Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Jesus Freak Cristandades Os Santos Mais Estranhos de Todos os Tempos São Moisés

São Moisés

São MoisesO  cristianismo não apenas inventou o conceito de “Bom Ladrão” mas desde o início propôs quebrar as leis da física, a lei da selva e a lei da morte. Nesse sentido todo cristão é um fora de lei e talvez tenha sido isso que motivou São Moisés a se juntar a gangue. Ele foi um verdadeiro motherfucker badass do século IV que podia ter sido inventado por Quentin Tarantino. Começou sua carreira como escravo de um funcionário do governo egípcio que foi demitido por roubo e suspeita de assassinato. Não escrevi errado, ele foi um escravo que foi demitido. Um começo nada animador para um santo.

Tornou-se então líder de um grupo de 65 bandidos que tocaram o terror no vale do Nilo. Forte e furioso certa vez atravessou o Nilo a nado com uma faca na boca para matar um desafeto Quando chegou na casa o alvo tinha fugido. Moisés então matou suas ovelhas, nadou de volta e percorreu mais 80 quilômetros para voltar para casa. Quando as autoridades começaram a caçá-lo ele se refugiou em um mosteiro. A influência religiosa foi tão grande que ele foi batizado e tornou-se monge. Mas a história do Rambo copta não acaba ai.

Anos mais tarde, um grupo de saqueadores teve a péssima ideia de roubar o mesmo mosteiro. São Moisés desarmado derrotou todos na base da porrada. Depois os amarrou e os levou ensanguentadas ao chefe do mosteiro. O líder mandou perdoá-los. Ele obedeceu, mas antes de libertá-los fez um sermão tão poderoso que todos se arrependeram, converteram-se e tornaram-se monges também! Com o tempo São Moisés virou lider do mosteiro. Sempre que ia julgar alguns de seus subalternos ele carregava consigo um saco pesado de areia para lhe lembrar de seus próprios pecados. Ele morreu em idade avançada durante outro ataque ao monastério, mas não antes de garantir a fuga em segurança de 70 outros monges.