Deus Todo Poderoso deixe este corpo que pertence a um ser humano honesto e leal e volte para o reino do além. Se precisa de alguma coisa do mundo dos vivos, faça-me saber que eu prometo rezar para que isso seja conseguido".

O espírito deixará o corpo e o doente não será mais importunado. Se o espírito necessitar de alguma coisa ele o dirá e o homem que prometeu terá que cumprir sua promessa mandando rezar uma missa pelo descanso dessa alma.

Para forçar contato com os mortos

Para entrar em contato com aqueles que já se foram deve-se cavar a terra de seus túmulos com as próprias mãos e de lá tirar dois ossos que devem ser carregados sobre o peito como uma cruz. No mesmo dia deve-se asssistir a missa da meia-noite e ao fim da mesma bradar que os mortos levatem de seus túmulos.

Deve-se então voltar ao cemitério, tomar um punhado de terra que se ache bem perto de um caixão qualquer e voltar correndo para a porta da igreja e ali deixar os dois ossos em cruz clamando novamente que os morto saiam de seus túmulos. Então afaste-se e conte 100 passos andando de costas e derrubando a terra sobre o chão. Os 100 passos nãochegaram ao fim sem antes o espírito do morto se manifestar.

Quebranto, o Olho Mau

O quebranto é uma espécie de influência má causada pelo mau olhado, tanto de uma pessoa viva como de um espírito obsessor. Há pessoas vivas ou mortas que por inveja ou por despeito, nos prejudicam apenas com o desejo. São influências que se irradiam como ondas  e transmitidas através do olhar. Os sintomas do quebranto:

  • Amolecimento do corpo;
  • Sensação de febre;
  • Mal-estar geral;
  • Dor de cabeça.


Para se curar o quebranto, que também pode ser evitado pela presença de um objeto vermelho ou uma figa, usa-se a seguinte oração, com a seguinte prática:

Apanha-se um prato com água e nele deixa-se cair uma gota de óleo, enquanto se reza três vezes a Ave-Maria. Se o quebranto for forte, a gota de óleo esparramará ràpidamente. Se não for, ficará inteira. Em seguida pede-se a pessoa que tem o quebranto que tome três goles de água contida no prato. Com o que ficou, deixa-se pingar três gotas sobre a cabeça do doente.

E com isso o quebranto cessará.

Agonias


Há agonias lentas que maltratam os doentes mais do que a própria doença. Sabe-se que o doente não tem cura. E talvez pela quantidade de pecados que carrega dentro d'alma tem uma agonia lenta e terrível. Vão sofrendo dia a dia e não conseguem morrer em paz. Isso é provocado por artes de espíritos imundos o que atormenta os doentes, para que não tenham calma nem sossego para fazerem uma confissão em paz e assim redimirem seus pecados. Para evitar que se percam pela dor e pelo desespero, faz-se a seguinte oração a São José:

"São José, Pai de Jesus Cristo, esposo de Maria, fazei com que os pecados deste pobre doente sejam perdoados, e já que ele não pode se salvar para esta vida, que ao menos se salve para a Vida Eterna. Que sua agonia seja breve e seu descanso seja eterno. Que os espíritos que o atormentam sejam expulsos para o reino das trevas, para que este pobre infeliz possa fazer uma boa confissão e receba os últimos sacramentos".


Salvação do Pecador


Quem morre em pecado longe da fé cristã torna-se um espírito imundo que vagará pela terra para desencaminhar outras pessoas. Mas existem sortes de virtudes envidas a terra pelo céu que podem salvar o pecador. São elas:

  • É o sol mais claro que a lua.
  • São as duas tábuas de Moises onde Nosso Senhor pôs os seus sagrados pés.
  • São as três pessoas da Santíssima Trindade e toda a família da cristandade.
  • São os quatro evangelistas: João, Marcos, Mateus e Lucas.
  • São as cinco chagas de Nosso Senhor Jesus Cristo, que tanto sofreu para quebrar as suas forças, Lúcifer!
  • São os seis círios bentos que iluminaram em torno à sepultura de Nosso Senhor Jesus Cristo, e que iluminaram a mim para me livrar das astúcias de Lúcifer, o deus dos infernos.
  • São os sete Sacramentos da Eucaristia, porque sem eles ninguém tem salvação.

São Cipriano, Capa Preta